Yusha Monagathai – Capítulo 2

Esse segundo capítulo acompanha Hiro e as consequências do primeiro capítulo.

285
Yusha Monagathai - Capítulo 1
Yusha Monogathai - Capítulo 3

Autor: The Kamalesh


      As 7 horas da manhã num bar chique entra um homem de preto com um tapa olho branco uma jaqueta preta e uma blusa branca por dentro e sentou no balcão. Até que chega um dos caras que estava comentando sobre ele e explica para o homem de preto:-Oi amigo como você está? Não sei se você se enganou ou não percebeu, mas esse bar é particular só membros da gangue ficam aqui então o senhor poderia se retirar do meu estabelecimento.

-Qual o nome do bar senhor? (retruca o homem de preto sem olhar no rosto do cara)

-Cervejaria ponto certo (responde o cara já preparando para tirar a arma do bolço e começa a tremer)

-Então é o lugar certo. (Levanta o homem de preto) Procuro um homem com codinome chamado Hanzai ou seu líder.

O cara tira a arma e dá um tiro no homem de preto no desespero e ele junto com os cinco homens que estavam no bar fecham o olho. Quando eles abrem veem uma sombra preta sair do homem misterioso e segurando a bala com a mão e ela toda coberta pela sombra preta joga a bala fora e faz aparecer uma foice e diz dando um sorriso:

-Vocês fizeram eu fazer invocar o shinigami então não terei piedade com vocês.

Nesse minuto o barmen dá um tiro de espingarda, mas Akira pega sua foice e corta as balas ao meio depois corta também o braço do cara que estava discutindo com ele. Pega a arma do cara no chão e dá um tiro na cabeça do barmen. Após isso Akira ver os três que restaram e pula no balcão e eles começam a atirar, mas eles acertam só nas garrafas e destroem quase todas. Só que eles ficam sem munição e Akira percebe e joga um caco de vidro na perna de um dos gangsteres e atira na cabeça do outro e o que estava sem ferimentos pega uma metralhadora e começa atirar em Akira ele não acerta e faz com que Akira pegasse sua foice e refletisse no cara matando-o.

Akira vai para balcão e pega o álcool e leva o gangster que estava com o caco de vidro nas penas, leva-o para o banheiro e o espanca e derrama álcool pelo corpo inteiro dele e pega um fosforo e ameaça jogar em cima do cara e queima-lo vivo e fala para o cara:
-E agora você está pronto para falar onde está Hanzai?
-Eu não sei onde ele está. (diz o gangster aflito e desesperado) Mas eu sei onde ele vai estar que é o antigo galpão as 10h para tratar de negócio. Não me machuca por favor.

O Akira não responde o cara e vira de costas e vai olhando o bar todo quebrado e vários corpos espalhados pelo chão, depois disso pega o isqueiro e joga-o no gangster e queima-o vivo, e saindo do bar sem olhar para trás. Sobe na moto e some nas sombras sem deixar rastro.

Numa casa chique aparentemente perfeita com dois andares e três quartos onde em um dormia o filho mais novo em outra seus dois pais no último Nara que estava remexendo muito em sua cama revelando que é uma guenju onde em todos sonhos tinha pesadelos e visões do que acontecerá no futuro. Dessa vez ela olhou para suas mãos segurando um cadáver e vendo a água se debater e lutar contra as sombras e o Kamalesh morrendo. Vê no final Hiro mostrando quem ela deveria procurar para impedir a morte de Kamalesh , após isso ela acorda assustada toma seu banho e passa muita maquiagem para disfarçar suas olheiras e dá a impressão de estar tudo bem.
Nara desce pra tomar café e fingi está feliz com todos seus familiares. Após o café sua mãe a deixou e seu irmão na porta da escola e ele começa a conversar com Nara:

-Nara porque você não assume logo com o Shin e deixa de ser boba (fala seu irmão com tom mais sério)

-Cala boca seu idiota (Nara retruca seu irmão, dá um soco nele e entra na sua escola)

No corredor da escola onde todo mundo conversava de Kamalesh e como ele havia salvo as pessoas. Lá encontra-se Hiro muito mais feliz que antes e com sorriso no rosto conversando com Hiroshi sobre os cartazes:

-Veio sei não não sei se curto o Kamaleh( Responde Hiroshi rindo e apontando para o cartaz) O cara não tem uniforme e parece ser só um maluco que deu na telha de salvar os outros pode ser tão doido como aquele tal de Akira só que bem menos forte.

-Não foi assim também Hiroshi. (Responde Hiro) Talvez ele tenha visto por impulso e decidiu salvar as pessoas por impulso. Aposto que ele ganha do Akira.

-É assim, até pode ser (Responde Hiroshi) mas como você pode ter certeza disso.

-Eu conheço o Kamalesh ele é meu amigo ouviu bem. ( Hiro se exalta um pouco e grita onde todas pessoas que ali passavam começaram a olhar para ele e chega Shin rindo e falando para Hiro)

-É claro que conhece. Eu já até dei uma volta na nuvem voadora do Goku.

Após isso todos começam a rir de Hiro e vão embora e ele nem se importa e com os outros e continua a conversar Nara ouve tudo, mas não faz nada e vai para sala de jornalismo meio triste. Quando chega na sala começa a conversar com roteirista do jornal.

-Iaiá bob o que temos para hoje (fala Nara um pouco mais feliz)

-Bom eu achei uma coisa sobre Hanzai (Diz Bob que nesse momento se aproxima Nara para entender melhor) meus informantes me disseram que ele negociará com o capitão da polícia e negociar um bom jeito para exportar as drogas e liberar alguns dos seus comparsas.

-Tá bom, mas me diga o horário e o local agora (Diz Nara muito agitada)

-No antigo galpão as 10 horas, mas recomendaria chegar umas 9 horas e ficar de olho lá. (Depois de ouvir isso Nara já estava saindo da sala até Bob a chama-la novamente) perai você não pode ir sozinha para- lá.

-Quem disse que vou (diz Nara)

No intervalo da escola Hiro estava conversando Hiroshi:

-Estou te falando sério se você disser que o batman perde para o Goku de novo vou fica puto com você (diz Hiroshi bravo com Hiro)

-Você já escutou o que você está falando. Só bosta( Hiro diz isso sarcasticamente).

-Deixa o meu batman em paz (Diz Hiroshi) e….

-Oi garotos vocês estão bem? (chega Nara interrompendo o Hiroshi e não deixa eles responderem) Hiro você conhece mesmo Kamalesh?

-Sim (Responde o Hiro todo vermelho de vergonha)

-Então estou investigando um cara chamado Hanzai e queria sua ajuda e do seu amigo Kamalesh, você topa. (diz Nara)

-S…(Hiro custa a falar) Sim.

-Ok vai 9horas atrás no antigo galpão. (fala Nara feliz e vai embora dali)

-Que isso em está com tudo (diz Hiroshi)

-Não fala besteira. (diz Hiroshi voltando a cor normal)

-Eu falando besteira? – Você que um bosta! A mina está aqui marcando o encontro com você e fica dando mole. (diz Hishori com raiva e sai dali)

Depois da escola chegou Hiro superfeliz correu para seu quarto arrumou sua mochila com seu uniforme de herói, fez um topete, colocou a sua melhor roupa. Desceu e seu pai falou com ele:

-Onde você pensa que vai (fala Taro com cara de suspeito)

-Eu vou dormir na casa do Hiroshi (diz Hiro com uma cara de santo) posso ir?

-Pode (fala Taro após pensar muito) só que tem que voltar de manhã.

Hiro sai de sua casa e a ficha finalmente cai que a menina mais bonita da sala dele gosta dele. E vai dançando confiante no meio da rua algumas pessoas até acharam estranho, mas ele não se importava e compro até um buque de flores para Nara e guardou na sua mochila. Quando chegou no local marcado viu ela o esperando e quando Hiro estava para falar, mas sua língua travou, ficando seu rosto vermelho e muito tímido. Decidiu não entregar o buque e que Nara diz a ele:

-Aleluia que você chegou, mas cadê seu amigo.

-Meu amigo como assim?(Hiro não conseguia racionar direito ,pois não parava de olhar para seu lindo rosto e seu cabelo preto como o céu da noite).

-O Kamalesh cadê ele porra (Diz Nara furiosa)

-Ah tá, ele disse que viria só se necessitarmos muito porque estava muito ocupado.

-Ok vamos subir naquele prédio para observá-los, tirarmos fotos e o pegamos. (Diz Nara apontando para o prédio)

Os dois correm para o prédio abandonado se escondendo para não serem vistos pelos capangas então ficam lá em cima da construção e ficam observando os gangsteres de cima. Nara pergunta para Hiro:
-Hiro Preciso ser sincera com você. Eu te chamei porque sou uma ghenju e meu poder é ter visões e tive uma visão de você me ajudando a entrar no galpão depois me vi eu segurando um cadáver (Nara começa a chorar) e o Kamalesh jogado no chão cheio de sangue e com Akira o segurando pelo seu uniforme.

-Tá, mas (diz Hiro dando uma estremecida, mas entende a situação e decide arrumar um jeito de confortá-la) sabe não precisa se preocupar o Kamalesh é forte conheço ele e ele até conseguiu derrotar o denki dos raios, então alguns gangsteres e o justiceiro com uma enxada não vão conseguir detê-lo.
Nara solta até uma risada, mas chega um gangster e os leva para dentro do galpão. Os dois tentam gritar e infelizmente não conseguem se soltar. Até Hanzai, que está com um chapéu tampando o seu rosto e diz para eles:

-Vocês acham que podem impedir a minha produção? Estão muito enganados! (pega a câmera de Nara que estava tirando foto e a destrói)

-Capitão.

-Sim (responde o capitão com total respeito há Hanzai)

-Mate o casalzinho ali ( Hanzai aponta para Hiro e Nara) e se livre dos corpos para nós podemos continuar com a negociação.

O capitão não gosta da ordem, mas mira na cabeça da Nara que fecha o olho de nervosa, pois ela e Hiro estavam com uma fita presa na boca e não podiam falar ou gritar. De repente escutam um tiro. Quando abre os olhos vêem que alguém atirou na cabeça do capitão e surge da escuridão o Akira shinigami. Hiro se desamarra e liberta a Nara pega sua mochila e corre com ela para um local seguro. Os gangsters começam a atirar no Akira que se esconde atrás duma caixa e começa atirar, e matando os gangsters e até os policiais corruptos. Hiro vê isso tudo acontecer então fala para Nara confiante:

-Saia daqui e ligue para polícia que eu irei chamar meu amigo (começa correr com sua mochila)

-Mas minha visão disse que seu amigo iria morrer nas mãos dele (Fala de um jeito preocupada e aponta para Akira matando a todos)

-Você não vive plenamente se você não está disposto a morrer pelas pessoas que ama. É o que Kamalesh me disse (diz Hiro correndo e sorrindo e nesse minuto Nara percebe que ele é na verdade o herói Kamalesh e ela sai do galpão e chamando a polícia)

Enquanto isso Akira mata todos gangsteres na sua forma inicial e chega com foice pronto para matar Hanzai. Só que chega o Kamalesh com seu uniforme novo e segurando um galão de água de 20 litros, que tinha achado nos fundos, o esvazia controlando a água em um escudo e Akira lhe diz:
-Sabe eu vi você no noticiário. Não quero te machucar, pois parece ser uma boa pessoa então cai fora daqui antes que eu me arrependa.
-Não irei recuar e você irá pagar por essas mortes. (diz Hiro com raiva e olhando fixamente para sua foice saindo uma sombra preta)
-Então tá (após falar isso Akira avança para as costas de Kamalesh). Eu irei ensinar uma lição que você nunca esquecerá. (Akira mete um chute no Kamalesh que voa para longe e cai no chão)

Henzai percebe uma deixa e corre de lá sem Akira. Vê e foge com alguns gangsters que sobraram. Akira vai para cima de Kamalesh e dá uma sequência de socos nele que o machuca muito, mas Hiro se recupera controla água nas costas de Akira e faz uma parede de água que está indo em direção de Akira. Quando ele vê a parede ele pega sua foice e corta metade da parede que vai para Kamalesh que consegue desviar, mas o Akira chega nele e quebrando sua perna. Com sua foice corta o peito do seu uniforme e parcialmente o seu corpo fazendo uma gigante cicatriz e Kamalesh cai no chão. Akira fala dando uma risada debochada:

-Lição aprendida hoje, não me desafiei garoto porque na próxima irei lhe matar.

-Não (Hiro levanta com dificuldade e fala sem medo de morrer) vou parar de tentar impedir você. O único jeito de me parar é me matando porque senão eu irei lhe pegar.

-Não vou te matar ainda você é muito fraco e não sinto necessidade de te matar (Akira dá um soco com sua mão preta por causa da sobra que faz Kamalesh voar para longe)

Após vencer a luta Akira decide ir embora de moto, pois percebe que Henzai havia fugido. Kamalesh estava no chão quase morto, quando vê Nara apontando para os policias onde estava Akira então rapidamente ele entra no esgoto antes que a polícia consiga vê-lo.

Perto dali estava Hiroshi em sua mansão jogando seu LOL, quando no meio do jogo competitivo escuta a campainha tocando e grita para a campainha:

-Calma mano estou no meio da partida você vai ter que esperar um pouco. (a campainha continua tocando) A não! Vou ter que ir aí né fazer o que espero que seja importante. (Quando Hiroshi abre a porta cai Hiro todo machucado e Hiroshi fala em desespero) Hiro?


Novel ainda não adicionada na Central.
Yusha Monagathai - Capítulo 1
Yusha Monogathai - Capítulo 3