Trafford’s Trading Club – Capítulo 79

592
Trafford's Trading Club - Capítulo 78
Trafford's Trading Club - Capítulo 80

Uma Freira com uma Arma é Tão Legal

Tradução: Shuichi || Revisão: Hell


“Você nunca obterá almas matando e, apenas almas recebidas através de trocas podem ser tributadas.”

Esta é segunda regra relativa às trocas do clube.

“Se alguém tiver más intenções, o proprietário terá o direito de destruí-lo.”

Esta é a décima regra relativa às trocas do clube.

Depois que o poço se abriu, eles viram parte da escada de pedra que levava ao subterrâneo. Depois de esperar um pouco para que o local arejasse, Jonathan entrou segurando uma lâmpada a óleo.

O velho mordomo ficou na entrada. E com uma atitude humilde, falou:

— Senhoras e Senhores, entrem, por favor.

A expressão de Kista ficou tensa. Ele foi o primeiro a ir atrás de Jonathan e entrar. Todos os outros os seguiram pelas escadas de pedra atrás dele.

Enquanto que o mordomo não entrou e ficou esperando na entrada do velho poço.

— Existia mesmo um porão assim no castelo?

— Parece que está aqui há séculos.

— Talvez até mais.

O fundo fica a mais ou menos há 13 metros abaixo do primeiro andar. Tinha apenas um túnel que dava passagem para uma única pessoa e, 20 a 30 metros à frente uma porta de ferro se mostrou, cheia de ferrugem por conta da umidade continua.

Jonathan abriu a porta e todos o seguiram.

Este lugar tinha bastante espaço.

Foi construído em uma área circular, com 12 colunas de pedra erguidas nas bordas como apoios. O espaço tinha cerca de 300 metros quadrados e inúmeras figuras iguais esculpidas nas paredes circulares.

Vestido com uma armadura antiga e segurando espadas nas duas mãos … era um líder da Família Ceaucescu de alguma das gerações anteriores. Também parecia ter muitos quadros dos líderes das gerações anteriores no castelo.

O mais estranho é que um sarcófago fora colocado no terceiro nível do pódio, no centro do local.

Jonathan pisou no portal, virou-se de repente e depois falou calmamente.

— Sentem-se todos… Não falem, voltarei em meia hora e depois escolherei um de vocês como sucessor.

Com isso, ele fechou o portão de ferro, ignorando as perguntas feitas pelos jovens.

A regra passada por gerações era a de selar o diabo às custas da alma do descendente. Mas o tempo do selo é limitado.

Por isso suas vidas eram calculadas para encontrar alguém com o tempo de selamento maior. Quando o selo acabasse, a vida do selador acabaria.

Apenas os jovens com uma alma poderosa poderia obter o maior tempo de selamento. Quanto a jovem, significa escolher um descendente com menos de 30 anos.

Já à alma poderosa…

Durante os séculos, o diabo tentaria fugir do selo. Ele amaldiçoou toda a Família Ceaucescu. Desde que as gerações posteriores com almas poderosas se aproximem, seria fácil ouvir os sussurros do diabo ou, para os menos importantes, eles ficariam inquietos e veriam ilusões esquisitas.

O tempo era mantido em meia hora, porque, mesmo que eles consigam ouvir e ver o diabo, eles não chegariam a ser afetados. Obviamente, eles foram instruídos a ficarem calados no início para impedir que percebessem o segredo de selecionar o sucessor entre os descendentes escolhidos. Se soubessem disso, poderiam fingir atender à condição para serem o sucessor. Resumindo, aquele com a resposta mais séria, seria o sucessor qualificado. Durante séculos, a Família Ceaucescu vem cumprindo essa antiga regra.

Jonathan fez isso 30 anos atrás, e seu tio também.

Eles são obrigados a fazer assim. No começo, a regra fora estabelecida por causa da raiva de seu ancestral; no entanto, juntamente com a dor sem fim que o diabo sofria, toda a família Ceaucescu não tinha escolha a não ser continuar fazendo desse jeito.

Ano após ano, a dor infinita se acumulava, aumentando o ressentimento do diabo com a Família Ceaucescu. Se a alma não fosse pura, ela teria um efeito ruim na força do selo, o que daria ao diabo a oportunidade de fugir. Isso resultaria em um golpe fatal para a família Ceaucescu.

Afinal, esse troca de posições só os ajudaria com a condição de obter uma boa taxa de troca. Simplificando, você paga pelo que recebe.

— Antes do sol nascer. Jonathan calculou o tempo.

De repente, sons de passos vieram da frente. A única reação de Jonathan foi franzir a testa…

‘Quem vem? O mordomo? Não, ele não deveria estar aqui.’

Diante dele, apareceu um jovem com uma lâmpada velha. Jonathan ficou chocado e franziu as sobrancelhas.

— Osmond? Por que você veio aqui?

— Você… não quer que eu participe? — Osmond falou com frieza enquanto olhava para Jonathan.

A testa de Jonathan, já franzida, piorou.

— Isso não é da sua conta. Volte.

— Com certeza … tem alguma coisa sombria escondida aqui, não tem? — Osmond zombou.

— Saia! — Jonathan falou rosnando. — Você não devia vir aqui!

— Porquê? Você teme que eu saiba dos assuntos que esconde, aqueles sujos, vis e até desprovidos de humanidade? — Osmond se aproximou pouco a pouco.

Jonathan queria dizer algo, mas ouviu um grito da direção do portão… Um grito de raiva.

Um grito muito alto.

A expressão de Jonathan mudou ligeiramente e ele abriu a porta com rapidez. Ele não tinha tempo para focar em Osmond.

A cena na frente dele o deixou extremamente assustado.

O que ele viu?

Várias pessoas caídas em uma poça de sangue… eram todas das mulheres. Enquanto isso, um sujeito era pressionado no chão pelo resto… Ele tinha uma adaga em sua mão.

Manchado de sangue.

E enlouquecendo.

— Me solte! Me solte! Somente os vivos podem ter o patrimônio da Família Ceaucescu! Vocês! Tem que morrer!!

O jovem sendo pressionado gritava como um louco!

Jonathan pensou que fosse inconcebível… Será que o sussurro ou a ilusão do diabo foram tão fortes que os fizeram perder a cabeça num estalar de dedos?

Não… Ele podia ouvir a voz baixa do diabo como se estivesse dando risadas de zombaria.

Não era um truque… Parecia mais que ele estava assistindo a uma maravilhosa peça! Jonathan podia sentir… porque ele foi o último selador!

Não era só o jovem sendo pressionado no chão, outros também mostravam expressões hediondas no rosto. Como se todos estivessem enfeitiçados.

Vermelho! Seus olhos ficaram vermelhos como demônios.

— Isso é loucura… Pare eles! — Neste momento, Jonathan gritou. — Pare-os rapido! Quem pode… Kista! Kista!

Ele está velho. Agora ele olhou para Kista, que tinha abaixado a cabeça e permanecia em silêncio.

— Você quer morrer também? — Inesperadamente, Kista levantou a cabeça e encarou o avô com ódio nos olhos. — Que velho diabólico… Você ficaria feliz vendo todos nós sendo enterrados aqui?

— Kista, que besteira você está falando?

— Besteira? — Os olhos de Kista ficaram vinhos e seu corpo tremia, como o dos jovens enlouquecidos. — Dizem… Dizem que… Escondem um demônio aqui… Como esperado, este é o segredo da Família Ceaucescu! Como esperado, do seu egoísmo! Seu egoísmo, velhote!

— Eu não entendo o que você está falando. — Jonathan respirou fundo e falou em voz baixa. — Obviamente você também não está batendo bem, mas eu preciso que você acorde agora!

— Hahahaha! Osmond! Osmond! — Kista apontou para Osmond, que estava atrás de Jonathan e zombou. — Com certeza não existe evento para selecionar o sucessor! Você já decidiu o sucessor… E você só mandou que viéssemos para abastecer o desejo do diabo tirando as nossas vidas, como as antigas instruções da família! Para que, então, Osmond posse ganhar tudo que pertence à Família Ceaucescu facilmente!

— Eu não sei do que você está falando. — Jonathan respondeu com raiva. — Eu ainda não decidi o sucessor!

— Mesmo? — Kista zombou. — Você continua negando? Então, por que você não mandou Osmond vir? Você acha que ele não é membro da família?

— Não é nisso que você devia estar prestando atenção. Agora, pare tudo o que está acontecendo aqui!

Kista caiu na gargalhada.

— Você não tem coragem de dizer, tem? Você não tem coragem de falar a verdade. Você não tem coragem de dizer… que Osmond não é seu neto! Mas seu próprio filho? Você não tem coragem de dizer que engravidou sua filha por causa da sua natureza suja e pervertida?

— Você… — A expressão de Jonathan passou por uma mudança extrema. De repente, ele não conseguia mais respirar e agarrou o próprio peito com dor.

— Você se sente culpado, não sente? Você vai morrer logo logo, não vai? Você tomou essa decisão, porque você vai morrer, né? Você sabia… Que Osmond é a pessoa mais apropriada! Mas você não quer que ele carregue o fardo da Família Ceaucescu! Então você prefere nos sacrificar!

— Beste…

Jonathan não conseguiu completar uma frase. Ele sentiu uma pontada de dor no coração assim que começou a falar.

— Você é um velho depravado… Eu não vou deixar o meu destino ficar em suas mãos! — Os dois olhos de Kista ficaram completamente avermelhados. — Eu não vou desistir de tudo o que me pertence! As pessoas que devem pagar essas dívidas… são vocês!

Com isso, Kista correu para Jonathan como um louco. Ele tinha uma faca escondida na manga.

A faca perfurou a barriga de Jonathan e depois tremeu.

As pupilas de Jonathan dilataram e ele caiu aos poucos no chão. Ele sentiu o último fio de sua vida desaparecer e viu Kista se virar e atacar Osmond.

Naquele instante Osmond ficou aterrorizado!

— Ah… Que som maravilhoso.

Na entrada, a Srta. boneca colocou o cabelo atrás das orelhas e fez uma pose para ouvir o som mais atentamente.

Ela voltou o olhar para Luo Qiu com um leve sorriso.

— Não ouço um som tão incrível quanto esse há muito tempo.

Embora eles não se conheçam há muito tempo, o proprietário Luo teve a sensação de que acabara de a conhecer. Luo Qiu olhou para o velho mordomo que havia caído ao seu lado.

Ele assistiu todo o processo de Osmond o nocauteando para entrar.

Suas habilidades auditivas não eram tão sensíveis quanto as de You Ye. Mas, pela expressão alegre do boneca, ele percebeu que algo maravilhoso acontecia lá dentro.

— Vamos descer para dar uma olhada.

‘Basta confrontar diretamente se for a semente da discórdia semeada pelo clube séculos atrás.’

Bem enquanto ele pensava nisso, You Ye virou um pouco a cabeça. Luo Qiu também se virou quando sentiu algo.

Uma freira caminhava lentamente na grama em direção à eles.

— Surpreendentemente, existem outros clientes num lugar tão desolado. — Disse a freira.

Algumas informações de You Ye sobre a Congregação Negra Religiosa surgiram na mente de Luo Qiu. Ele deu um passo para trás e falou com calma:

— Por enquanto somos apenas espectadores, sem intenção de participar das coisas acontecendo lá dentro.

— Quer dizer que, o que quer que eu faça, vocês dois não vão reagir. Não é isso? — Disse a freira, de repente.

Luo Qiu concordou.

‘Eu só estou aqui para cobrar dívidas…’

— Mas essas palavras não parecem críveis… — Zombou a freira. — Especialmente quando ditas pelo cara que esconde o rosto e mostra o rabo.

Luo Qiu balançou a cabeça, planejando fazer uma ação(?). E então ele abriu caminho para ela ter acesso ao caminho para a câmara subterrânea.

A freira ficou em silêncio por um tempo. Depois ela andou direto para a entrada do velho poço.

Ao passar por Luo Qiu, ela, de repente, se inclinou para uma posição meio agachada; enquanto isso, naquele momento, a bainha de sua túnica de freira se elevou.

O item escondido em sua perna graciosa e esguia não era uma meia de seda. Era um estojo preto de arma… Com uma pistola presa nele.

Ela a sacou.

Estas ações fluidas foram feitas num instante.

Vendo isso de perto, a primeira impressão que Luo Qiu teve foi… que legal.

Apesar de que, o momento em que a freira sacou a pistola de prata escondida em sua perna e apontou para Luo Qiu a uma velocidade da luz, também foi o momento em que ela voou.

O motivo foi que, no instante em que a freira apontou a arma para Luo Qiu, a Srta. Boneca do clube lançou um chute lateral no corpo da freira, fazendo-a ser jogada ao ar.

Bem quando o proprietário Luo suspirou de admiração, outra impressão desabou sobre ele, enquanto observava a cena à sua frente…

‘Esta freira, parece um Fringillidae…’ ?


(4/5)


Trafford's Trading Club - Capítulo 78
Trafford's Trading Club - Capítulo 80
COMPARTILHAR
Trabalhe até o seu ídolo se tornar o seu concorrente. (Postarei novels não revisadas no meu Wordpress, apenas quando eu tive tempo livre e/ou goste muito de uma novel que não se adéqua à Empire Novels.) *Isso não afetará o cronograma de postagem das minhas outras traduções.*