Trafford’s Trading Club – Capítulo 56

315
Trafford's Trading Club - Capítulo 55
Trafford's Trading Club - Capítulo 57

A Garota na Casa de Pães a Vapor

Tradução: Shuichi || Revisão: Hell


A velha cidade não pode ser comparada com a próspera e modernizada nova região da cidade.

Olhando em volta, não haviam prédios mais altos do que 7 andares. O maior deles era apenas uma Residência Chinesa de 6 andares.

Mesmo não sendo tão movimentada quanto a nova cidade, a maioria dos residentes viveram aqui a vida toda e relutam em sair.

Provavelmente porque ela parecia mais humana do que aquela floresta de concreto.

Casa de Pão a Vapor ‘Sinto Sua Falta’.

Ficava lotada quase todas as manhãs. A maioria deles são vizinhos que conheciam o chefe. Na loja, eles eram clientes e chefe; mas, na vida diária, eles são velhos amigos.

“Garçonete! Uma xícara de chá, por favor! ”

Um velho gritou com uma voz forte.

Na área de refeições, uma garçonete o respondeu enquanto se curvava para limpar a mesa. Depois ela se apressou a preparar o chá para ele.

“Velho Chen, onde você encontrou essa garota? Ela se esforça muito! E também é tão bonita! É raro, garotas jovens com boas aparências fazerem por vontade própria esses trabalhos difíceis!”

Não é?

Ela tem mais ou menos 20 anos, bonita e enérgica, assim como uma flor de lótus emergindo da água. Seu sorriso faz as pessoas se sentirem à vontade, no mesmo instante.

Era uma manhã quente. Mas, qualquer um se sentiria refrescado enquanto se sentava nesta velha casa, mesmo ela não tendo ar-condicionado e estando apenas com a porta aberta.

A garota andou entre as mesas. Seu corpo leve e gracioso como uma borboleta.

“Se eu fosse 30 anos mais novo, eu correria atrás dela! Ah, não… 40 anos!”

“Eu também!”

“Hahahaha!! Seus velhos idiotas!” Uma velha no canto os xingou no mesmo momento. “Olha só, esses velhotes! O meu filho, Jiaming, tem uma chance bem grande!”

“Lá vem essa gorda recomendar o filho dela de novo!”

“E o que tem isso?!”

Os clientes começaram uma argumentação meio brincando meio sérios. No entanto, o chefe — Velho Chen apenas sorriu e continuou sovando a massa.

Sua esposa pegou um lenço e enxugou o suor na testa do Velho Chen. Neste momento, o Velho Chen sorriu. Na verdade, o restaurante não é grande, mas ele tem funcionado por décadas, e o feito de sua esposa, de enxugar seu suor, também tem acontecido por décadas.

“Dance, a comida da primeira mesa está pronta.” O Velho Chen chamou a garota que estava servindo chá.

“Entendido.”

A garota respondeu, correndo para dar a comida embalada para o cliente.

Desta vez, um novo cliente veio à casa.

Um jovem com um rosto bonito ficou chocado quando viu a garota. A garota também ficou espantada, depois deu um sorriso tênue.

“Nos encontramos de novo.”

“Pois é, estou surpreso.” Luo Qiu balançou a cabeça.

Ele nunca achou que veria o monstro borboleta novamente; além disso, trabalhando nesta casa de pão. A borboletinha vestia uma roupa simples, parecendo ser uma garota das áreas montanhosas.

No entanto, isso não cobria sua beleza — Quando o Proprietário Luo a viu de novo, a única coisa que ele pensou foi que a transformação que ela passou após atravessar o casulo e renascer, foi bem eficaz.

“Você… veio me visitar?” Dance olhou para Luo Qiu com curiosidade.

Eles tinham se encontrado por coincidência, então a borboleta achou que Luo Qiu tinha vindo especificamente para vê-la — Além disso, o clube é um lugar misterioso, por isso, não seria difícil descobrir onde ela está.

Luo Qiu balançou a cabeça.

“Pode-se dizer que eu sou um cliente regular desta loja.”

Dance inclinou a cabeça, entrigada.

Nesse momento, o chefe gritou.

“Luo Qiu! Quando tempo sem te ver. Você veio de tão longe só pelos pães?”

Luo Qiu balançou a cabeça para o chefe e sua esposa, depois olhou para o monstro borboleta.

“Eu costumava morar por aqui quando era criança.”

“Sente-se.”

Dance pareceu soltar um suspiro de alívio antes de levar Luo Qiu ao seu assento.

“Luo Qiu, vou começar a fazer os pães pra você agora mesmo. O de sempre, né?” Disse o Velho Chen.

“Isso aí.” Luo Qiu respondeu.

Ele se sentou no canto, como se estivesse em seu próprio mundo. Depois tirou um livro grosso de sua mochila para ler.

Quando os pães foram servidos, Luo Qiu comeu um enquanto ainda estava quente. Em seguida, ele continuou lendo o livro. Comer os três pães, demorou meia hora.

O monstro borboleta pensou que ele sairia assim que ele terminasse de comer; mas ele ficou sentado lá como um velho, bebendo chá enquanto lia sozinho.

“Ele sempre foi assim. Ele vai sair quando quiser. Não faz mal.” O Velho Chen explicou para Dance. “Eu vi ele crescer. Ele é uma pessoa bem quieta.”

“Você viu mesmo ele crescer?” Dance perguntou com curiosidade.

O clube que ela conhecia… é famoso dentre os monstros.

A confusa Dance fez seu trabalho em silêncio, mas, às vezes, olhava para Luo Qiu, que estava lendo um livro em silêncio.

Depois de um tempo, quase todos os clientes tinham saído. Era quase 10:30 da manhã.

“Dance, limpe tudo. Nós vamos fechar a loja!” O Velho Chen gritou.

“Sim, mas…” Dance olhou com um pouco de hesitação para Luo Qiu que não tinha saído ainda.

Velho Chen sorriu, pedindo para Dance continuar o trabalho. Ele, então, pegou uma xícara de chá e se sentou na frente de Luo Qiu.

“Tio, porque tem mais um funcionário na loja?” Luo Qiu perguntou.

O Velho Chen riu.

“Você se refere a Dance? Ela é uma pobrezinha. Uma manhã, quando eu estava limpando, a minha esposa viu ela pegando comida nos fundos com roupas rasgadas. Ela não sabia muito. Minha esposa perguntou onde os pais delas estavam, mas ela disse que ela não tinha parentes e não conseguia se lembrar do passado.”

O Velho Chen bebeu um gole de chá.

“Eu vi que ela não tinha nada; além disso, ela era tão pura e inocente, mas não tinha memória. Eu estava com medo dela ser sequestrada nas montanhas, então nós a levamos para dentro. Ela era trabalhadora e não queria viver de graça, e então ela começou a me ajudar.”

“Mas, por coincidência, o sobrenome dela é Luo também.” O Velho Chen balançou a cabeça. “Luo Dance, Luo Dance, esse nome soa especial quando eu falo. Uma garota das montanhas não teria um nome tão gracioso, então ela pode ser uma filha de uma família rica e influente.”

Quando ele ouviu que o monstro borboleta tinha usado ‘Luo’ como seu sobrenome, Luo Qiu olhou na direção dela. Ela estava limpando a janela; mas ele percebeu que ela espiava eles o tempo todo. Quando ela fez contato visual com Luo Qiu, ela se apressou e começou a limpar a janela do outro lado. Era óbvio que ela tinha ouvido a conversa deles.

A audição desse monstro… parecia ser muito boa.

“Bem, a propósito, Luo Qiu, você poderia me ajudar?” O Velho Chen riu. “Vocês, jovens, são mais espertos do que nós, velhos.”

Luo Qiu considerou por um momento, depois falou de repente: “Tio, podemos conversar a sós?”

O Velho Chen ficou de boca aberta, Então ele viu Luo Qiu abrir o livro grosso. Entre as páginas, ele viu um cartão preto.

A expressão dele teve uma pequena mudança, e ele olhou para este antigo vizinho, incrédulo.

Seus lábios tremeram um pouco.

“Você…”

“Tio, feche a porta.”

Luo Qiu falou em voz baixa.


(2/3)


Considere doar para a novel! Agora é possível doar por Paypal. No PayPal o processo é mais rápido e mais seguro! Doe o valor que desejar para a novel de sua escolha e quando o valor somado com o de outros doadores chegar a 20, nós traduziremos mais 2 capítulo!

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!

Trafford's Trading Club - Capítulo 55
Trafford's Trading Club - Capítulo 57
COMPARTILHAR
Trabalhe até o seu ídolo se tornar o seu concorrente. (Postarei novels não revisadas no meu Wordpress, apenas quando eu tive tempo livre e/ou goste muito de uma novel que não se adéqua à Empire Novels.) *Isso não afetará o cronograma de postagem das minhas outras traduções.*