The Novel’s Extra – Capítulo 312

200
The Novel's Extra - Capítulo 311
The Novel's Extra - Capítulo 313

Tradução: Conde | Revisão: Dilsinxyz


Realidade virtual que contém a verdade (2), (3) 💻

“O que…”

Chae Nayun olhou em volta com admiração. Eles estavam parados sobre um campo árido à noite. Mas ela podia ver luzes de néon e edifícios altos à distância.

“… Esta é uma tecnologia incrível. Parece real.”

O comentário de Yoo Yeonha assustou Chae Nayun.

‘Eles passaram por uma grande atualização ou algo assim? Não, mas se eles tivessem feito, eu saberia.’

“Certo. Mas estamos em uma… área de favela?”

Mesmo enquanto Chae Nayun tentava entender a situação, a conversa de seus camaradas continuou.

“Favela?”

Kim Suho arregalou os olhos com a palavra. Yun Seung-Ah acenou com a cabeça com um sorriso.

“Vocês não saberiam sobre isso, mas há muito tempo havia ‘cidades neon’ como aquela nos arredores de Seul ou Suwon. A maioria deles estava nas favelas.”

“Claro que você sabe, já que está na casa dos trinta.”

Yoo Yeonha pegou Yun Seung-Ah desprevenida.

“O-o quê?”

Yun Seung-Ah sibilou para Yoo Yeonha como uma gata, mas a garota mais nova simplesmente deu de ombros.

“É verdade.”

“Quero dizer, claro, mas… Você não tem que apontar isso, Diretora.”

Foi então que Chae Nayun gritou de repente em voz alta.

“Bolsa!”

A exclamação imediatamente chamou a atenção de todos.

“… Ufa,” Chae Nayun soltou um suspiro de alívio enquanto segurava uma bolsa na mão.

Yun Seung-Ah inclinou a cabeça em curiosidade.

“Hm? O que é isso, Nayun?”

“Ah ~ Este é o inventário, apenas na forma de uma bolsa. Não é incomum para jogos de mundo aberto como ‘GTA’ – quero dizer, ‘Grand Theft Auto’ se referir ao inventário como outra coisa.”

Chae Nayun sorriu e olhou dentro de sua bolsa.

“Meu nível é alto, então esta bolsa deve ser capaz de conter qualquer coisa abaixo de… 300 kg…”

No entanto, a capacidade máxima da bolsa era de apenas 3 kg e Chae Nayun ficou em silêncio.

“Bolsa! Uau, realmente funciona! ”

“Bolsa.”

Kim Suho e Yun Seung-Ah convocaram suas bolsas atrás de Chae Nayun. Eles os examinaram em detalhes, hipnotizados pela tecnologia.

De repente, Yoo Yeonha anunciou: “Chega de conversa fiada. Nós realmente deveríamos ir. Não tenho muito tempo de sobra. Tenho que terminar isso rápido e voltar.”

“…”

‘Eu tenho que terminar isso rápido e voltar.’ As palavras de Yoo Yeonha instilaram uma sensação de inquietação em Chae Nayun.

“Ok~ Vamos andando~ Como faço para fazer capturas de tela aqui? Quero fazer upload de algumas fotos nas redes sociais.”

“Deus, você deveria seriamente dar um tempo das redes sociais, Yi Jiyoon.”

O grupo começou a se mover em direção à cidade neon.

Chae Nayun também começou a andar com Shin Jonghak ao seu lado.

“Então, quando chegarmos lá, vamos quebrar, destruir e lutar, certo? Pelo menos era isso que todo mundo estava fazendo no YouTube.”

“Huh? Oh… N-Não. Fique quieto e mantenha a calma.”

“Não é disso que se trata este jogo?”

“Ugh, apenas me deixe em paz.”

No momento em que ela abandonou Shin Jonghak, Yun Seung-Ah se aproximou dela.

“Nayun, como você sobe de nível neste jogo? Estou tendo problemas para controlar meu poder mágico e acho que é porque meu nível está muito baixo.”

“Huh? Hum… me dê um segundo.”

Logout, logout, logout, logout…. Chae Nayun murmurou para si mesma, dezenas de vezes, mas nem a janela de logout nem a página de configurações apareceram diante dela.

“… Droga. Estou totalmente ferrada.” Ela resmungou consternada, finalmente desistindo.

“Oh? Olha um sinal.”

Kim Suho, que liderava o caminho, foi o primeiro a descobrir a placa da cidade.

[Suwon Área A]

“Suwon Área A… É como você disse, líder. Este é Suwon.”

“Mesmo? Interessante. Este mapa deve ser baseado em Suwon antes das mudanças administrativas, se eles ainda estiverem chamando esta área de Área A.”

O grupo passou pela placa e entrou na cidade.

Luzes de néon estavam alinhadas na rua. Sob as luzes coloridas havia barracas de mercado, pubs com mesas ao ar livre, lanternas vermelhas e motéis. A cidade parecia mais enigmática de perto.

Olhando através da paisagem desconhecida da cidade, Yoo Yeonha perguntou: “Nayun, em que ano este jogo é baseado?”

“Huh? Oh… para descobrir, podemos ter que fazer uma visita ao café PC ou ao motel ali.”

“Que tal dinheiro? Como ganhamos dinheiro?”

“Eh? Dinheiro…?”

Foi então.

De repente, um grupo de homens saltou do beco. Eles seguravam facas, tacos de beisebol, bastões de madeira e outras armas nas mãos.

“Uhahaha! Vocês!”

Um homem vestindo uma bandana, que parecia ser o líder do grupo, se adiantou e gritou: “Se você valoriza sua vida, entregue tudo o que você tem!”

O grupo olhou para ele em silêncio, então de repente Chae Nayun ergueu o braço e apontou para os bandidos.

Ela murmurou: “Aí está. Dinheiro.”

———————————————————————————

Eu abri meus olhos. A primeira coisa que vi foi um teto desbotado. Eu estava consciente, mas ainda um pouco confuso. Então, de repente, uma quantidade insuportável de dor envolveu o lado direito do meu corpo.

“…!”

A fonte da dor era meu braço direito.

A dor me acordou totalmente e só então percebi o que havia acontecido comigo.

Foi simples.

Primeiro, entreguei o manto final a Medeia na Torre do Desejo. Depois, viajei para Paris, onde recebi um pen drive de Yoo Sihyuk contendo informações sobre o passado de Yi Yeonjun. Em seguida, fui ao [Capsule de Mars], o maior café-cápsula da França, para verificar o conteúdo do pen drive. E então, quando conectei o pen drive infundido com Estigma em uma cápsula – o pen drive de repente começou a absorver meu estigma.

Tudo aconteceu tão rápido que eu não tive tempo suficiente para controlar o fluxo do meu poder mágico.

“Você finalmente acordou?”

Uma voz grossa atingiu meus ouvidos.

Veio de Cheok Jungyeong.

“… Huu.”

Com um suspiro, examinei meu braço. Estava machucado a ponto de não conseguir reconhecer o símbolo do Estigma. Eu não conseguia mover nada.

“Ei, você está bem?”

“Estou bem… A propósito, onde estamos?”

“… Eu não sei, algum tipo de santuário ou igreja ou algo assim. Mas por que estamos aqui?”

‘Santuário? Igreja?’

Inclinei minha cabeça em confusão, quando de repente uma dor aguda atingiu meu braço direito novamente. O movimento do poder mágico dentro do Estigma que eu sabia que deveria sentir o tempo todo era apenas vago.

“Ugh… saia!” Eu gritei, esperando escapar da dor, mas meu esforço foi inútil.

“… Informações do vídeo. Pausa. Status da conexão.”

Outras funções do sistema também falharam ao carregar como se tivessem sido bloqueadas intencionalmente.

“O que está acontecendo?”

“Isso é o que eu gostaria de saber. O que você está fazendo?”

Algo estava estranho. Diferente. Definitivamente não era assim que um vídeo gravado parecia.

Tudo que eu podia inferir agora era que o flash drive de Yoo Jinhyuk e meu estigma causaram algum tipo de reação quando eles se fundiram… A julgar pelo estado do meu braço, eu sabia que o ‘Overclock‘ também tinha sido ativado. Essa deve ser a razão pela qual Cheok Jungyeong foi envolvido nisso.

Eu fui muito ingênuo? Devo ter sido mais cuidadoso antes de conectar a unidade flash?

… Não, eu nunca teria imaginado que algo assim aconteceria.

Mais importante, acreditei na minha sorte. Embora eu não tivesse certeza neste momento se minha sorte tinha acabado de me salvar por um fio de cabelo ou era um participante ativo nos últimos acontecimentos.

“Oi, você machucou a cabeça ou algo assim?”

Cheok Jungyeong franziu a testa.

*Bip-*

Naquele momento, a mensagem que Yoo Jinhyuk havia me deixado apareceu no ar.

= Mensagem de Yoo Jinhyuk =

[Prezado cliente, ao investigar o passado de Yi Yeonjun conforme as instruções, percebi uma estranha relação entre ‘Yi Yeonjun’ e o ‘atual chefe da Trupe Camaleão’.]

[Eu acreditava que isso era algo em que você estava interessado, então concentrei minha pesquisa nesses dois.]

[Minhas mensagens chegarão em ordem nos momentos exatos que pretendo.]

“Oi?”

Virei meu olhar para Cheok Jungyeong. Então eu me levantei. Olhando de perto, a paisagem circundante parecia mais uma igreja do que um santuário.

“Parece que estamos em um salão de igreja. Siga-me, Cheok Jungyeong.”

Saímos.

Do lado de fora, havia três edifícios alinhados em torno de um grande campo árido.

Uma era a capela, outra era o berçário, a outra era o salão. Eu podia ouvir as crianças rindo e conversando no berçário, mesmo de onde eu estava.

“Ei, aí.”

Eu estava examinando o prédio do berçário, quando Cheok Jungyeong de repente me deu um tapa no ombro. Com um olhar sério, ele apontou para o campo. Eu virei meu olhar para onde ele estava apontando.

“… Ah.”

Uma breve exclamação escapou da minha boca.

Lá, em um canto do campo, uma criança estava sentada sozinha na arquibancada sob a sombra.

“Ela é a única, certo?” Cheok Jungyeong perguntou, acariciando seu queixo.

“Sim,” eu balancei a cabeça.

Cabelo preto desgrenhado e emaranhado e olhos opacos. Mesmo no frio e na solidão, ela olhava para frente como se esperasse que alguém voltasse para ela.

Meu coração doía só de olhar para ela.

“Essa é a Boss.”

———————————————————————————————————

Enquanto isso, Chae Nayun e os outros chegaram a um motel em algum lugar na Área A. Embora o quarto fosse um pouco pequeno para seis pessoas, não era tão ruim agora, porque Kim Suho e Yun Seung-Ah tinham acabado de sair para uma caminhada.

“Tem muitos ladrões, mas só no beco. Na rua principal há lojas e pubs, então não é tão ruim quanto o Pandemônio. Eu não diria que o nível de dificuldade é muito alto.”

Yoo Yeonha estava atualmente analisando o jogo, olhando para a rua pela janela do motel.

“Nayun, não deveríamos correr pela cidade e receber missões? Como missões principais ou secundárias?” Yi Jiyoon perguntou a Chae Nayun, claramente animado.

“Huh? Oh, sim, claro. Mas a questão é…”

“Oh, certo.”

De repente, *clap-* Yoo Yeonha bateu palmas.

“Você acha que este computador funciona?”

“Uh… eu não sei. Experimente ligá-lo.”

Yoo Yeonha começou a examinar o velho computador empoeirado com os olhos cheios de curiosidade.

“Isso é tão antigo. Como faço para ligá-lo?”

Ela não estava familiarizada com um ‘desktop’.

Yoo Yeonha conseguiu encontrar a chave de alimentação somente após investigar cuidadosamente a caixa do computador.

“Uau está ligado.”

*Vroom—* Com um zumbido, a tela se iluminou. Os outros ficaram ao lado de Yoo Yeonha.

*Vroom— Vroom— Vroom—*

“…”

“… Haam.”

“Isso é lento.”

Todos eles olharam para a tela por 3 minutos inteiros. 💻💻

Finalmente o boot acabou e a primeira coisa que Yoo Yeonha fez foi checar a data.

“… 18 de dezembro de 2006?”

Yoo Yeonha nem havia nascido naquela época.

Com um grande sorriso, Yi Jiyoon exclamou: “Woah ~ Então estamos nos anos 2000, líder?”

“Sim. Mas meados dos anos 2000 é… um cenário estranho para um jogo.”

Após os tumultuosos anos 60, os super-humanos nasceram nos anos 70 e 80.

Na década de 90, com a ajuda dos ditos super-humanos, a Coreia recapturou seus territórios roubados e o sistema Herói foi estabelecido pela primeira vez.

Nos anos 2000, a Coreia viu um grande crescimento em tecnologia junto com a crescente população de heróis.

Mas de 2000 a 2010 foi simplesmente um período de transição. A lacuna entre ricos e pobres aumentou com o rápido avanço da tecnologia, e o número de favelas aumentou além do alcance das autoridades governamentais. Foi considerada por muitos uma época vergonhosa.

“Pelo menos os detalhes parecem precisos…”

Yoo Yeonha desligou o computador depois de navegar por um tempo. Então ela olhou ao redor da sala para ver onde Shin Jonghak estava. Ele estava no meio do treinamento.

“Jonghak, você quer dar uma caminhada?”

“… Um passeio?”

“Sim, podemos olhar ao redor da vizinhança, ver onde está. Ainda temos algum dinheiro dos ladrões, então podemos comprar coisas também.”

Shin Jonghak parecia relutante e Chae Nayun interveio imediatamente.

“Parece divertido! Vá, vá!”

Chae Nayun puxou Shin Jonghak em direção a Yoo Yeonha. Ela estava claramente agindo de forma estranha, mas felizmente a dupla saiu sem falar muito.

Agora ela e Yi Jiyoon eram as únicas que restavam na sala.

Chae Nayun olhou para Yi Jiyoon, e Yi Jiyoon olhou para Chae Nayun com seus olhos redondos.

“Haa…”

Chae Nayun suspirou. Ela caiu na cama, com as mãos na cabeça.

“Nayun?”

“… Acho que preciso dormir um pouco. Por que você não sai para brincar?”

Yi Jiyoon acenou com a cabeça, mas em vez de sair, ela se sentou na frente do computador do motel. Ela nunca tinha visto esse tipo de sistema operacional antes, mas era habilidosa o suficiente para pegar o jeito rapidamente.

… Só assim, 3 horas se passaram.

“Mmmnn ~”

Yi Jiyoon afastou a cabeça da tela do computador e se espreguiçou. Naquele preciso momento, Yoo Yeonha e Shin Jonghak voltaram para a sala. Eles estavam carregando uma adaga, uma lança, uma espada e outros tipos de armas com eles.

“Aqui, isto é para você, Nayun. Uma arma.”

Chae Nayun recebeu a espada sem resistir. Era um item chamado [Espada de Ferro Típica].

*Kiik-*

Naquele momento, a porta se abriu novamente e Kim Suho e Yun Seung-Ah entraram na sala. Com um sorriso radiante, a dupla distribuiu lanches e outras comidas para o resto da equipe.

Eles passaram algum tempo mascando chicletes e comendo lanches.

…15 minutos mais tarde.

Yoo Yeonha, que estava mastigando pernas de lula secas – fingindo que não combinavam com seu gosto – finalmente perguntou: “A propósito, Nayun, como você sai deste jogo?”

“…!”

Sair.

A palavra surpreendeu Chae Nayun, e Yoo Yeonha perguntou novamente: “O que há de errado?”

“… H-hã? O que?”

“Eu disse, como você sai deste jogo?”

“Um…. Uh….”

Chae Nayun olhou para suas amigas. Todo mundo estava olhando para ela.

“Eu não sei… agora, como eu fazia isso antes?”

Yoo Yeonha franziu a testa.

“Pare com as piadas e me ensine. Já se passaram 4 horas. Tenho que participar de um evento em breve.”

“R-realmente? 4 horas já? O tempo voa com certeza~”

“…”

Yoo Yeonha olhou para Chae Nayun.

Chae Nayun estremeceu de medo.

“Então? Como faço para sair?”

“…”

“Nayun?”

“… Huh? Oh isso é…”

“Diga.”

“…”

Chae Nayun fechou a boca e Yoo Yeonha fez uma careta para a amiga. Kim Suho, Shin Jonghak, Yi Jiyoon e Yun Seung-Ah, todos estavam focados nela.

“… I-isso é… uh…”

Seu coração estava disparado. Sua respiração ficou pesada e o suor frio escorreu por suas costas. Sua cabeça estava girando e ela estava começando a se sentir tonta…

Só havia uma maneira de sair disso.

*Gole*

Chae Nayun engoliu sua saliva e…

*Kooong—!*… Bateu com a cabeça no chão.

“Desculpe! Não tenho ideia de onde estamos! Não sei como sair desta coisa!”

Um grito de desespero encheu o quarto do motel.

———————————————————————————————————

[Berçário sem nome]

“… Ela não está fazendo nada”, observou Cheok Jungyeong.

“Você está certo”, respondi.

“Tem certeza que ela é a Boss?” Cheok Jungeyong perguntou.

“Sim, tenho certeza”, respondi novamente.

E então, por um momento, olhamos para a garota em silêncio.

3 minutos depois, Cheok Jungyeong olhou de soslaio para mim.

“… Então você está aqui para espionar a jovem Boss?”

“Não. Estou aqui para investigar Yi Yeonjun.”

“Yi Yeonjun?”

“Sim. Ele não parece gostar de mim, por algum motivo.”

“Mesmo?”

“… Sim. Mas eu não esperava que isso acontecesse.”

“Hm.”

Cheok Jungyeong coçou o queixo.

“Então, o que você está dizendo é que aquele pen drive e seu poder mágico responderam um ao outro e um mundo totalmente novo foi criado?”

Eu havia passado as últimas três horas explicando a causa desse fenômeno para Cheok Jungyeong.

“Não é um ‘mundo totalmente novo’, é apenas uma realidade virtual totalmente manifestada com base nos dados do passado. Mas você entendeu a maior parte.”

“Uh. Então, como vamos sair daqui?”

“Isso… vamos ter que ver.”

Eu encarei Boss.

Agora, Boss estava esperando por alguém.

Yoo Jinhyuk provavelmente queria que eu visse apenas os eventos mais importantes, então eu acreditava que se continuasse a observar Boss de perto, acabaria chegando à verdade.

“Ei, mas e se passarmos tanto tempo aqui que todo mundo de fora acaba morto?” Cheok Jungeyong perguntou um pouco preocupado.

“Não se preocupe. Estamos dentro de uma realidade virtual, então o conceito de tempo só se aplica ao nosso cérebro.”

“… Que diabos isso significa?”

“Isso significa que o fluxo do tempo é diferente aqui. É normal ficar aqui por muito tempo.”

Eu poderia inferir isso com base na diferença de consciência entre mim e Espartano. Embora eu não pudesse determinar a proporção exata, eu tinha certeza de que o tempo aqui passou muito mais rápido do que o tempo no mundo real.

“… Eu vou te matar se você estiver mentindo.”

“Certo.”

Naquele momento, vimos um sedan de luxo entrar em campo. Boss respondeu aos faróis. Ela se levantou com um leve sorriso no rosto.

“Esconda-se.”

Nós nos escondemos o melhor que podíamos.

Cercado pela escuridão da noite, o sedan deslizou suavemente pelo campo. Logo as portas traseiras se abriram e um homem e uma mulher desceram do veículo.

Boss caminhou lentamente até eles, visivelmente nervosa.

Foi então que recebi a mensagem de Yoo Jinhyuk.

== [Mensagem de Yoo Jinhyuk] ==
[O homem e a mulher são os pais da menina.]

O homem foi o primeiro a encontrar Boss. Ele parou na frente da garota e franziu a testa.

… Eu disse para você não sair.

Eu já conhecia essa parte do passado dela. Estava nas minhas configurações originais.

Por que você está aqui?

Apesar da atitude fria de seu pai, Boss sorriu fracamente. Ela parecia feliz apenas em vê-lo.

… Hum, isso.

Boss tirou algo de seu bolso. Era uma pulseira feita de flores e sombras. Provavelmente ela mesma os fez.

No entanto, seu pai de repente cerrou o punho e…

*Tak!*

… Chutou a pulseira.

… Não preciso de nada feito com esse seu poder maldito, sua aberração.

“Aquele bastardo-“

Eu agarrei o pulso de Cheok Jungyeong e tentei acalmá-lo.

“Shh. É tudo apenas uma realidade virtual de qualquer maneira.”

Naquele momento, sua mãe se adiantou. Ela olhou para Boss com os olhos cheios de desdém e estalou a língua.

Você é mesmo uma criança amaldiçoada. Eu já não te disse para não colher flores! Você não se sente mal pelas flores?

A crueldade deles me fez duvidar se eles eram realmente seus pais.

O casal pisou na pulseira de Boss e se dirigiu ao prédio do berçário. Boss olhou para suas costas enquanto eles saíam.

Mas Boss não chorou. Na verdade, sua expressão permaneceu inalterada. Ela pegou a pulseira do chão e, resmungando – com o estômago vazio, começou a caminhar em direção ao quarto do bebê.

“… Hm.”

“Aqueles desgraçados, vou rasgar seus estômagos e pular corda com seus intestinos…”

“Ugh, fique quieto.”

Eu coloquei minha mão sobre a boca de Cheok Jungyeong e me levantei. Claro que me senti mal, mas isso era apenas realidade virtual. O que aconteceu, já aconteceu.

Nesse momento, recebi outra mensagem.

== [Mensagem de Yoo Jinhyuk] ==
[Descubra de onde seus pais vieram. Você encontrará Yi Yeonjun lá.]

Essas mensagens que Yoo Jinhyuk me deixou foram muito úteis.

*Ssssk—*

“…?”

Foi então.

*Sssk—*

Eu senti uma presença atrás dos arbustos em todo o campo.

Não, não era apenas uma presença.

[Usuário]

Eu vi um marcador – ‘Usuário’.

“… Usuário?”

‘O que é aquilo?’

Eu arregalei meus olhos e ativei meu Dom, [Observação e Leitura].

[Usuário – ID GreasyPaper] 💻

[Tempo de jogo 7.236 horas]

“Por que há um usuário aqui…?”

De repente, uma compreensão me atingiu como se eu tivesse sido atingido por um martelo na cabeça. A ideia que passou pela minha cabeça me deu arrepios.

“Mm. Eu vejo algumas pessoas ali. Eles não me parecem hostis.”

Até a voz de Cheok Jungyeong parecia distante.

Comecei a pensar.

Assim como os cafés de PC, as cápsulas na [Capsule de Mars] usavam uma rede pública compartilhada. E, naquela época, o número de clientes no café era bem superior a 1000.

Então, talvez, quando eu conectei o pen drive à cápsula, todo mundo no café…

“Uh, espere, acho que temos um grande problema.”

Eu cocei minha nuca.

Além do marcador ‘usuário’, a informação sobre ‘tempo de jogo 7236 horas’… Se essa frase fosse verdadeira, significava que havia um problema com o eixo do tempo.

“Uh, eu-“

Só agora eu estava percebendo a escala do desastre que havia causado.

Eu me levantei, amassando meu cabelo.

“… Cheok Jungyeong?”

“Sim.”

“Você vê aquelas pessoas ali?”

“Você quer que eu os pegue?”

Cheok Jungyeong sorriu e eu balancei minha cabeça.

“Não, não pegue, apenas peça educadamente para…”

Cheok Jungyeong já estava correndo pelo campo como uma besta antes mesmo de eu terminar de falar.

——————————————————————————

[Um motel em Suwon Área A]

Era de manhã cedo, o céu brilhando em um azul escuro. Logo o sol nasceria, mas a atmosfera dentro do motel ainda era sombria.

“Eu tenho que sair… eu tenho que sair…”

“Haa…”

Yoo Yeonha estava arranhando a parede em agonia, enquanto Kim Suho e Yun Seung-Ah estavam suspirando ao pensar na 3ª rodada preliminar que começaria 3 dias depois, e Shin Jonghak estava consolando Chae Nayun.

“…”

Chae Nayun não conseguia encarar seus amigos. Ela ainda não tinha certeza do que causou essa situação, mas foi ela quem os empurrou para jogar este jogo.

Chae Nayun deixou escapar outro suspiro. De repente, seu olhar se desviou para Yi Jiyoon, que ainda estava na frente do computador.

“JiYoon, você encontrou alguma coisa?”

“… Mm? Ah não. Estou apenas olhando para blogs e outras coisas.”

“Ah sim?”

‘Blog. Então ela está apenas matando o tempo.’

Quando ela deu outro suspiro, Chae Nayun de repente se lembrou de algo. Um choque elétrico percorreu seu corpo e ela arregalou os olhos.

Blog.

Há muito tempo, as palavras que sua preciosa pessoa havia dito a ela, ainda permaneciam em seu coração.

Vou tirar muitas fotos de você e do seu irmão e postar no meu blog.

Ela podia ouvir aquela voz claramente.

“Ah-!”

Chae Nayun ficou de pé e correu para Yi Jiyoon.

“Mostre-me. Mostre-me!”

“Você me assustou. Qual é o problema…?”

“Apenas me mostre.”

Chae Nayun viu o site do blog na tela do computador.

Ela fechou os olhos e esfregou as têmporas.

Qual era mesmo a ID da mãe?

Ela enterrou a cabeça nas mãos.

‘Acho…!’

“Ah! Campânula!”

“Huh? O que é Campânula– ”

“É um ID! Rápido, pesquise Bellflower!”

Yi Jiyoon inclinou a cabeça em confusão, mas fez o que ela disse. Havia apenas um usuário com o ID ‘Bellflower’.

Yi Jiyoon clicou no link para seu blog sem um momento de hesitação.

“…”

“… Ah.”

Nesse momento, o coração de Chae Nayun parou. E também o de Yi Jiyoon.

“Isto é…”

Uma faixa de lágrimas escorreu pela bochecha de Chae Nayun.

“O que está errado? Chae Nayun, Yi Jiyoon?”

O resto do grupo começou a se reunir em torno do computador também. O primeiro a chegar foi Shin Jonghak, depois Kim Suho, Yun Seung-Ah e, por último, Yoo Yeonha.

Todos ficaram em silêncio ao ver o que estava na tela do computador.

A reação deles foi inevitável.

“…”

[Bellflower] [● Atualmente online]

[Blog da felicidade eterna. Eu escrevo sobre meu filho.]

O blog da Bellflower – estava cheio de fotos do jovem Chae Jinyoon.

“Ah…”, Chae Nayun murmurou atordoado. Lágrimas escorreram de seus olhos e um sorriso triste se espalhou por seus lábios.

“… Eles estão vivos.”

Kim Suho e todos os outros olharam para Chae Nayun. Shin Jonghak estendeu o braço em direção a Chae Nayun, mas Yoo Yeonha o deteve.

“Minha mãe e meu irmão também.”

“… Sim.”

Yun Seung-Ah, que estava ao lado de Chae Nayun, puxou seu júnior em seus braços. Chae Nayun olhou para a foto de sua mãe e seu irmão sorrindo juntos, sua cabeça apoiada no ombro de Yun Seung-Ah.

“Ei Jiyoon, isso tem um recurso de chat ao vivo?”

“Hm? Oh sim, espere um segundo…”

Mas a paz deles não durou muito.

*Chwaaak—*

Fios de prata dançavam silenciosamente do lado de fora das janelas do motel. Os fios quebraram as janelas em um movimento rápido e se espalharam por toda a sala.

“O que.”

O grupo rapidamente pegou suas armas, mas era tarde demais.

“Shh. Não se mexa. Este é um jogo, não realidade. Se você se mover, não terei escolha a não ser tirar sua vida.”

Uma voz ameaçadora atingiu seus ouvidos e o fio afiado parou bem na frente de seus pescoços.

“… Isto”

Mas Kim Suho já tinha visto esses fios de prata antes.

Ele cerrou os dentes e olhou para a janela quebrada. Um homem coberto com um manto da cabeça aos pés estava encostado na moldura da janela.

“Você é…”

Kim Suho conhecia esse homem. Seus olhos e sua constituição eram mais do que familiares.

Eles eram inimigos desde que se conheceram na Torre dos Desejos.

‘Prata – Kaita’ foi a única pessoa que usou fios de aço como sua arma principal.

“Muito tempo sem ver, Kim Suho.”

Kaita sorriu afetadamente. O marcador [usuário] estava flutuando acima da cabeça de Kaita.

“… É você quem está por trás de tudo isso?”

Kaita encolheu os ombros ao olhar ameaçador de Kim Suho.

“Não. Veja, eu não tenho ideia do que está acontecendo também, então não me olhe assim. Afinal, estou aqui apenas para ajudar. Vocês nem sabem do que se trata esse jogo, certo?”

*Tap— Tap—*

“Para sua informação, existem pelo menos 1500 outros usuários aqui além de você e eu. Existem 300 em Suwon, e cerca de 50 deles estavam atrás de vocês até agora”, explicou Kaita. Ele então se sentou na cama mais próxima e continuou: “Mas todos os 50 deles fugiram por minha causa! Eu ajudei vocês, entendem? Agora pare com esses rostos.”

Shin Jonghak, Chae Nayun, Kim Suho, Yoo Yeonha, Yun Seung-Ah, Yi Jiyoon.

No centro do olhar feroz dos seis Heróis, Kaita sorriu.

“Vou tomar isso como um não. Devemos continuar a conversa neste estado então?”


[Dilsinxyz: Opa o/]

The Novel's Extra - Capítulo 311
The Novel's Extra - Capítulo 313
COMPARTILHAR
Preguiçoso, viciado em novels e apaixonado por músicas acústicas/instrumentais...