The Novel’s Extra – Capítulo 258

295
The Novel's Extra - Capítulo 257
The Novel's Extra - Capítulo 259

Tradução: Conde | Revisão: Dilsinxyz


Um novo episódio (1)

[Aposentos de Orden]

Bem no coração do reino de Orden, ele sentou-se em um trono na frente de seus subordinados leais.

“Um intruso entrou na Barreira de Tempo.” O servo ajoelhado do rei relatou.

“Então, outra mosca entrou na armadilha.”

“Não dessa vez. O intruso parecia saber como funcionava a barreira do tempo. Se o deixarmos em paz e ele destruir a barreira, as almas que aprisionamos escaparão. Precisamos fazer algo sobre ele.”

Ouvindo isso, o rei olhou para os servos ajoelhados em uma fila à sua frente. Kurukuru, Lacor, Veritas, Garimto… Se ele quisesse, ele poderia simplesmente fazer seus servos leais aniquilarem os intrusos arrogantes.

“…Eu vou tratar disso.”

Mas antes que o rei pudesse dizer qualquer coisa, um humano falou.

Os servos do Rei olharam para o humano com descontentamento. No entanto, o humano não mostrou nenhum sinal de medo. Na verdade, o humano bufou e falou novamente de uma maneira mais confiante.

“Eu vou derrubá-lo.” As palavras de Jin Sahyuk colocaram um sorriso no rosto de Orden.

“Você poderia?” Orden perguntou.

Jin Sahyuk acenou com a cabeça com confiança, “Claro.”

Depois de sua luta com Bell não muito tempo atrás, ela se juntou a Orden. Claro, isso não significava que ela planejava cooperar totalmente com ele.

Ela apenas teve que aceitar um pouco de nojo para evitar o obstáculo de Bell.

“Vou fazê-lo desaparecer de sua vista.”

Ela não estava mentindo. Ela planejava trazer Kim Hajin de volta ao passado de Akatrina, para que ele desaparecesse da vista dos monstros. Embora a oportunidade tenha surgido antes do previsto, ela não se importou de maneira alguma. Ela queria fugir daquele lugar fétido de cheiro de monstros humanóides o mais rápido possível.

“Bom, então você pode fazer isso.”

Orden deu sua aprovação e Jin Sahyuk liberou seu poder mágico com um sorriso. Seu novo Dom, [Manipulação da Realidade], formou um portal.

“Eu estou indo então, seus filhos da puta.”

Ela amaldiçoou os monstros humanóides e desapareceu no portal. Sem surpresa, os servos do rei ficaram furiosos.

“…Meu Rei, por que você aceitou um humano tão atrevido em nossas fileiras?”

“Mate… aquela… vadia…”

“Kururu, kurururu…”

Orden lançou seu poder mágico e suprimiu a insatisfação de seus servos.


[84 dias equivalente a apenas 12 horas no mundo real]

O grupo de Aileen marchou em direção ao castelo à distância.

1 hora, 2 horas, 4 horas, 8 horas… Depois de caminhar muito, perceberam que o ambiente não estava mudando nem um pouco.

“Algo está errado…”

“Hm… Por que não nos dividimos em duas equipes? Temos maneiras de nos comunicar, então deve estar tudo bem.”

A equipe se dividiu em duas por sugestão de Jin Seyeon. Aileen, Jin Seyeon e Shin Jonghak formaram a primeira equipe, enquanto Yi Yongha e Seo Youngji formaram a segunda. Eles decidiram entrar em contato no momento em que encontrassem algo.

O tempo passou.

Um dia, dois dias, três dias, quatro dias, dez dias… e, finalmente, oitenta e quatro dias. O problema era obviamente a comida. O suprimento que trouxeram não foi suficiente para durar três meses. A falta de água era especialmente prejudicial.

No sexto dia, eles decidiram desistir e voltar usando seus Pergaminhos de Retorno.

“P-Por que não está funcionando…?”

Claro, os Pergaminhos de Retorno não funcionaram dentro da Barreira de Tempo. Com a última esperança perdida, o desespero se instalou em seus corações. Aileen, Jin Seyeon e Shin Jonghak caíram no chão em frustração.

Para fazer uma analogia, mesmo uma Ferrari não poderia funcionar sem combustível. Carros melhores também exigiam melhor combustível. Uma vez exaustos, os super-humanos não eram diferentes das pessoas comuns.

Mesmo assim, a morte por desidratação e fome era algo que eles não esperavam. Ninguém pensou que eles iriam encontrar seu fim com fome em vez de batalha…

Conforme o tempo passou e o desespero cresceu, suas mentes entraram em colapso.

… E foi então que aconteceu. Quando estavam prestes a aceitar a morte, eles sentiram uma presença desconhecida se aproximar deles. Eles viraram suas cabeças naquela direção.

Então, eles recuperaram a esperança.

O homem que parecia o vento usava uma armadura que brilhava mais forte do que qualquer coisa que eles já viram antes.

“Hã…?”

“O que é isso?”

Era Kim Hajin. Olhando para seu rosto, as três pessoas piscaram sem expressão. Eles mal tinham forças para falar.

Kim Hajin caminhou até eles e disse enquanto entregava garrafas de água.

“Levantem-se.”

Essas duas palavras foram talvez as palavras mais legais que Aileen, Jin Seyeon e Shin Jonghak ouviram em suas vidas.


Eu primeiro dei a eles água.

*Gulp— Gulp—*

Depois de vê-los engolir, comecei a cozinhar. Como eles passaram fome por muito tempo, fiz uma sopa. Mesmo os super-humanos teriam problemas para digerir comida nesse estado.

Poucos minutos depois, os três pobres se aproximaram de mim.

“…Feito.”

““ “Ooooh.” ””

Primeiro, dei uma tigela para Shin Jonghak. Sua beleza usual se foi, substituída pela aparência de um vagabundo.

“….”

Mas Shin Jonghak apenas olhou para mim sem pegar a tigela de sopa. Ele estava estalando os lábios, mas parecia envergonhado demais para aceitar.

“O que você está esperando? Se você não quer, saia do caminho.”

Quando Aileen tentou empurrá-lo, ele finalmente pegou a tigela. Então dei a Aileen e Jin Seyeon suas tigelas também.

Três minutos depois, eles devolveram suas tigelas vazias.

“Aah… Kuhum, então, como você soube que deveria vir nos salvar?”

Aileen, que lambeu tudo da tigela, olhou para mim com uma expressão de pesar. Eu disse a ela a desculpa que preparei de antemão.

“Estou aqui há um tempo.”

“Oh…”

“Como esperado do famoso Fenrir. Admiro você, Sênior.”

Aileen e Jin Seyeon reagiram. Eles sinalizaram para que eu enchesse suas tigelas.

“…Senior?”

“Você não disse que estava aqui antes de nós? Isso o torna nosso sênior. Obrigado, Sênior, obrigado.”

Os olhos de Jin Seyeon estavam cheios de emoções. Ela parecia pronta para se prostrar e beijar meus pés. Parecia que era mais difícil do que eu pensava.

Olhei para Shin Jonghak para ver se ele queria outra tigela também.

“Hrp, hrp…”

Ele estava lambendo sua tigela. Ele estava de costas para mim, mas eu poderia dizer pelo som que ele fazia e a maneira como seus ombros saltavam para cima e para baixo.

Peguei a tigela de suas mãos.

“A-Ah! O-o que você quer!? Devolva!”

“Você terminou, nossa. Você pode ter uma segunda.”

Enchi todas as três tigelas e as devolvi.

“…Eu não preciso da sua ajuda.”

Mas Shin Jonghak era obstinado. Seus olhos estavam fixos na tigela de sopa, mas sua boca me rejeitou.

*Whoosh, whoosh.*

Tentei sacudir a tigela na frente dele. Os olhos de Shin Jonghak seguiram a tigela como se ele estivesse encantado.

“… Ssp, ssp, sssssp.”

“Tem certeza de que não quer? Eu posso ver você salivando.”

Quando perguntei novamente, Shin Jonghak murmurou baixinho.

—…Hoje, só por hoje, preciso que você seja meu cozinheiro.

Eu sorri e entreguei a ele a tigela. Depois, cozinhei um pouco de carne e até lhes dei poções que aumentaram sua vitalidade.

“Ah… você nos salvou. A propósito… você tem sobremesa~? Só estou me sentindo um pouco tonta… ah, vou cair… eu, acho que preciso de um chocolate para me curar…”

“Obrigado, devo minha vida a você. Pegue meu kowtow💻…”.

“… Como você soube nos encontrar aqui? Você também não poderá sair.”

Aileen, Jin Seyeon e Shin Jonghak disseram, respectivamente.

Eles realmente tinham personalidades únicas.

Com um sorriso irônico, dei um chocolate para Aileen.

“Obrigado… nyam.”

Ao ver o chocolate, Aileen corou e sorriu timidamente.

Eu perguntei a ela: “Como você caiu em uma armadilha no momento em que chegou?”

A expressão de Aileen se contorceu em uma carranca, “Eu não sei. Estou me perguntando a mesma coisa. Acabei de me teletransportar para as coordenadas que recebi dos superiores.”

Coordenadas de superiores. Eu podia sentir onde estava o problema.

“… Quem elaborou o plano?”

“Hm? Oh, nosso líder cabeludo discutiu coisas com a Associação para o plano.”

“Líder?”

“Sim, o nome dele é Park Hanho. Você já ouviu falar dele, certo? Ele é o presidente do Templo da Justiça. Você deveria ter visto o nome dele nos livros.”

Eu percebi quem era o traidor.

Park Hanho. Seu nome foi mencionado na história original e embora ele nunca tenha desempenhado um papel importante, ele não era o presidente do Templo da Justiça à toa.

Na [Lista de Potenciais] que criei para anotar os níveis de poder dos personagens, Park Hanho estava em…

[Park Hanho 9.45 / 9.45]

Uma pontuação de potencial máxima.

Esse número foi um pouco maior do que a avaliação [9,4 / 9,55] que dei a Aileen.

“….”

Minha expressão endureceu. Vendo isso, os outros três poderiam supor o que aconteceu.

“Você quer dizer que Park Hanho nos traiu?” Perguntou Aileen.

Eu balancei a cabeça calmamente, “Se aqueles que executaram o plano não fizeram nada de errado, então deve ser a pessoa que formou o plano que o fez.”

“Mas Park Hanho não tem um motivo. Eu o conheço bem, e ele…”

“Não.”

Aileen interrompeu Jin Seyeon. Seu rosto estava mais sério do que nunca.

“Agora que penso nisso… Aquele velho, a filha dele morreu recentemente.”

“Perdão?”

“Eu também vi algo.”

Aileen lembrou-se de Park Hanho conversando com o alto escalão da Associação. Ele estava gritando com eles, dizendo que sua filha precisava da Autoridade de Cura, mas o escalão superior não atendeu ao seu desejo.

Park Hanho tinha uma cara assustadora quando desligou a ligação e sua filha morreu um mês depois de sua doença.

“Dizem que Orden cutuca as fraquezas das pessoas. A filha dele morreu, então… seu motivo é claro.”

“ Ele se juntou a Orden para trazer os mortos de volta à vida? Que tolice.” Shin Jonghak comentou friamente.

Eu não discordo dele.

“De qualquer forma…” Eu dei a eles minha bolsa, que estava cheia de comida.”Fique aqui até sabermos com certeza o que está acontecendo. Pode ser perigoso sair.”

Agora que eu sabia quem era o suspeito, poderia pedir ao [Livro da Verdade] para confirmá-lo. [Quem é o traidor?] Era uma questão muito ampla para trabalhar com apenas cinco faixas de estigma, mas [Park Hanho se juntou a Orden?] Deveria funcionar.

Aileen resmungou tristemente: “Não é como se tivéssemos escolha. Não há como sair deste lugar.”

“Isso é bom. Vou enfraquecer a barreira.”

A primeira equipe de assassinato estava destinada ao fracasso. O mais importante era descobrir quem era o traidor.

“Enfraquecer? Como?”

“Eu vou te contar sobre isso mais tarde. Por enquanto, temos que encontrar Yi Yongha-ssi e Seo Youngji-ssi.”

Foi então.

*Guooo—*

O poder mágico cintilou à distância. Rapidamente nos levantamos e erguemos nossa guarda.

No ar vazio, o poder mágico se reuniu e formou um portal oval. Logo, uma pessoa saiu de lá.

Não, era uma pessoa segurando duas pessoas.

A pessoa era Jin Sahyuk, e as duas pessoas em suas mãos eram Seo Youngji e Yi Yongha.

“…!”

Nossos olhos se arregalaram. Jin Sahyuk zombou enquanto segurava Yi Yongha e Seo Youngji meio mortos.

“Ei.”

“….”

“V-sua vadia louca! Solte-os!”

“Quem é Você!? Revele sua identidade!”

Eu permaneci em silêncio, mas Aileen e Jin Seyeon reagiram fortemente. Eles pareciam prontos para atacar Jin Sahyuk a qualquer momento.

“Eu vou matá-los se você chegar mais perto. Principalmente você, anã. Vou matá-los no momento em que você abrir a boca.”

Mas Jin Sahyuk os parou com uma única frase. Ela formou uma lâmina com seu poder mágico e apontou para Yi Yongha e Seo Youngji.

“Sua vadia… quem você chamou de anão…?”

“Eu não tenho nada que fazer com vocês, idiotas, então fujam. Ei, Kim Hajin.”

Jin Sahyuk me chamou e eu a encarei silenciosamente. Eu empreguei o poder mágico do Estigma no olhar penetrante do meu Olhos de Mil-Milhas.

“Kuek.” Jin Sahyuk se encolheu. Ao mesmo tempo, suor frio se formou em sua testa. Eu estava evocando o trauma dentro dela. Se eu continuasse por mais um pouco, ela poderia até desmaiar sozinha.

“Ah, foda-se…!”

Ela alcançou crescimento em seu estado de existência sem eu saber? Jin Sahyuk lançou seu poder mágico e superou meu olhar.

“Seu filho da puta, se você não quer que esses dois morram, pare com esse olhar…!”

Isso é o que Jin Sahyuk disse, mas eu sabia que ela não era o tipo de matar reféns. Vitórias covardes iam contra seus princípios.

Sorri e disse provocativamente: “Você está fazendo reféns agora? Você realmente atingiu o fundo do poço. Achei que você pudesse se tornar pelo menos um pouco como um ser humano. Acho que deveria ter matado você naquela época, afinal.”

Imediatamente, vasos sanguíneos pipocaram no rosto de Jin Sahyuk. Ela ficou genuinamente furiosa. Ela olhou para mim, que zombava de seus princípios.

Claro, sua hostilidade não fez nada para me encolher.

“Cale a boca e venha aqui antes que eu os mate.”

“Por que, você não pode me matar?”

“… Cale a boca antes que eu a rasgue pra você.”

“Bem, certo, vou passar por cima, então tente rasgá-lo.”

Fui até ela de uma maneira relaxada, o tempo todo preparado para ativar minha habilidade única a qualquer momento.

Um passo, dois passos, três passos…

Quando apenas três passos restaram entre nós, Jin Sahyuk de repente tirou algo de seu bolso. No começo, pensei que fosse uma bomba.

“O quê…!”

Assustado, ativei [Destino].

No entanto, o que ela tirou não foi uma bomba, mas um cristal que irradia luz azul.

Meus olhos, que agora tinham a função de meu laptop, me mostraram a descrição do item.

[Fragmento Continental]
— Você pode usar este fragmento para retornar ao Passado Registrado – Akatrina durante a época do Ano Continental 555.

“Ah, espere, isso é-“

Tentei impedi-la, mas era tarde demais. Jin Sahyuk infundiu seu poder mágico no cristal azul, e o cristal explodiu.

*KWANG—!*

O poder mágico condensado dentro do cristal foi inundado. A enorme torrente engolfou Jin Sahyuk e eu, bem como todos os outros na área.


“Ah…”

Jin Sahyuk abriu os olhos. Ela se sentiu tonta e um tanto grogue. Ela olhou para o céu familiar. Duas luas e estrelas parecidas com joias estavam lindamente dispostas na tela em branco.

“Onde estamos…?”

“Não é óbvio?”

Uma voz respondeu a ela. Assustada, ela se levantou. Um homem estava sentado na grama.

“O passado gravado.”

Dentro da escuridão, seus olhos um tanto tristes olharam para o céu.

“Ano Continental 555, 8 de março.”

Kim Hajin voltou o olhar para baixo. Seus olhos, tingidos de poder mágico, brilhavam como gemas. A figura de Jin Sahyuk refletiu em sua retina azul.

“É o seu reino.”

“….”

Suas palavras instantaneamente organizaram os pensamentos caóticos de Jin Sahyuk.

Ela disparou. Duas luas, incontáveis ​​estrelas e pingentes de gelo pendurados em cada árvore. Este lugar era, sem dúvida….

“…Akatrina.” Jin Sahyuk murmurou atordoada.

A casa para a qual ela queria voltar. Memórias da época em que ela governou Plerion enquanto era rainha ressurgiam em sua mente.

“Se você se lembra, levante-se.” Kim Hajin suspirou e se levantou. Ele realmente parecia estar familiarizado com este mundo.

“…O que?”

“Eu disse, levante-se.”

Ele parecia ter um destino em mente, e Jin Sahyuk o encarou intensamente.

“Kim Hajin, não é hora de você revelar sua identidade-“

“Cale a boca e me siga.”

“…O que?”

“Não é nada demais.”

Kim Hajin coçou o pescoço. Embora ele estivesse a uma distância semelhante ao cristal que explodiu na mão de Jin Sahyuk, ele foi capaz de acordar mais cedo graças ao Orbe da Regeneração que mantinha em seu bolso.

Jin Sahyuk ainda estava inconsciente quando Kim Hajin acordou e ele teve três horas para pensar por si mesmo.

“… Temos que limpar a missão.”

“O-o que você está falando?”

“O que você quebrou foi uma Torre de Cristal. Antes de limparmos a missão, não podemos sair daqui.”

Kim Hajin olhou para o céu com uma expressão preocupada. Diante de seus olhos havia informações bastante complicadas.

[Problema]
— O mundo natal de Jin Sahyuk e Kim Suho, Akatrina, não é mencionado o suficiente.
[Alterar]
— Muito fortalecido o poder do Fragmento Continental.
— Adicionou um novo episódio de Akatrina para preencher a história apressada.
— Recompensas adicionadas ao novo episódio.
[Lista de recompensa]
— Itens que podem ser encontrados no decorrer da história.
1. Lupa misteriosa
2. Caneta mágica onipotente
3. Cristal purificador
4. ???
[Condição de falha – morte de Jin Sahyuk]

A voz de Jin Sahyuk cortou os pensamentos de Kim Hajin.

“Do que você está falando?”

“….”

Mas Kim Hajin a ignorou. Ele entrou no campo de grama à sua direita. Jin Sahyuk o observou sem expressão.

“Aquele cara….”

Kim Hajin avançou como se soubesse para onde estava indo. Ele não estava confuso ou nervoso. Ele simplesmente seguiu seu caminho como se estivesse dando um passeio no parque de seu bairro.

Vendo isso, Jin Sahyuk teve certeza de suas suspeitas.

Independentemente de quem ele realmente era, Kim Hajin tinha que ser de Plerion. Em outras palavras, ele tinha que ser dela, pois ela era o rei de Plerion.

Quando ela pensou sobre isso, sua expressão endureceu.

… No entanto, os pensamentos de Kim Hajin eram um pouco diferentes.

[Livro da Verdade – Mapa do Continente Akatrina]

“Mm.”

Ele criou um mapa usando o Livro da Verdade. Este mapa era mais confiável do que alguns dos mapas que Akatrina tinha.

“Kuhum.”

Jin Sahyuk perseguiu Kim Hajin.

Os dois caminharam por muito tempo em silêncio.

Jin Sahyuk ficou sentimental ao ver seu mundo natal e triste por saber que era apenas uma ilusão.

Os dois caminharam pelo campo em silêncio.

Kim Hajin não hesitou, sabendo para onde estava indo, e Jin Sahyuk o seguiu confusa.

“… Ah, aí está—! ‘

Logo, eles encontraram um castelo.

Jin Sahyuk gritou de surpresa.

“O Palácio Real!”

Kim Hajin parou e olhou para ela. Logo, ele sorriu friamente.

“Palácio Real uma ova.”

“…O que?”

“Esse é o Castelo Schupert. Estamos longe do Palácio Real.”

“…Hah?”

Jin Sahyuk franziu as sobrancelhas e olhou para o castelo mais uma vez.

Na verdade, era diferente do Palácio Real em suas memórias. Era muito menor mesmo à primeira vista.

“…Kuhum.”

Jin Sahyuk calou a boca e seguiu atrás de Kim Hajin. Seus ombros normalmente estreitos pareciam largos hoje por algum motivo.

‘Haa…’ Jin Sahyuk suspirou interiormente e ponderou, ‘Eu estava certo. Kim Hajin era um cidadão de Plerion. Mesmo que ele não fosse Kindspring, ele era, sem dúvida, um dos meus homens… ‘

Naquele momento, Kim Hajin virou-se e encarou Jin Sahyuk. Jin Sahyuk congelou de surpresa.

Kim Hajin falou: “Depressa, idiota. Pare de ser um incômodo. Tsk, tão inútil.”

“Uh… hein?”

O murmúrio de Kim Hajin ecoou no coração de Jin Sahyuk.

The Novel's Extra - Capítulo 257
The Novel's Extra - Capítulo 259
COMPARTILHAR
Preguiçoso, viciado em novels e apaixonado por músicas acústicas/instrumentais...