The Novel’s Extra – Capítulo 249

501
The Novel's Extra - Capítulo 248

Tradução: Conde | Revisão: Dilsinxyz


O Fim da Torre (5)

— Nayun, seu pai estava com medo que você descobrisse sobre o segredo de Jinyoon. É por isso que ele escondeu seu cadáver de você.

Kim Joongho mostrou o cadáver de Chae Jinyoon para Chae Nayun. O cadáver foi mantido em um caixão de gelo, que Kim Joongho disse ser um artefato mágico usado para preservar cadáveres. Embora o cadáver não tivesse cabeça, Chae Nayun poderia dizer que era Chae Jinyoon.

Olhando para o cadáver de Chae Jinyoon, Chae Nayun apertou o peito. Ela estremeceu do fundo de seu coração.

— Jinyoon já estava envolvido em um grande mal. Seu braço direito é a prova.

Kim Joongho apontou para o braço direito de Chae Jinyoon, que agora estava totalmente preto. A energia demoníaca em seu braço direito não diminuiu mesmo depois de sua morte e continuou a ondular ameaçadoramente no caixão de gelo.

—….

Chae Nayun não conseguiu dizer nada.

Chae Jinyoon, seu amado irmão mais velho, era um demônio? Quem poderia acreditar em uma história tão ridícula?

Confrontado com a verdade insuportável, Chae Nayun agonizou de dor. Sua cabeça doía, como se alguém estivesse batendo-a com um martelo.

Kim Joongho esperou muito tempo para que ela se acalmasse.

-… Então, o quê, o que aconteceu?

Chae Nayun chorou por um longo tempo e finalmente reuniu coragem para perguntar. Kim Joongho ficou pensando. ‘Ela seria capaz de lidar com a verdade?’

— Conte-me.

No entanto, a voz de Chae Nayun carregava uma forte determinação. Ela havia varado a dura cordilheira, derrotado monstros cruéis e até mesmo persuadido um herói parte das Nove Estrelas, ‘Espirito de Aço’, para chegar a este lugar.

Era tudo para descobrir a verdade.

—…Entendido.

Kim Joongho assentiu. Ele sentia que não devia esconder nada da garota que agora se tornara uma adulta.

—… Eu não sei quem matou Jinyoon. Mas essa pessoa deve saber que um demônio estava dentro do corpo de Jinyoon. Afinal, ele precisaria preparar uma arma apropriada para matar um demônio.

Chae Nayun ouviu Kim Joongho atordoado. Sua voz clara soou em seus ouvidos.

—E … Jinyoon deve ter aceitado sua morte também.

Mas Chae Nayun não podia aceitar isso. Ela olhou para Kim Joongho e gritou.

—C-Como você sabe disso!?

‘Oppa prometeu estar ao meu lado para sempre, jurou que nunca me deixaria, foi graças a ele que voltei viva e vivi depois da morte da mamãe…’

—C-Como alguém poderia…

Chae Nayun perguntou enquanto chorava.

—….

Kim Joongho não disse nada. Ele simpatizou com Chae Nayun.

Como um pai que perdeu sua amada esposa e filha e como um patologista forense que tinha orgulho de seu trabalho, Kim Joongho apontou para o ombro direito de Chae Nayun.

— Há um ditado que diz que os mortos não falam. Isso é falso. Um cadáver tem mais histórias para contar do que você pensa.

Os olhos de Chae Nayun também caíram sobre o corpo de Chae Jinyoon. Os músculos da região do ombro conectados ao seu braço direito diabolizado estavam completamente mortos.

— Sua omoplata está quebrada e os músculos dela estão completamente destruídos. Esta é uma lesão resultante da vontade de Chae Jinyoon, sua tentativa de impedir o movimento de seu braço direito.

Kim Joongho continuou solenemente.

— Eu só posso imaginar a grande força de vontade que Jinyoon deve ter tido. Ele não cedeu ao mal e resistiu até o fim… Isso é o que isso significa.

… Os joelhos de Chae Nayun dobraram e ela caiu no chão.

Ela estendeu a mão para o cadáver de Chae Jinyoon enquanto chorava, mas o caixão de gelo a impediu de tocá-lo. A frieza do gelo a fez chorar ainda mais alto.

— Isso também mostra que quem matou Jinyoon hesitou muito. Como eu disse antes, não sei quem matou Jinyoon. Mas se ele não hesitasse, Jinyoon não teria recebido tal lesão.

Com isso, Kim Joongho colocou uma jaqueta sobre Chae Nayun. Embora tenha sido forçado a se esconder nesta montanha por causa de Chae Joochul, ele não odiava a neta de Chae Joochul por isso.

— Chae Jinyoon e a pessoa que o matou. Suspeito que eles também sentiam dor.

Chae Nayun chorou enquanto segurava Chae Jinyoon em seus braços. Suas lágrimas caíram no caixão e congelaram. Seus arrependimentos, ressentimentos e tristezas se juntaram para formar um cristal de gelo frio.

———————————————————————————————————

“… Nayun, Nayun! Você está bem?”

Yoo Yeonha correu rapidamente para a entrada da frente de sua mansão. Chae Nayun estava sob a chuva torrencial. Yoo Yeonha tentou deixá-la entrar.

“Você já sabia?”

No entanto, Chae Nayun não se moveu um centímetro. Ela perguntou enquanto encarava Yoo Yeonha. Seu cabelo molhado e desgrenhado tampava seus olhos.

Yoo Yeonha ficou chocada, mas ela rapidamente recuperou a compostura e agarrou o pulso de Chae Nayun.

“Primeiro, entre.”

“Não.”

Chae Nayun puxou sua mão.

“Estou perguntando a você, Yeonha… se você já sabia.”

“….”

A voz trêmula de Chae Nayun tocou o coração de Yoo Yeonha. Yoo Yeonha olhou para Chae Nayun com os olhos baixos. Chae Nayun estava chorando, suas lágrimas escorrendo junto com a chuva.

“… Sim.”

Yoo Yeonha acenou com a cabeça. Ela queria fingir que não sabia. Muitas desculpas surgiram em sua cabeça, mas ela as deixou de lado. Ela não queria cometer o mesmo erro que fez com Kim Hajin. Ela queria reconhecer a verdade, não dar desculpas.

“Se você sabia, por que não disse nada?”

“… Nayun.”

O corpo de Chae Nayun começou a tremer violentamente. Yoo Yeonha primeiro formou um guarda-chuva com seu poder mágico e parou a chuva torrencial. Chae Nayun então enterrou o rosto no peito de Yoo Yeonha.

“Por que você não me contou? Por quê? Eu, eu sinto que vou morrer agora…”

“… Nayun.”

Yoo Yeonha deu um tapinha nas costas de Chae Nayun e continuou tristemente.

“Sinto muito… vou… explicar tudo…”

‘Já que Nayun reuniu coragem para buscar a verdade, era hora de eu contar tudo a ela. O fato de Kim Hajin ser um Returner💻, o relato completo do Incidente de Kwang-Oh e como essa pessoa morreu.’

“Então, primeiro… entre.”

Yoo Yeonha gentilmente conduziu Chae Nayun para dentro da mansão.

———————————————————————————————————

… Em um mundo distante em um plano diferente do da Terra.

O continente Akatrina era o lar de nove nações: quatro reinos, dois principados e três estados insulares.

Kim Suho nasceu na periferia do Reino de Plerion, a nação mais poderosa entre eles. Não, talvez ele tenha nascido em outro país. Sua origem exata era desconhecida, pois ele era uma criança abandonada pelos pais.

Os pais sem nome e sem rosto abandonaram seu filho em um templo remoto do Reino de Plerion. Neste templo pobre e rural, a criança cresceu saudável e feliz.

Sob as palavras amáveis ​​e ensinamentos afetuosos dos sacerdotes do templo, a criança foi capaz de despertar seu Dom da Espada Santa. 💻

Quando ele tinha quatro anos, ele aprendeu a esgrima básica amplamente difundida no continente, e quando ele tinha cinco anos, ele sozinho derrotou três kobolds que se esgueiraram para dentro do templo.

Os padres não queriam que uma criança tão talentosa apodrecesse em um templo rural. Eles juntaram o pouco dinheiro que tinham e o enviaram para a capital do reino. Com a ajuda deles, a criança foi capaz de se tornar um aprendiz de cavaleiro dos Cavaleiros Reais aos seis anos.

No entanto, a história da criança acabou aí. Foi porque a vida no continente Akatrina foi extinta apenas quatro anos depois.

“… Ah.”

Kim Suho abriu os olhos com nostalgia. Pareceu que ele adormeceu depois de mandar Kim Hajin embora.

Já fazia um tempo que ele sonhava com sua terra natal. A infância feliz que passou no templo e o maravilhoso palácio real que viu passaram diante de seus olhos.

“Huu…”

Um suspiro saiu de sua boca naturalmente.

Hoje, ele conversou com Kim Hajin sobre seu passado.

O mundo em que ele vivia, a calamidade conhecida como ‘Transformação do Reino Demoníaco’ que se abateu sobre seu mundo, a morte que ele enfrentou quando tinha apenas 11 anos de idade e acordou como ‘Kim Suho’ em um mundo chamado Terra.

Kim Hajin acreditava no que poderia ser facilmente interpretado como uma mera fantasia.

“Eu não deveria ter contado a ele…?”

Kim Suho se sentiu renovado, mas também arrependido.

Ele nunca planejou viver sua vida sem contar a ninguém sobre isso. Mas ele queria ser um bom filho para seus pais atuais. O Kim Suho original havia morrido em uma idade jovem e a alma do Kim Suho atual assumiu o controle de seu corpo. Seus pais não sabiam disso, é claro, mas Kim Suho estava grato pelo amor que recebeu deles.

Kim Suho cerrou os punhos e olhou para o teto.

‘Transformação do Reino Demoníaco.’

A tragédia causada por esta calamidade ressurgiu no teto branco.

A transformação do Reino Demoníaco começou na região central do continente. Ele corrompeu o solo, matou o gado e poluiu a água para impedir que os humanos vivessem. ‘Demônios’ não precisavam participar. Cinco das nove nações caíram de uma fome sem precedentes e as quatro nações restantes travaram guerras entre si para roubar alimentos.

Foi a guerra mais sangrenta e mais longa da história do continente, que acelerou a queda do continente em pelo menos 50 anos.

“… Você está acordado.”

Naquele momento, uma voz fria o acordou. Kim Suho se virou e viu a Bruxa encarando-o. Kim Suho perguntou a ela.

“O Rei Demônio está aqui?”

A Bruxa assentiu silenciosamente.

Kim Suho ergueu seu corpo e infundiu poder mágico no equipamento que Kim Hajin fez para ele. O equipamento ressoou com seu poder mágico e grudou em seu corpo. Até a Bruxa ficou surpresa com o equipamento de batalha que adornava Kim Suho.

“Me siga.”

“Sim.”

Kim Suho seguiu a Bruxa até o corredor. Enquanto caminhava pelo longo caminho de seda, ele começou a fazer as perguntas que tinha em mente.

“… Eu tenho uma pergunta que quero fazer.”

“Continue.”

A Bruxa respondeu imediatamente.

“Você já ouviu falar da transformação do Reino Demoníaco?”

“É o fenômeno no qual o território humano se transforma no Reino do Demônio 💻. A transformação utilizada pelo Rei, Reino Demoníaco, se estende até o 16º andar. Se não houver mais desafiadores dignos de sua atenção, ele planeja expandir ainda mais essa gama.”

“… Então acho que tenho que vencer.”

A Bruxa não reagiu de forma alguma ao comentário ousado de Kim Suho.

“Kuhum, na verdade, há outra pergunta que quero fazer.”

“…Continue.”

A Bruxa estreitou os olhos. Kim Suho caminhou olhando para frente e perguntou.

“A transformação do Reino Demoníaco… acontecerá na Terra?”

“Sim.”

A Bruxa respondeu com uma voz monótona. Ela fez soar como se fosse a coisa mais natural.

Kim Suho cerrou os dentes. A resposta da Bruxa era aquela que ele esperava ouvir. Afinal, Torres e Masmorras eram arautos da Transformação do Reino Demoníaco. Foi o mesmo para seu mundo natal, Akatrina.

Kim Suho acenou com a cabeça calmamente.

“Entendi.”

“….”

A Bruxa olhou para Kim Suho e perguntou.

“Você planeja parar?”

Tendo recebido uma pergunta com uma resposta tão óbvia, Kim Suho caiu na gargalhada. Esta foi a sua maneira de responder a ela.

“Claro.”

Essa resposta não veio de um senso de dever arrogante de que só ele era capaz de impedir o fim do mundo.

Ele simplesmente queria proteger as pessoas preciosas para ele, o mundo em que ele cresceu e os sentimentos que ele amava. Esperando que este lindo mundo azul não acabasse como sua antiga casa, ele planejou arriscar sua vida para protegê-la.

“….”

A bruxa não respondeu. Seus passos pararam logo depois. Eles chegaram na frente de uma porta enorme.

Kim Suho estava um passo atrás da Bruxa. A Bruxa se virou e olhou para o Herói. O herói também olhou para a bruxa.

“… Entre. Estarei observando para ver quanto tempo você pode durar.”

“OK. Você pode esperar por isso. ”

Kim Suho sorriu brilhantemente. A Bruxa o encarou por um longo tempo antes de assentir.

… Só para constar, na história original que Kim Hajin escreveu, a Bruxa se apaixonou por Kim Suho.

———————————————————————————————————

[Ásia Central – Base da Trupe Camaleão]

Enquanto isso, voltei para a base de operações da Trupe Camaleão. O lugar parecia muito mais assustador do que eu lembrava. É claro que, em Pandemonium, um edifício que parecia sofisticado e bonito apenas o tornava um alvo para ataques, então o esconderijo estava localizado no subsolo.

“Existem cinco andares abaixo do solo?”

“Sim ~ Este é o seu quarto. Como está a decoração do interior?”

Jain perguntou com um sorriso brilhante.

No momento, estávamos dentro de uma sala chamada ‘Residência Negra’. Simplificando, era o escritório do Lótus Negra.

“É ótimo. Devo trazer a Placa Goblin da caverna?”

“Não, deixe os goblins lá. Usaremos essa caverna como nossa base secundária. ”

“OK.”

Kiik… Naquele momento, o som de uma porta se abrindo soou. Olhando para o lado, vi um par de olhos nos espiando por trás da porta. Os olhos redondos e pretos obviamente pertenciam a Boss.

“….”

Ela estava procurando por mim enquanto se escondia. Ela então começou a revirar os olhos, como se procurasse por mim dentro da sala. Eu sorri, então me aproximei e abri a porta.

“Ah!”

Boss deu um pulo de surpresa.

Ela piscou os olhos, em seguida, soltou uma tosse seca antes de entrar indiferentemente na sala.

Fiquei feliz em ver Boss depois de muito tempo.

“Já faz um tempo, Boss.”

“…Sim. Você ficou longe por muito tempo.”

“Eu tinha algo para fazer na Torre.”

“… Você só deixou uma carta.”

Eu sorri para a Boss resmungona.

“Venha sentar.”

Eu não sabia exatamente para que servia esse quarto, mas tinha cadeiras e uma mesa. Levei Boss para uma das cadeiras. Boss, que viu Jain, chutou a cadeira em que ela estava sentada.

“Jain, por que você está aqui sozinha sem me dizer?”

“Você disse para não te acordar enquanto estivesse dormindo ~”

“….”

Boss se sentou sem dizer nada em resposta. Eu me sentei ao lado dela. Talvez porque não nos encontrávamos há algum tempo, Boss se desviou para o lado de forma um tanto estranha.

Comecei uma conversa para resolver o constrangimento.

“Como vão as coisas recentemente?”

“O que você quer dizer?”

“Sobre os monstros humanóides.”

“Mm, isso-“

“Ah ~ isso ~?”

Boss tentou dizer algo, mas Jain a interrompeu.

“É uma bagunça. Parece que eles enviaram enviados para a maioria dos grupos Djinn, incluindo a Sociedade Maligna e Servos de Satã.”

“…Hm.”

Até agora, nada era novo. O Monstro Rei Orden desejava conquistar toda a Terra, então ele enviou enviados tanto para humanos quanto para Djinns.

Claro, os humanos não poderiam aceitar a oferta de Orden.

“Além disso, Hajin.”

Boss olhou para mim e disse.

“Sim?”

“Sua vingança está em andamento.”

“Vingança… Ah, ele?”

“Sim, aquele inseto bastardo.”

Boss murmurou com uma voz cheia de raiva.

Na verdade, eu também estava preocupado com Kurukuru. Ele era simplesmente muito poderoso.

“Mas não se esforce muito.”

Eu balancei minha cabeça. Kurukuru era um adversário difícil até para Boss. Na verdade, muitas pessoas não conseguiriam enfrentá-lo facilmente.

“Em vez de se vingar daquele cara, é melhor que Boss fique seguro.”

Eu encarei Boss com um sorriso gentil. Eu fiz isso sem pensar muito, porque eu não a via há algum tempo.

“… S-Sim, o-ok.”

Mas os olhos de Boss começaram a tremer. Sua pele branca ficou ligeiramente corada. Sua reação exagerada me fez pensar…

“Não se preocupe muito com isso, Hajin ~”

Jain interrompeu meu pensamento.

“Colocamos uma maldição sobre ele.”

“Uma maldição?”

“Sim. Lembra do braço que Boss ganhou dele? “

“… Ah ~”

Acabei de me lembrar. O braço direito de Kurukuru. Ou era seu braço esquerdo? Em todo caso, planejava transformá-lo em uma arma.

“Ele provavelmente está morrendo enquanto falamos. No mínimo, ele não será tão rápido quanto antes.”

“Mm, é bom saber.”

Mesmo assim, a ameaça que Orden possuía não diminuiu nem um pouco. Orden era perverso, com certeza.

Ao contrário dos monstros normais, Orden não tentou resolver tudo pela força. Sua arma era sua inteligência astuta e riqueza avassaladora.

Orden possuía todos os recursos da África. Ele era indiscutivelmente o indivíduo mais rico do mundo, e ele usaria isso para obstruir governos, empresas e heróis.

“Oh, eu preciso ir a algum lugar agora.”

Eu lentamente me levantei. Acabei de voltar para a Terra, então tinha muito o que fazer. Por hábito, olhei para o meu pulso esquerdo. No entanto, o smartwatch não estava lá.

“…Oh, certo.”

‘Meu smartwatch queimou quando obtive minha quinta marca de estigma. É estranho não ter isso comigo.’

“Onde você está indo agora? Você acabou de voltar.”

Boss fez beicinho e puxou minha manga.

“Oh, eu tenho trabalho a fazer.”

Não tive tempo a perder. Se Orden mandou enviados, alguns políticos corruptos deveriam ter mordido sua isca.

Comecei a vestir a roupa de Lotus Negra quando Boss perguntou novamente.

“Trabalho?”

“Sim, trabalho.”

Eu planejava descobrir aqueles que traíram a humanidade com o Livro da Verdade e executá-los.

Devo começar com os políticos da Coréia que aceitaram o suborno de Orden. Se deixado sozinho, eu não sabia o que fariam com Kim Suho, que limparia a Torre do Desejo, ou Yoo Yeonha, que estava liderando a Essência do Estreito.

Depois de tirar o lixo, seria a vez de Evandel brilhar.

‘Mas antes disso… eu deveria visitar Yoo Yeonha e comprar um novo smartwatch.’

Planejei meu próximo curso de ação.

“… Eu vou também.”

Boss também se levantou.

“Você fica aqui, Boss.”

“Não, quem sabe quando aquele louva-a-deus irá aparecer de novo.”

“….”

“Maldita louva-a-deus. Eu vou te matar com certeza se você aparecer de novo… ” Boss murmurou sério.

Olhando para a expressão de Boss, eu pensei, ‘… Bem, não faria mal estar com a Boss.’

Eu respondi: “Claro. Fique à vontade.”


[Dilsinxyz: sim, faz um tempo, e talvez os caps voltem a ser postados após o dia 25, o ENEM é dia 24, provavelmente vou revisar vários de uma vez, enquanto isso recomendo assistir alguma serie – eu tinha começado WestWorld, muito bom – ou jogar um Hollow Knight ou algum jogo com uma historia do kct tipo Detroit: Become… No mais espero estejam todos bem, até mais.] 


Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!

The Novel's Extra - Capítulo 248
COMPARTILHAR
Preguiçoso, viciado em novels e apaixonado por músicas acústicas/instrumentais...