The Novel’s Extra – Capítulo 155

370
The Novel's Extra - Capítulo 154
The Novel's Extra - Capítulo 156


Tradução: Sr. Raposo | Revisão: Dilsinxyz


Bilhete de Entrada (2)

A organização privada em 30º lugar do Pandemonium, ‘Cães do Mundo dos Demônios’.
Seu executivo, Kim Goohwan, estava andando caminhando de forma inquieta. Ele estava tão atordoado que nem sabia onde estava. Seu foco estava apenas em seguir o boneco na sua frente e não se desviar do curso.

Depois de cerca de 30 minutos…
*Clunk.*
O boneco parou e apontou para um beco desolado. Kim Goohawn assentiu enquanto respirava fundo.
O boneco logo desapareceu e ele o seguiu pelo beco.
Lá, estava um Portal criado através de poder mágico.

“… Gulp.”

O homem engoliu em seco. Eles estavam além deste Portal. Aqueles que abalaram todo o Pandemonium o aguardavam.
Seu estômago revirava de nervosismo. Arrependimento crescia a medida que seguia em frente.
Ainda assim, cerrando seus punhos ele entrou no Portal corajosamente.

Ele foi capaz de se sentir viajando pelo espaço.

*Chaaa…*
Esse era o som das folhas sussurrando? Ou o som das ondas quebrando?
Seus olhos se abriram em um lugar desconhecido.

“Você está aqui?”

Em um espaço completamente escuro, uma voz excitada soou de uma escadaria dilapidada. Kim Goohwan olhou para cima e avistou uma mulher de características orientais emoldurada por cabelos brancos.
A misteriosa figura cumprimentou-o.

“Olá.”

“S-Sim, é uma honra conhecê-la. Me chamo Kim Goohwan.”

Ele tentou manter a compostura o tanto quanto possível. No entanto, sua respiração começou a ficar áspera enquanto suava em profusão.

“Onde está o item?”

“A-aqui”.

O homem se sentiu tonto como se fosse desmaiar a qualquer momento. Felizmente, ele havia praticado o que dizer e o que fazer mais de cem vezes. Kim Goohwan buscou com sua mão o bolso e tirou um bilhete. Mesmo mantendo respeito, nem uma fraqueza ou submissão apareceram nos seus atos.

“Não.”

“… Perdão?”

No entanto, a mulher não pegou o tíquete.

“Eu não vou pegá-lo. É outra pessoa que quer isso.”

Embora não esperasse por isso, ele rapidamente se adaptou à situação.

“Sim, entendido.”

Disse recuando e aguardou.

“… Oh, lá está ele.”

*Tap, tap.*
Passos ecoaram no espaço vazio.
O executivo voltou seu olhar na direção do som.
De início, ele pensou que uma sombra estava caminhando em sua direção. Mas logo percebeu que era uma figura masculina vestida inteiramente de preto.
Kim Goohwan olhou para o homem com calma.
Ao contrário da mulher, ele não emitia nenhuma aura ou pressão imponente.
Contudo…

“Ouvi dizer que vocês o chamam de Lótus.”

A próxima sentença da mulher fez seu corpo congelar.
Kim Goohwan olhou para o homem ainda caminhando em sua direção e se sentiu incapaz de respirar como se estivesse sufocando.
Uma aura medonha parecia emanar dos seus passos lentos. Claro, era apenas uma alucinação.

Lótus Negra. Aquele que destruíra várias torres e esconderijos com um único ataque e até mesmo assassinou um executivo da Sangue Venenoso, a organização do Pandemonium de classificação 10.

Este homem estava neste momento a apenas 30 cm de distância.
Kim Goohwan sentiu um calafrio percorrer seu corpo.
Ele deveria se apresentar, mas sua boca se recusou a mover.
Embora seu rosto estivesse coberto com uma máscara preta e capuz, seus olhos pareciam atravessar tudo.

“O que há de errado? Ele está esperando.”

“… Ah, s-sim, aqui, aqui está.”

Disse ao sair do seu torpor e o entregou o item.
O homem olhava fixamente para o bilhete e tirou-o das mãos do outro.
Kim Goohwan engoliu em seco e esperou pelo seu próximo movimento.
De repente, a figura levantou a mão.

Ele estava infeliz com alguma coisa?
O outro não conseguia nem fechar os olhos.
Ele estava simplesmente aterrorizado, esperando a mão do homem decapitá-lo…
*Tap.*
O homem colocou a mão no seu ombro.
*Tap, tap.*
Então, lhe deu tapinhas leves algumas vezes. Era quase como se estivesse o elogiando.
Por um momento, Kim Goohwan esqueceu de quem ele era, onde estava e o que estava fazendo.
Depois de mal segurar sua consciência por um longo tempo…
*Paft.*
Ele desmaiou e caiu no chão.

“… O que aconteceu?”

A pessoa mais confusa com isso era a figura que tinha de elogiá-lo.
Kim Hajin.

—————

Depois da troca, voltei ao esconderijo da Trupe Camaleão.

“É isso o que você queria?”

Cancelando seu disfarce, Jain perguntou.

“Sim mas…”

Pensei no homem que acabara de conhecer e que tinha desmaiado por causa de um elogio.
Jain parecia entender minhas preocupações enquanto sorria de alegremente.

“Você pode adicionar isso ao seu currículo.”

“…”

Para ser sincero, minha notoriedade no Pandemonium estava demais.
As pessoas começaram a ficar com medo, especialmente depois de eu ter assassinado o executivo da Sangue Venenoso. Em minha defesa, este executivo não era fisicamente poderoso. Embora fosse decente com magia, a razão de ter se tornado um executivo era pela sua astúcia e inteligência incomum.

“Ah, a propósito, posso entrar na Torre também se tiver um bilhete?”

Ela soava interessado.

“Yep. Você pode usar o bilhete laranja que temos.”

Não doía ter ingressos extras, pois eles então poderiam ser usados de várias maneiras.
A maneira mais óbvia era seria vendê-los. Era possível também passá-los para alguém em troca de se formar aliados dentro da Torre. Além disso, a escassa quantidade de ingressos disponíveis os tornava ainda mais valiosos.

200 brancos, 1000 verdes, 800 amarelos, 500 laranjas, 300 vermelhos, 5 pretos. O número total de pessoas que conseguiriam entrar na Torre era no máximo 3105 pessoas a cada dois meses (cada bilhete vermelho contava como 2 pessoas). Considerando o tamanho da Torre do Desejo, 3105 era algo insignificante.

“Vamos nos ver depois de estarmos dentro?”

“Provavelmente. Não sei com certeza.”

“Isso realmente parece divertido~”

Parecia que ela estava mesmo interessado em ir.
Tirei meu moletom e coloquei o bilhete preto no bolso.

“Então estou indo agora.”

“Vai para casa?”

“Sim.”

“Muito bem~ vou tirar uma soneca então.”

Jain retornou para o seu quarto e eu voltei para Seul pelo Portal de Khalifa.
Mas contrário do que disse, eu não fui para casa. Em vez disso, fui para uma instalação subterrânea localizada no distrito de Seocho.
Este enorme espaço de 650 metros quadrados com alta densidade de mana era uma sala de treinamento que criei para a Evandel. Era um bunker subterrâneo que comprara de algum cara rico.

“Vamos ver… ah, ali está ela.”

Era difícil de enxergá-la já que ela era bem pequena se comparando com o tamanho do espaço.

“Haaah~ Haaaah~!”

Usando um chapéu de mago e segurando uma varinha, ela parecia executar uma rotina de dança rítmica.
Um pequeno exército de fantasmas a seguia sob sua orientação. Um cavalo, um tigre, um crocodilo… espera, esse é um unicórnio? E esse… um velociraptor!

“… Sim, isso que é talento de verdade.”

Eu planejava levá-la para casa, mas ela tinha um novo ‘amigo’ toda vez que vinha visitar. Talvez fosse por isso que era bom expor crianças a filmes e contos de fadas.

“Onda de Honra~”

Evandel estava trabalhando duro por conta própria. Depois de ter começado a assistir PreCure💻 , ela também passara a dar nomes aos seus movimentos.

“Espiral Giratório~”

“…”

“Atiraaaaar—!”

Parecia que eu deveria perguntar exatamente o que ela vinha assistindo.

“Evandel?”

Chamei por ela enquanto me aproximava. Ela parou de treinar e se virou para mim. Seus olhos se curvaram em luas crescentes e veio pulando para mim.

“Hajin~”

“Você se divertiu?”

“Hum!”

“Então deve estar bem cansada.”

Era hora de ir para casa.

“Ainda está tudo bem.”

“Mesmo?”

“Hum!”

Ela sorriu brilhantemente e assentiu.
Parecia que ela gostava de treinar mais do que achei originalmente.
Mas eu também estava sendo pressionado pelo tempo…
Então, lembrei-me do lobo dormindo no meu peito.

“Você pode brincar com o Fenrir por dez minutos. Poderemos sair depois.”

Chamei Fenrir para fora.

“Grrr—”

Fenrir correu com entusiasmo e lambeu a perna de Evandel.

“Meu lobo!”

Como esperado do seu primeiro servo, ele crescerá muito nos últimos três anos.

「Lobo Fantasma」[Servo] [Rank intermediário]
– O primeiro servo criado pela bruxa, Evandel.

▷ Status Básicos.
[Força 9.950]
[Força de mordida 10.850]
[Estâmina 6.535]
[Velocidade 11.550]
[Percepção 11,605]
[Vitalidade 6.750]
[Poder Mágico 7.850]

Como você pôde adivinhar a partir de seus status incríveis, ele não perdia para a maioria dos heróis de baixo-intermediária ~ intermediária classificação.

“Ebebebe, ebebebe.”

“Krrrr, rrrrr.”

Mas na frente de Evandel, ele era apenas um filhotinho gentil.
Vendo eles brincando juntos, ri amargamente.
Uma vez que eu entrasse na Torre do Desejo, não seria capaz de vê-la por, pelo menos, um mês e meio. Porém, eu deveria ser capaz de voltar por 2~3 dias quando o tutorial terminasse…

“Evandel.”

A chamei pelo nome em um tom ligeiramente mais sério.

“Hnn?”

“… Preciso te contar uma coisa.”

Já perguntei aos pais de Haeyeon se eles poderiam cuidar de Evandel por 1 a 2 meses e eles concordaram alegremente.

“A partir de 1º de julho, ficarei fora por um mês.”

“…”

Ela congelou.

“Mas não é nada perigoso. Estarei de volta em breve.”

“…”

Ela não disse nada.
Eu estava preocupado se Evandel fosse chorar pela primeira vez em 4 anos.
Depois de um longo período de silêncio, ela perguntou em vez de chorar.

“… Um mês? 30 dias?”

“Sim.”

“… Eu não posso ir?”

Balancei minha cabeça negativamente em silêncio.

“…”

Evandel mordeu os lábios.
Seus olhos lacrimejaram e seus lábios tremeram. Ainda assim, ela não chorou.

“Voltarei em breve. Você pode pensar nisso como férias de um mês. Enquanto isso, você pode se divertir com Hayang e Haeyeon. Vai poder dormir ou assistir TV até tarde da noite.”

Disse tentando consolá-la. Até a peguei e dei um beijo na sua bochecha. Ou, pelo menos, tentei.

“Nada de barba!”

“…”

Ela me rejeitou, enquanto fazia biquinho e recusava a olhar para o meu rosto.

“Vou fazer a barba amanhã, não, hoje.”

“…”

Seus olhos lacrimejantes viraram para mim.
A única coisa que eu podia fazer agora era sorrir.

—————

2029, meados de maio.

A maior torre da história da humanidade recebera o nome de ’Torre do Desejo’. Ao mesmo tempo, informações sobre ‘ingressos de entrada’ começaram a espalhar rapidamente. Muitas pessoas comuns estavam postando comentários on-line informando que haviam conseguido um desses tíquetes.

A Associação queria estabelecer um sistema para controlar os encontrados por essas pessoas, mas era tarde demais. Não demorou muito para fosse descoberto o valor dos ingressos e começassem a vendê-los on-line.

“… Hm.”

Atualmente, no escritório do líder da equipe da Essência do Estreito, Yoo Yeonha estava olhando para o computador enquanto refletia.
Bilhete de entrada.
Mesmo não sabendo como funcionava, ela tinha certeza que tinha que obter o maior número possível.

“Por que fazer algo tão arriscado?”

Frustrada, ela murmurou com um suspiro.
Muitas pessoas que postaram sobre ingressos online desapareceram. Eles provavelmente tinham sido atacados por Djinns.

“13 devem ser o suficiente…”

Graças à guilda Falling Blossom, 13 bilhetes já haviam sido comprados. O que ela queria agora era informação sobre a Torre. Yoo Yeonha não queria perder preciosos membros de sua guilda para uma Torre desconhecida.

—Toc, Toc.

Naquele momento, alguém bateu à porta.

“Quem é?”

—Líder de equipe Yoo Yeonha, chegou um pacote.

“… Entre.”

A porta se abriu e um funcionário da guilda entrou com uma misteriosa peça de mobília.

“O que é isso?”

“Hum, uma cadeira.”

Realmente era uma cadeira, embora um pouco futurista e estranha. Primeiro, tinha duas pernas em vez das quatro normais e o apoio para costas parecia uma onda gigante.

“Quem mandou isso?”

“É de uh… Kim Hajin-ssi.”

“Kim Hajin…? Ah, sim, é meu presente de aniversário, certo?”

“Ah, sim, é o que diz aqui.”

Uma semana atrás, ela recebera uma mensagem de texto de Kim Hajin dizendo que lhe enviaria um presente de aniversário.

“Ele enviou uma cadeira como presente de aniversário?”

’Um pouco estranho, não que eu tenha algum problema com isso.’

“Obrigada. Você pode voltar.”

“Sim.”

Ela repousou a cadeira e tentou sentar-se nela.

“Não é como se estivessem faltando cadeiras na minha…”

Sua fala parou no meio. Não, ela não podia falar.
Sentindo uma sensação estranha, Yoo Yeonha se recostou na cadeira. Um conforto estranho e indescritível envolveu seu corpo. Era como se a cadeira estivesse abraçando-a com força.

Kwang, Kwang!

“Ei!”

Naquele momento, alguém chutou a porta do escritório.

“Ei, Yoo Yeonha!”

Era Chae Nayun.
Assustada, ela rapidamente se endireitou.

“A-Ah, nossa, eu sou uma líder de equipe sabia!”

Falou gritando para Chae Nayun, que não fazia a menor questão para esse título.

“Oh, desculpe, eu estava com pressa.”

A recém-chegada sorriu ironicamente enquanto coçava a cabeça.

“Nossa… huu. Então, o que foi?”

“Me mande para lá!”

“… Aonde?”

“A Torre! A Torre do Desejo. Ouvi dizer que você tem tíquetes. A guilda pode ficar com o que for que eu trouxer de volta, então me deixe ir.”

“Oh, é sobre isso.”

Yoo Yeonha sabia que gostaria de ir.

“Vamos discutir isso.”

“Oh, o que há com esta cadeira? Parece tão estranho.”

Disse Chae Nayun então sentando-se na cadeira que Yeonha acabara de receber como presente de aniversário.
Yoo Yeonha piscou algumas vezes enquanto a encarava.

“Parece… estranha… mas, uau… isso é… incrível…”

Vendo-a parecendo confortável e feliz, Yoo Yeonha sentiu uma ansiedade até então desconhecida.

“… Ei, levante-se. Isso é meu.”

“Eh? Não é para convidados?”

“N-Não. É uma cadeira preciosa que ganhei de aniversário.”

“Oh”

“Não dá para dizer apenas olhando. Agora, levante-se.”

“…Tudo bem, tudo bem.”

Assim que Chae Nayun se levantou, Yoo Yeonha mudou a cadeira que ela normalmente usava para a de Kim Hajin. Ela não queria esperar e ter que se preocupar com Chae Nayun requisitando pela sua mobília.

—————

2029, início de junho.
Guildas como a Essência do Estreito, a Lua Desolada, Santuário de Gelo e a Graça Sagrada do Criador conseguiram obter bilhetes e começaram a se encontrar para organizarem discussões.
Similarmente ,a guilda da Corte Real também estava em uma reunião.
O tópico do encontro também era a Torre recém-descoberta, mas em comparação com outras guildas, eles estavam em uma posição muito melhor.

“Nós temos um total de sete bilhetes.”

A guilda teve a sorte de obter 10 bilhetes: oito verdes, um laranja e um vermelho.
No entanto, eles venderam seus dois bilhetes sem cor e um verde para os Mercenários da Jeronimo, sobrando apenas sete dos verdes.

O propósito da assembleia de hoje era obviamente decidir quem usaria os ingressos.

Ainda que houverssem muitas ideias, ninguém se voluntariou.
Todos estava secretamente com medo do que estava dentro de uma Torre gigante.
O bilhete de entrada declarava que ‘os participantes podem sair livremente assim que o tutorial terminar’, mas não haviam informações sobre esse ‘tutorial’.

“Eu vou.”

Alguém se voluntariou resolutamente. Imediatamente, todos na sala se levantaram.

“N-Não!”

“Se algo acontecer com a vice-líder…”

“Há pouca chance do mestre da guilda concordar.”

Porém a vice-líder da guilda da Corte Real, Rachel, deixou clara sua decisão.

“Não, eu vou. E você não precisa se preocupar…”

Ela hesitou um pouco antes de continuar.

“Hum, Fenrir do Jeronimo vai entrar também.”

“Ah~”

“Nesse caso, tenho certeza que tudo ficará bem.”

A atmosfera mudou instantaneamente. Este era o quão amado pela Inglaterra era Fenrir (embora o país não soubesse, as conquistas de Cheok Jungyeong foram todas alteradas para as do Fenrir).

“Ah, será que!? Fenrir disse que ele iria te proteger?”

“… Perdão?”

“Estou curioso também. Ele disse que iria te proteger?”

A reunião de repente se transformou em uma conferência de imprensa.

“Posso dizer que você está um pouco agitada~”

“A-Agitada? N-Não! Todos fiquem quietos!”

“Agora você está com raiva~”

“Não, não estou! Precisamos prosseguir com a reunião…”

A jovem vice-líder de 21 anos era um alvo fácil para os outros membros mais experientes da sala. Como muitos deles conheciam Rachel desde quando ela era pequena, a guilda da Corte Real havia se tornado uma família.

—————

1º de julho de 2029.
A data prometida havia chegado.
Atualmente, eu estava dentro do esconderijo do Trupe Camaleão, esperando que o Portal abrisse.

“Huaam~ estou tão entediado. Novato, quando o Portal vai se abrir?”

Cheok Jungyeong perguntou.

“Apenas espere só um pouco.”

Além de mim, Jain, Cheok Jungyeong e Chefe tinham tíquetes.
Outros membros mostraram interesse, mas eles estavam ocupados ou não se importaram em aguardar a segunda rodada de bilhetes.

“Ah, estou coçando de excitação. Jain, você estará indo como minha companheira?”

“… Você que é o meu companheiro, idiota.”

Jain olhou para Cheok Jungyeong desconfortavelmente. Ela conseguira um ingresso vermelho e Cheok Jungyeong a incomodou até que concordasse em deixá-lo acompanhá-la.

“Todo mundo fiquem quietos e esperem.”

Chefe disse. Naquele momento…

*Ssssss—*

Nossos bilhetes brilharam com poder mágico.
Os jogamos então no chão. Imediatamente eles consumiram o poder mágico na proximidade e criaram três pilares de luz.
Laranja, vermelho e preto.
Os três pilares tinham cores diferentes.

“Então é só entrar?”

Cheok Jungyeong perguntou enquanto pressionava seus lábios um no outro.

“Sim.”

“Bem, te vejo lá dentro, Novato.”

“Ah, antes de ir, acho que vocês deveriam escolher o menor nível de dificuldade para o tutorial. Queremos nos encontrar o mais rápido possível.”

“Eu não me importo… Mas duvido que este estúpido vai fazer isso.”

Jain sorriu ironicamente enquanto Cheok Jungyeong concordava.

“Obviamente que estarei indo com a maior dificuldade.”

“… Então Chefe, pelo menos você deveria— “

Virei-me para a Chefe.

“Hm?”

Recentemente, a confiança entre mim e ela havia aumentado bastante.

“… Oh, O-Ok, então eu vou escolher a, hum, menor dificuldade.”

Mas pelo que parece, ela planejava fazer o que queria.

“Tudo bem, eu vou entrar.”

Sem hesitação, entrei no Portal preto.
Imediatamente…

“Uwoah!”

O mundo virou de cabeça para baixo e caí nas minhas costas.

“Uuu… mas que inferno.”

Uma terra fria, ventos gélidos, uma sensação incomum.
Até mesmo minha voz estava saindo chiando, como uma televisão quebrada.
Embora fosse exatamente como eu descrevera no meu romance(novel), ainda me senti estranho experimentando em primeira mão.
Depois disso, me levantei rapidamente e dei uma olhada ao redor. Eu estava em um espaço completamente coberto por escuridão.

“Me pergunto quando vai começar.”

Depois de esperar cerca de cinco minutos, palavras azuis apareceram na minha frente.

[Bem-vindo à Torre.]

Era um texto 3D mais realista do que o que normalmente mostrado em jogos VR.

[Antes de começar, por favor escolha o seu apelido.]

Apelido.
A Torre parecia ter a mesma configuração das de quando a criei.

“Apelido, huh…”

Eu já sabia quais apelidos que todos usariam.
Kim suho deveria ser MasterHolysword (MestredaEspadaSanta), Shin Jonghak seria YoungFly (MoscaJovem), Jin Sahyuk seria StrongestWill (DesejoMaisForte))”. Um divertido trocadilho feita pelo autor…’]💻, e Chae Nayun deveria ser ImGosu (EusouGosu).
Depois de pensar por um momento…

“Acho que vou com esse.”

[Extra7]

Decidi então o meu apelido.

[Extra7-Nim, bem-vindo.]
[Seu apelido substituirá seu nome na Comunidade da torre.]

The Novel's Extra - Capítulo 154
The Novel's Extra - Capítulo 156
COMPARTILHAR
Preguiçoso, viciado em novels e apaixonado por músicas acústicas/instrumentais...