The Novel’s Extra – Capítulo 132

745
The Novel's Extra - Capítulo 131
The Novel's Extra - Capítulo 133


Tradução: Sr. Raposo | Revisão: Dilsinxyz


Encruzilhada (3)

Em uma tarde, Chae Nayun estava espiando na classe Chama Sagrada.

“Argh, quando isso vai acabar?”

O instrutor-chefe da Chama Sagrada, Yi Yeongjin, segundo os rumores, ele era excessivamente zeloso e isso parecia ser verdade, considerando que ele passou 20 minutos dando os anúncios de fim de classe.

“O que, ainda não acabou?”

“Eu sei não é?”

Kim Suho se aproximou dela e perguntou.

Ela olhou para Yi Yeongjin pela janela. Pelo que parecia, ele não planejava dispensar a turma até que os cadetes encarregados da limpeza terminassem sua tarefa.

“Ah, finalmente terminou.”

Naquele momento, o instrutor bateu na mesa e os cadetes se levantaram ao mesmo tempo. A porta da frente da sala de aula se abre deixando uma massa gigante sair.

Era o gigante de mais de 190 cm de altura, Yi Yeonghan.

“Ah cara, vocês estavam esperando por mim?”

Chae Nayun respondeu a ele com sua expressão.

“… O que há com seu rosto?”

“Cale a boca e mexa-se.”

Por causa da altura de Yi Yeonghan, ela não podia ver depois dele, mesmo quando ficava na ponta dos pés. Mas mesmo quando finalmente sua visão ficou livre, ela não conseguia ver Kim Hajin na classe.

“Nossa, por que você tem que ferir meus sentimentos assim?”

“Ho, por favor. Onde Kim Hajin está?”

Ouvindo a pergunta, o rosto de Yi Yeonghan instantaneamente se transformou em um schadenfreude💻 . Seus olhos formaram luas crescentes e suas sobrancelhas dançaram para cima e para baixo.

Ela segurou a vontade de bater nele.

“O que foi?”

“Ha, então nossa pequena Nayun está finalmente sendo honesta com seus sentimentos ~”

Surpreendentemente, Chae Nayun não reagiu exageradamente ao seu tom provocativo.

“É, eu estou. Algum problema com isso?”

Como ela acabou dizendo isso como se fosse a coisa mais óbvia do mundo, seu colega se viu sem palavras.

“… Huh? Não, não… não tenho.”

Kim Suho, que estava a assistindo com um sorriso no rosto, entrou na conversa.

“Então, onde ele está?”

“Lá. Olha, ele está indo agora.”

Yi Yeonghan apontou para a porta dos fundos. Chae Nayun procurou com seu olhar. Kim Hajin estava saindo da sala.
Será que era por não tê-lo visto por dois meses?

Cada um dos seus movimentos parecia estar em câmera lenta.

Seus passos eram leves e distraídos, seu cabelo e roupas estavam limpos e elegantes e estava inexpressivo como um peixe morto.

“Espera, Kim Suho, você também está procurando por Kim Hajin? E eu? Vocês me veem como um pedaço de carne?”

“Estou indo.”

Chae Nayun rapidamente fugiu e correu atrás de Kim Hajin. Não esperando encontrá-la, Kim Hajin parou e baixou o olhar.

Seus olhares se cruzaram. Chae Nayun sorriu abertamente.

“Ei, Kim Hajin, quer sair para jantar juntos?”

Enquanto dizia isso, ela furtivamente entrelaçou seu braço com o dele. Ela sentiu seu coração batendo mais forte devido a esse movimento ousado. Mas ele não deu uma resposta e sacudiu o braço.

Neste momento ela sentiu outro olhar e se virou rapidamente. Uma menina loira saia da sala de aula.
Era Rachel.

“… Ah, Rachel, a quanto tempo.”

Chae Nayun acenou com a mão. Rachel olhar de relance na direção eles dois.

“É.”

Com apenas uma palavra, ela passou por eles. Chae Nayun olhou para a parte de trás da cabeça de Rachel, em seguida, puxou o braço de Kim Hajin novamente.

No entanto não foi o suficiente para mexê-lo.

“O quê, você não vai?”

Sua resposta foi um sorriso amargo.

“… Não tenho tempo hoje.”

“Não tem tempo nem para comer?”

Ela fez um biquinho. Primeiro, ele não respondeu às suas cartas ou mensagens e agora estava evitando-a? Ele estava se fazendo de difícil?

“Tenho trabalho a fazer, então estarei ocupado na hora do jantar. Mas podemos almoçar juntos amanhã.”

Almoço.
Embora não fosse bem o que ela queria, pelo menos era alguma coisa e isso a deixou feliz.

“Ok, então… prometa.”

Ela levantou seu dedo mindinho.

Ele olhou fixamente para o dedo, depois colocou a mão no ombro dela.

“Te vejo amanhã. O almoço será por minha conta.”

“… Eh?”

As bochechas dela ficaram vermelhas mesmo com esse toque tão leve. Ela olhou para Kim Hajin e assentiu timidamente.

“U-Un.…”

***


18:00. Eu voltei para casa.

Evandel, que estava ouvindo uma palestra on-line, parou o vídeo e correu até mim.

“Hajin, eu aprendi subtração hoje!”

Ela falou com orgulho.

“Que ótimo!”

“Eu posso subtrair agora.  Me de um problema ~!

“Hm, então …”

Depois de pensar por um momento, dei a ela um problema para resolver.

“Quanto é nove mil oitocentos e cinquenta e três menos dois mil seiscentos e cinquenta e seis”.💻

“… Eh?”

As pupilas de Evandel estremeceram. Ela tentou contar com os dedos, mas faltaram alguns dedos para alcançar dez mil.
Eventualmente, ela murmurou com uma voz trêmula.

“Eu não aprendi nada assim…”

“Ok, então o quanto é vinte e oito menos dezessete?”

Desta vez ela não usou os dedos e falou depois de um tempo.💻

“… Onze!”

“Ótimo! Nossa como você aprende rápido, não é mesmo? Deve ser uma gênia.”

“Ehehe.”

Eu a acariciei sua cabeça e entrei no quarto.

Depois de tirar o uniforme de cadete e vestir roupas casuais, eu comi com Evandel na sala de estar.  O cardápio de hoje era bife.

Ás 21:00 Evandel estava adormecendo, eu deixe o quarto e saí do apartamento.

Parei em um parque depois de ter passado pela região do dormitório.

Eu precisava me encontrar com alguém hoje e esse parque vazio era o ponto de encontro.

“Haa…”

Sentado em um banco próximo, soltei um suspiro. Com somente a escuridão para me fazer companhia, de repente senti-me deprimido.

Recentemente, tenho me sentido como se não fosse eu mesmo.

Era como se meus 7.207 pontos de stats em perseverança estivessem impedindo minha mente de desmoronar.

Pssst—
Naquele momento, uma árvore do meu lado direito sussurrou.

“Você está aí?”

Levantei minha mão e cumprimentei a pessoa que estava esperando.

Ouvindo minha voz, Boss saiu da escuridão.

“Sim.”

“Você comprou o lugar que te recomendei?”

“Comprei, mas…”

Chefe me pediu para montar um posto avançado em Seul para os Mercenários da Jerônimo.

Assim, recomendei um complexo de apartamentos ao lado do meu. Era completamente aberto, o que não se encaixava no estilo da Chefe.

“Tente viver lá.”

“… Eu requisitei um posto avançado, como você acabou recomendando um complexo de apartamentos residenciais? Meu dinheiro foi usado para nada.”

Parecia que Chefe estava insatisfeita com a quantidade de dinheiro que fora usado.

Para ser justo, os apartamentos comprados eram muito mais caro do que o que eu tinha. Se bem me lembro, era pelo menos duas vezes mais caro.

“Vamos comprar algumas roupas depois.”

“… Roupas?”

“Sim.”

O senso de moda de Chefe não era tão ruim quanto o de Rachel. Sua estatura de 170 cm e de figura esguia faziam com que ela parecesse bem em qualquer coisa, o problema era que a escolha de suas roupas era viril demais.

“Vou te ajudar a escolher roupas.”

No entanto, ela negou com a cabeça.

“Eu não preciso disso.”

“Ahem.”

Me senti um pouco estranho. Eu estava tentando fazer com que ela abrisse seu coração.

Afinal, ela ainda não tinha dito nada sobre a Trupe Camaleão. Parecia que ela ainda não estava certa em como me avaliar.

“Chefe, você comprou uma enorme quantidade de ações da Graça Sagrada do Criador, certo?”

“… Hm?”

A Chefe se contorceu fracamente.

Embora ela fosse um pouco densa, sua ganância por dinheiro era algo a se admirar. Ela já deveria ser uma das acionistas do Graça Sagrada do Criador.

“Eu tenho um pouco.”

“Acho que você deveria começar a vendê-las.”

“… Por qual razão?”

Seus olhos se estreitaram como os de um falcão.

Quando se tratava de dinheiro, ela era fria como uma pedra.

“Eu não tenho um bom pressentimento sobre isso.”

No entanto ela parecia não ter intenção de ouvir meu conselho, enquanto murmurava com uma voz quase inaudível.

“Mas eu só consegui 3% até agora.”

“Não me culpe se for tarde demais e perder todo o seu dinheiro.”

Com meu comentário feito sem pensar, Chefe franziu a testa.

“… Kim Hajin.”

Sua voz era fria e arrepiante.

“Não seja tão amigável comigo.”

“… Sim?”

“Estou dizendo para você não ser tão arrogante. A diferença entre nós dois é como a diferença entre o céu e a terra.”

Seus olhos estavam afiados e sua voz soava ameaçadora.

Eu abaixei minha cabeça quietamente.

Não deveria ter mencionado dinheiro.

“Em todo caso, a razão pela qual eu liguei para você hoje… foi para fazermos um teste mais adequado.”

“Teste?”

“…”

Chefe me encarou silenciosamente.

Perguntei novamente.

“O que você quer dizer com teste?”

“… Você disse que queria se tornar um membro oficial do nosso grupo.”

“Ah… sim.”

Ela estava certa. Conquistar a Trupe Camaleão era no final um dos meus objetivos. Para ser mais preciso, era me infiltrar na Trupe, que impiedosamente matava Djinns e humanos ao longo da história original.
O por que era simples. A Trupe Camaleão tinha um papel importante durante a segunda metade da história.

“Mas para se tornar um de nós…”

Ela liberou seu poder mágico criando um boneco em forma de humano a cerca de 200 metros na minha frente.

“Suas qualidades precisarão atender aos nossos padrões.”

Sabia o que ela queria dizer. Mercenários se importavam mais com “estatísticas” do que os Heróis, pois eram julgados pelos clientes com base em fatores como força, velocidade, percepção e outros.

“Então, ataque aquela marionete mágica com tudo que você tiver. Eu serei a juíza.”

Mas ao contrário da maioria dos mercenários, eu tinha que levar essa demonstração de poder um pouco mais a sério. Provavelmente existia algo em específico que ela queria ver na verdade, esse poderia ser o teste final.

“Você quer que eu o ataque com força total?”

“Sim, use uma arma, sua arma principal.”

Chefe montou uma barreira à nossa volta. Com uma cúpula nos envolvendo, eu não precisava me preocupar com alguém nos espionando.

“Mas meu ataque mais forte não usa uma arma.”

Ao ouvir isso, sua cabeça se inclinou em confusão.

“… Nesse caso, use o que precisar para mostrar esse seu mais poderoso ataque de que fala.”

“Sim.”

Com um rosto séria eu transformei Éter em um arco.

Um arco preto elegantemente projetado apareceu em minhas mãos e nisso a Chefe arregalou os olhos.

“Um arco…”

Percebendo um grande interesse em seus olhos, formei uma flecha mágica com o Estigma.

Em seguida infundi o atributo de explosão.

“Poderia ser… uma flecha anti mágica?”

“…”

Já que a Chefe parecia estar querendo ver anti-magia, também adicionei esse atributo.

Sssss—
O arco emitia algo como uma névoa fria enquanto ele se tornava uma cor preto azulado. Esta era a cor de anti-magia.

Apesar da minha flecha ficou menor em troca, consegui identificar uma expressão de satisfação em seu rosto.

Mas ainda não tinha terminado.

Eu ainda tinha algo a acrescentar.

[Efeito medicinal – amplificação mágica externa]

O sexto efeito medicinal que meu corpo havia memorizado foi expelido da minha pele e infiltrou-se na flecha. Com este doping a minha flecha se tornou afiada como um arpão.

Eu aloquei a flecha queimando com uma coloração anti-mágica no meu arco. Sentindo a energia feroz emanando dele, puxei a corda.

Embora eu tenha usado três listras de Estigma como quando eu lutei contra o Ogro Negro, essa flecha estava em um nível diferente do que a que usei antes, graças ao uso de um arco formado a partir do Éter e acrescentando o efeito da amplificação medicinal.

“Mmm.”

Chefe acenou satisfeita.

Chweeeeek—

Soltei uma flecha na direção do boneco.

A flecha disparou como um raio, espalhando poder mágico em todas as direções.

Não houve diferença no tempo entre a libertação e o golpe.
Kooooong—!
A flecha não só perfurou o boneco mas como também detonou em uma explosão de forma cônica que abalou a barreira.
KOONG! KOONG!

O espaço inteiro retumbou com a explosão gigante e o poder mágico da flecha atingiu a barreira como um dragão alçando voo.

“…”

Percebendo o poder da flecha, ela decidiu intervir. Antes que a flecha quebrasse sua barreira, Chefe ativou seu poder mágico.
Das suas costas, uma sombra floresceu como um lótus. Quando a lótus fechou suas pétalas, ela devorou minha flecha completamente.
‘ Lotus Sombria‘.

Era uma de suas habilidades de defesa fraudulentas.

“Haha.”

Enquanto se aproximava de mim, ela gargalhou.

“Parecia que estava prestes a destruir a barreira, então a detive.”

Enquanto dizia isso ela estendeu sua mão.

“…Ah, sim.”

“Estou satisfeita. Como pensei, meus olhos não estavam enganados.”

Parecia que tinha passado no teste final. Eu imediatamente senti tontura assaltando-me, mas resisti mentalmente segurei a mão dela.

“Obrigado.”

Chefe então apertou a minha e falou em um tom sério.

“Primeiro de junho.”

“… Como?”

“Em 1º de junho, haverá uma reunião de grupo.”

Eu imediatamente entendi o que ela estava querendo dizer.

“Se ainda quiser continuar comigo, então, se não se importar de assumir tarefas sujas como eu mesma faço, venha me encontrar.”

Ela me encarou e eu a encarei de volta. Com essa troca de olhares, pude entender seus pensamentos.
Logo, ela soltou minha mão.

Eu respondi.

“… Sim.”

“Bom.”

A lua aparecia por entre as nuvens, brilhando na Chefe.

Ela usava um lindo sorriso.

***


Segunda semana de escola.

A classe da Chama Sagrada estava atualmente no meio de sua classe comum da teoria.

Sssk, sssk.

Rachel estava ocupada anotando o conteúdo da palestra em seu caderno. Em seu rosto estava um par de óculos circulares, que tinham o efeito de diminuir a carga sobre os olhos e fazer cálculos básicos.

“Difícil, não é? Vamos fazer uma pausa.”

O professor anunciou uma pausa no momento que os cadetes começaram a coçar suas cabeças.
Rachel descansou os óculos na mesa e se reclinou contra sua cadeira. Enquanto seu foco ia se dissipando, os sons das conversas a sua volta passaram a entrar em seus ouvidos.

— Ei, Kim Hajin não mudou recentemente?

— Sim e outros caras estão copiando seu penteado. A propósito, eles parecem melhores usando o penteado do que ele. Seu rosto não é muito bom.

— Não, eu acho que o rosto dele ficou melhor também….

— Deixando isso para lá, você ouviu que ele tem algo com Chae Nayun?

—O quê? Sério?

— Sim, Chae Nayun disse isso ela mesma.

Kim Hajin era o tema da conversa.

Rachel virou-se para ele. Sua atenção parecia estar concentrada em seu relógio inteligente.

“…”

Esta não era a primeira vez que ela ouviu o boato de que havia algo acontecendo entre Kim Hajin e Chae Nayun. Também não parecia um rumor sem fundamento. Afinal, os dois estavam almoçando juntos todos os dias.

‘… Não tem nada a ver comigo.’

Ela disse a si mesma enquanto pegava a caneta de volta. Se bem que, talvez ela quisesse que as coisas acontecessem assim. Se tudo corresse bem entre ele e Chae Nayun, ela seria capaz de tratá-lo mais confortavelmente.

“…”

Mesmo depois de pensar assim, ela não conseguia voltar a se concentrar em estudar novamente. No final, ela olhou para Kim Hajin mais uma vez.

Ele ainda estava no seu relógio inteligente. Sua curiosidade não podia deixar de fazê-la imaginar o que ele estava fazendo com tanto foco.

Parecia que o que quer que fosse que estava fazendo tomara o período da aula inteiro. Trocando mensagens com Chae Nayun? Será que por estar desistindo, ele não ligava mais para a aula?

Rachel fez beicinho e voltou a olhar para baixo em seu caderno.

Foco.
Foco.
Foco.
Agora é hora de se concentrar em estudar.

“… Ah, por que isso está tão difícil?

Mas logo, uma voz irritada saiu de sua boca.

***

“Hm.”

Desde ontem à noite, eu estava pensando profundamente em um Dom.

[Destreza] [Classificação baixa] [Atributo nulo] [Evolutivo] [Grau 10]
—Destreza
*Suas mãos tornam-se flexíveis e hábeis.

Destreza.
Embora não pareça nada de especial, era classificado mais como Dom em vez de uma Arte.
Uma habilidade que se aplicava a tudo que usava as mãos, incluindo desde tarefas cotidianas como cozinhar, desenhar e escrever a tarefas orientadas para o combate, como artes marciais e uso de espadas.

Atualmente, eu estava entre este Dom passivo e outro Dom ativo.

Havia um Dom ativo em minha mente e era um que precisava ter para daqui a cinco anos.

No entanto, Dons ativos não poderiam ser do tipo evolutivo.

Como tal, seria aceitável, desde que eu salvasse 10.000 SP para criá-lo a tempo, como quando eu criei Mestre Atirador).
Em outras palavras, era melhor criar Destreza agora e criar o outro Dom no futuro quando tivesse suficiente SP acumulado.

O único problema era que eu não sabia se conseguiria economizar tanto SP.

“Argh, que seja.”

Depois de agonizar sobre o assunto por um longo tempo, eu dei enter.

[Destreza] [Classificação baixa] [Atributo nulo] [Evolutivo] [Grau 10]
—Destreza
*Suas mãos tornam-se flexíveis e hábeis.

Para um Dom que custara 2000 SP, era um tanto simples. Não, era simples por ter custado apenas 2000 SP.
Era como eu sempre dizia, “simples é melhor”.

Dons mais simples significavam que seus usos não eram tão limitados.

Claro, já que era apenas grau-10 no momento, ele deve me ajudar só em coisas como cozinhar e pentear.

… No entanto.

[Dons se ligaram!]

[Com boa sorte, a ligação entre seus Dons torna-se ainda mais elaborada!]

De repente recebi alertas no meu relógio inteligente.

[Mestre Atirador & Destreza]

[Mestre Atirador é reclassificado como um Dom de alta classificação e uma habilidade não despertada foi adicionada.]

[Grau de proficiência de Destreza melhora para o grau-8.]

“O que é isto…?”

Uma habilidade foi adicionada ao Mestre Atirador e Destreza recebeu dois aumentos de grau de proficiência, mesmo que tenha sido criada apenas um minuto atrás.

“… Oh, certo. “

Me lembrei de escrever algo sobre Dons que geravam sinergia com outros.

Não esperava que isso acontecesse, mas não era algo a se reclamar.

Sinergia entre Dons.

Disse isso para mim mesmo enquanto pegava minha caneta para testar o meu novo Dom.

Sssk, sssk.

Anotei uma série de palavras.

Embora não tivesse má caligrafia, eu não chamaria minha caligrafia de bonita…

“… Uau. “

Eu era praticamente o próprio Han Seok-bong💻.

The Novel's Extra - Capítulo 131
The Novel's Extra - Capítulo 133
COMPARTILHAR
Preguiçoso, viciado em novels e apaixonado por músicas acústicas/instrumentais...