Tales of Herding Gods – Capítulo 36

139
Tales of Herding Gods - Capítulo 35
Tales of Herding Gods - Capítulo 37

Tradução: Denn | Revisão: Denn

Grande Monastério do Trovão

“Mu’er, a feira do templo é um bom lugar para ver o mundo.”

O Velho Ma terminou um par de muletas, colocou-as em frente aos móveis e falou com Qin Mu: “Existem muitas aldeias nas Grandes Ruínas e alguns dos moradores são especialistas que não podem mais se misturar no mundo exterior. Eles ficaram aqui depois de serem forçados a entrar em Grandes Ruínas e também receberam seus próprios discípulos. Somente durante a feira do templo essas pessoas e seus discípulos se reuniam aqui. Somente na feira do templo você seria capaz de ver todas as várias técnicas e habilidades do mundo!”

Qin Mu realmente não entendeu e pensou um pouco: “Eu não tenho a experiência de um combate real, portanto, foi difícil para eu transformar meu cultivo em minhas proezas reais. É por isso que o Velho Ma quer que eu tenha essa chance de treinar com praticantes de várias seitas?”

O Velho Ma revelou uma expressão de afirmação: “Essa é a razão.”

“Mas e a venda de muletas?”

Qin Mu perguntou perplexo: “Por que o vovô Cego montou uma barraca de apostas? Além disso, a besta estranha que o vovô Açougueiro está vendendo claramente não é um dragão da inundação, mas por que ele está gritando que está vendendo o sangue precioso do dragão da inundação? Por que o avô Boticário preparou seu remédio com antecedência?”

Velho Ma deu algumas tossidas: “Isso é assunto de adultos. Você é uma criança, então não faça tantas perguntas. O que você está esperando?”

Qin Mu só podia subir a arena e colar as palavras que Cego havia escrito nos pilares da arena.

Não muito tempo depois, mais e mais moradores se reuniram sob a arena. Um caldeirão fervilhante de vozes fez Qin Mu sentir que as palavras de Cego também eram inapropriadas, mas ele ainda estava perplexo com o número de moradores que essas palavras haviam atraído.

“O incomparável que divide o rio, varrendo todas as oitocentas aldeias nas Grandes Ruínas! Que afirmação ousada! Você parece ter apenas onze ou doze anos e, mesmo que tivesse começado o cultivo no ventre de sua mãe, seu cultivo também seria apenas mais do que isso!”

Uma voz justa soou: “Você está tentando desafiar as aldeias de nossas Grandes Ruínas, colocando estas palavras? Quem te deu coragem?”

O rosto de Qin Mu ficou vermelho de vergonha, mas ele reagiu e deu a Cego um olhar zangado. A voz era muito familiar, porque não era cego quem havia gritado?

A voz justa de Cego tinha uma pitada de encantamento enquanto ele continuava: “Não há homem de verdade em nossas grandes ruínas? Estamos deixando esse garoto ser arrogante lá em cima? Como é que algum de vocês se conteve ouvindo um pirralho de onze a doze anos? Onde está o espírito inflexível do homem das Grandes Ruínas?”

Uma vez dito isso, causou uma grande comoção quando mais de uma dúzia de jovens imediatamente saltaram para a arena, deixando o rosto de Qin Mu esverdeado.

“No entanto, nossos bons homens das Grandes Ruínas não devem menosprezá-lo.”

A voz de Cego era como um enorme sino tocando nos tímpanos de todos: “Desde que ele montou sua arena, temos que seguir as regras. Ele veio aqui para um desafio e não uma briga de gangues. Temos que nos revezar. Como esse jovem é do Reino do Embrião Espiritual, aqueles que aceitarem o desafio terão de pertencer ao Reino do Embrião Espiritual, para não perder a face de todas as aldeias.”

Quando sua voz se calou, a dúzia de jovens caminhou pela arena, deixando apenas um jovem no topo.

Qin Mu deixou escapar um suspiro de alívio e disse: “Como posso me dirigir ao irmão mais velho…”

“Se você quer uma luta, que seja! Quem ficará conversando com você?”

O jovem de repente caiu de quatro e o qi vital em seu corpo explodiu. Listras de tigre apareceram na parte de trás de seu corpo, fazendo-o como um tigre feroz!

Garras afiadas feitas de qi vital apareceram em suas mãos e pés. Com um salto repentino, ele atacou Qin Mu tão rápido quanto uma sombra fugaz!

[Denn – Essa é a hora que eu lembro que mais pra frente descobriremos que usuários de Qi do Tigre Branco são melhores usando magia e encantamentos e não no mano a mano kkkkk]

Com esse ataque, Qin Mu de repente sentiu como se estivesse sendo alvejado por uma fera estranha e extremamente selvagem. Com o vento forte no rosto, era como o rugido de um tigre. Essa aura imponente era o que lhe faltava e só pôde ser compreendido durante uma experiência de vida ou morte!

“Os praticantes de artes marciais em outras aldeias tem seus pontos únicos!”

As marcas do dragão apareceram nas costas de Qin Mu e enrolaram-se em torno de seus membros. Seus passos se moveram como o rio que flui no mar, com as ondas soando como um trovão. Ele usou atributos da água do Qi Vital da tartaruga Negra para executar a primeira forma do Oito Golpes da Palma Trovão. Mesmo que ele ainda não conseguisse alcançar o trovão nas palmas das mãos, ele ainda conseguiu desencadear a grandeza de um rio que afunda no mar sem restrições!

Enquanto os dois se enfrentavam, Qin Mu usou esse soco para enfrentar seu oponente. A força dos atributos do Qi vital da Tartaruga Negra explodiu e realmente formou a forma de uma cabeça de dragão em seu punho, avançando violentamente!

O jovem imediatamente se surpreendeu. A força de seu oponente era extremamente poderosa. Seu qi vital foi destruído e ele voou de volta do ataque de Qin Mu.

No instante em que ele voou para trás, ambos os pés realmente chutaram em direção ao peito de Qin Mu. Seus pés eram extremamente afiados como garras de tigre e rasgaram a camisa de Qin Mu, quase cortando sua barriga!

Com pressa, Qin Mu colocou um pé no chão quando caiu para trás enquanto a outra perna chutava tão rápido quanto um raio. A outra pessoa caiu no ar com o chute e caiu a vários metros da arena.

A pessoa se levantou e quis ficar de pé corretamente, mas de repente um som estalado veio de sua perna quando sua perna foi quebrada pelo chute de Qin Mu.

A voz do Boticário surgiu: “Remédio de alta qualidade, que pode reparar ossos quebrados em um dia para não atrasar sua caça.”

O velho Ma também gritou: “Um par de muletas feitas de Madeira Olho do Dragão, extremamente resistente.”

Cego continuou com uma voz clara: “Se sua sorte é ruim, você pode vir a mim para mudar seu destino.”

“Um par de dísticos rimadores para trazer fortuna para sua casa”, disse Surdo em voz alta.

O rosto de Qin Mu ficou preto e ele se estabilizou. Havia sido uma situação extremamente perigosa no início e tudo em que eles podiam pensar era se podiam ou não vender seus produtos!

“Por mais que o vovô Ma e o resto tenham razão, não tenho experiências de vida e morte. O cara agora não tinha um cultivo mais alto que o meu, mas quase conseguiu cortar minha barriga naquele instante em que foi jogado pra trás, quase transformando derrota em vitória!”

Qin Mu respirou fundo enquanto seus olhos brilhavam: “Tenho muito pouca experiência nesta área e a feira do templo é uma rara chance de lutar com os praticantes dos moradores daqui. Esta é a minha chance de absorver suas experiências de batalha! Eu devo defender essa arena até o fim!”

Mais e mais pessoas se aglomeravam abaixo da arena, criando uma comoção. Quando brigavam com o rapaz mais cedo, todos podiam ver que Qin Mu tinha um cultivo denso, mas faltava experiência.

Para poder sobreviver nas Grandes Ruínas, todas as aldeias teriam basicamente praticantes de artes marciais e até praticantes de artes divinas. Isso porque as Grandes Ruínas eram simplesmente perigosas demais. Todos os moradores veneravam as habilidades marciais, tendo que ser corajosos e bons em lutas.

Muito em breve, havia outra pessoa que havia pulado na arena. Era uma garota com um tipo único de Qi vital da Tartaruga Negra, mas seus ataques foram implacáveis. No momento em que entraram em choque, seu qi vital era como uma enorme cobra enrolada nas pernas de Qin Mu, prendendo-o com força.

Depois de amarrar as pernas, a garota era como uma cobra deslizando em seu corpo enquanto tentava o golpe fatal.

Seu qi vital era muito estranho quando ela o transformou em uma enorme cobra para se enrolar em torno de Qin Mu. Esse tipo de qi vital era diferente do puro qi vital da tartaruga negra, mas era classificado como parte dele.

Tartaruga e cobras foram classificadas como Tartaruga Negra, no entanto, seu embrião espiritual deve ser uma cobra e não uma tartaruga, pertencente a um ramo da Tartaruga Negra, portanto o movimento de seu corpo também era estranho.

[Denn – Resumindo, os 4 principais são Tartaruga Negra, Pássaro Vermelho, Tigre Branco e Dragão Verde, porém existem subclasses dentro desses 4 principais.]

Qin Mu usou o Buda de Mil Braços para se defender de seu ataque estranho e, apesar de seu movimento corporal ser estranho, Qin Mu parecia ter crescido mil braços, pois havia mãos ao redor dele. Em pouco tempo, ela recebeu centenas de socos e desmaiou.

O velho Ma vendeu com sucesso uma maca.

Esta foi a primeira vez que Qin Mu conheceu uma técnica corporal tão estranha e sofreu pequenos ferimentos, no entanto, era bom que não fosse grave.

Na arena, as batalhas continuaram e também havia muitas pessoas se aproximando da mesa de fortuna de Cego para apostar em quem venceria. Como não havia moeda fixa nas Grandes Ruínas, as negociações eram feitas com mercadorias. Se alguém pensasse que o valor era quase igual, faria o negócio. O mesmo aconteceu com as apostas. Quaisquer peças de joalheria, minérios, jades, gado foram usadas apenas para apostas.

Uma pilha de mercadorias já estava empilhada atrás de Cego. Havia todos os tipos de itens, como uma galinha velha de penas multicoloridas, do tamanho de um humano. Dentro, o bico estava cheio de dentes afiados e parecia muito ameaçador ao bater as asas e espalhar a areia como uma chuva de flechas.

Este era um Dragão Galinha e não uma velha galinha comum. É a prole de um dragão e uma galinha. Mesmo que o sangue de dragão em seu corpo não fosse muito, os ovos que ele depositava eram considerados tesouros.

“Na próxima partida, esse pobre monge apostaria na vitória do meu discípulo.”

De repente, um dos muitos nomes de Buda soou quando um velho monge se espremeu na frente da banca de sorte e colocou seu cajado na mesa, empurrando os pés das mesas profundamente no chão. O velho monge sentou-se na frente de Cego e juntou as mãos: “Esta é a estaca! Quem se atreve a apostar com o pobre monge?”

Cego perguntou com severidade: “Grande Monastério do Trovão?”

O velho monge respondeu: ” Grande Monastério do Trovão.”

Cego olhou para o Velho Ma e disse: “Velha mãe, você lida com isso.”

O Velho Ma pousou a muleta na mão e sentou-se na frente do velho monge. O velho monge levantou a cabeça e olhou inexpressivamente para o Velho Ma, “irmão mais novo.”

O velho Ma respondeu com um rosto vazio: “Irmão mais velho.”

“Você transmitiu as artes divinas do nosso Grande Monastério do Trovão a outras pessoas, quebrando as regras do nosso Grande Monastério do Trovão.”

A sobrancelha branca do velho monge estava caída quando ele disse baixinho: “Naquela época, você cortou seu próprio braço e o enviou ao monastério dizendo que havia devolvido as artes divinas do mosteiro do Grande Monastério do Trovão para nós. Seu braço ainda está dentro do Pagode dos Mil Budas. Agora, você entregou as artes divinas do Grande Monastério do Trovão a esse jovem, voltando às suas palavras.”

[Denn – E finalmente saberemos um pouco mais sobre o passado do Velho Ma \o/ eu ia fazer só um capítulo, pois estou com muita dor de cabeça, mas está bom demais e acho que dá pra fazer mais um capítulo só pra ver o que vai acontecer agora kkkkk maldito vício kkkk]


[Não esqueçam de comentar e recomendar]

[Leiam BEYOND?! O Denn finalizou a novel!]

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!

Tales of Herding Gods - Capítulo 35
Tales of Herding Gods - Capítulo 37