Tales of Herding Gods – Capítulo 06

1989
Tales of Herding Gods - Capítulo 05
Tales of Herding Gods - Capítulo 07

? Ative o Modo Noturno ?


Tradução: Denn | Revisão: Denn

Morra, jovem!

“Ela poderia estar usando esse fio fino para controlar a espada? Mas… considerando o quão fino é o fio, como ela pode fazer a espada mudar de direção?”

Antes que ele pudesse pensar sobre o maravilhoso fio, Qin Mu imediatamente correu para longe.

Um momento depois, a espada passou por ele, esfaqueou profundamente o tronco de uma enorme árvore com um baque surdo.

Como se a espada estivesse viva, ela se contorceu no tronco da árvore, mas não conseguiu se soltar. Logo, a garota flutuou e agarrou o punho da espada do tesouro, puxando-a exasperada. “Meu qi vital do tigre branco ainda não é forte o suficiente para controlar minha espada como se fosse uma extensão do meu corpo…”

“Irmã júnior Qing, já é notável que você consiga transformar seu qi vital em um fio e usá-lo para controlar sua espada para a batalha.”

O garoto que atravessara as ondas do rio com a garota chegou a seu lado e lhe deu um sorriso gentil. “Sua experiência está faltando, não seu cultivo. É por isso que nossos mestres nos trouxeram para as Grandes Ruínas – para treinar e melhorar nossas deficiências. No passado, nos preocupávamos apenas com o cultivo, por isso não temos experiência real em combate. Este diabinho é a nossa chance de participar de um combate real. Você poderá controlar perfeitamente sua espada com seu qi imediatamente.”

Os outros três jovens alcançaram o par, e um deles sorriu e disse: “O diabinho se transformou em um alce. Como os alces são muito ágeis, ele conseguiu se esquivar da espada voadora da irmã mais velha.”

A irmã mais velha Qing recuperou o espírito e continuou a direcionar sua espada para esfaquear Qin Mu. Ela deu uma risada adorável e disse: “Irmão mais velho Qu, não ataque por enquanto. Deixe este diabinho para eu treinar meu controle de espada.”

O irmão mais velho Qu era o garoto que atravessara o rio com ela. Ele assentiu com as palavras dela e disse: “Venha, irmãos mais novos. Vamos admirar as habilidades de espada da irmã mais nova Qing.”

Perguntas rodaram dentro do coração de Qin Mu enquanto ele lutava enquanto esquivava a espada que o perseguia por trás. “Controlando uma espada com qi? Será que o fio na mão da garota é seu qi vital e não um comprimento real do fio? O qi vital pode ser usado para controlar uma espada tesouro nessa medida? Serei capaz de fazer isso?”

Quando ele aprendeu a usar uma faca de abate de porcos, Açougueiro apenas ensinou Qin Mu a usar as duas mãos para controlar a faca. Açougueiro nunca o ensinou a usar o qi para controlar a faca, então ele não sabia nada a esse respeito.

Vendo aquela praticante controlando sua espada com seu qi, uma idéia se formou na cabeça de Qin Mu. Já que o qi poderia ser usado para controlar uma espada, seu qi vital poderia ser usado para controlar outras coisas?

No entanto, ele não teve tempo para refletir sobre essa pergunta. A irmã mais velha Qing continuou a controlar sua espada e a perseguir Qin Mu. Além disso, como a vovó Si o transformara em alce, ele achou seus membros inconvenientes. Até o qi vital em seu corpo ficou dormente e não respondeu como normalmente.

Chii—!

A espada cintilou ao bater por trás, roçando as costas de Qin Mu. Ele sentiu um calafrio percorrer suas costas, que logo foi seguido pela sensação ardente de dor. Ele sabia que a irmã mais velha Qing havia conseguido ferir suas costas.

“Isto é mau! Um alce pode ser rápido, mas ainda é mais lento que alguém com um corpo espiritual real. Se eu me machucar novamente, receio que seja difícil escapar como alce…”

Assim que terminou esse pensamento, ele sentiu sua boca começar a se separar de repente.

No entanto, não era realmente sua boca se separando, mas a pele do alce começando a se afastar de seu corpo, começando pela boca.

Qin Mu lembrou imediatamente o momento em que a vovó Si o instara a fugir. Naquela época, ela havia secretamente removido uma agulha que estava saindo do espaço entre as sobrancelhas dele. Foi a mesma agulha que perfurou sua Alma Celestial!

Logo, sua cabeça se separou da pele do alce.

A espada cortou o ar, cortando em direção a Qin My, na tentativa de tirar sua vida. Qin Mu saltou para a frente com toda a força que pôde reunir e se libertou da pele de alce, caindo vários metros à frente antes de se levantar e correr.

Atrás dele, a espada controlada pela irmã mais velha Qing cortou a pele do alce em pedaços. Seus movimentos eram leves como uma pétala caindo e tão rápidos quanto um raio. Perseguir Qin Mu e tentar matá-lo aparentemente melhorara tremendamente sua habilidade de espada.

Ficar livre da pele do alce atrasou momentaneamente a fuga de Qin Mu, resultando em um dos jovens que atravessava as copas das árvores para pousar na frente dele, interrompendo sua rota de fuga.

Ambos estavam a apenas dez jardas de distância um do outro. A essa distância, eles se encontrariam no instante seguinte!

Qin Mu não teve tempo de mudar de direção. Então, sem pensar, ele subconscientemente utilizou a técnica de perna que Aleijado lhe ensinou. Parecendo tropeçar para a frente, Qin Mu avançou agarrando o chão com as mãos no lugar dos pés. Suas pernas, que agora estavam no ar, torceram junto com o resto do corpo, aumentando em velocidade até que pareciam um turbilhão. Como um pião, ele acelerou em direção à juventude à sua frente!

O jovem, que era mais velho que Qin Mu há alguns anos, sorriu para ele com ironia.

Ele ergueu os dois braços para bloquear, e eles irradiaram um brilho verde escuro quando escamas de dragão começaram a aparecer em sua pele.

“Braços do Dragão Verde!” Exclamou o jovem.

No instante seguinte, as pernas de Qin Mu colidiram com os braços do jovem. Um barulho de metal soou duas vezes, e antes que o sorriso pudesse ser apagado do rosto do jovem, ele grunhiu e perdeu o equilíbrio. O ataque de Qin Mu o forçou a voltar.

As mangas do jovem estavam rasgadas, restos de tecido flutuando como borboletas de papel. Tatuagens de garras de dragão podiam ser vistas na pele de ambos os braços. As garras se enrolavam ao redor deles de uma maneira realista, e estava claro que as escamas tinham vindo daquelas garras.

No entanto, os dois braços ficaram vermelhos e inchados depois de colocar as pernas de Qin Mu de frente.

“Você escondeu pesos de ferro nas pernas?”, Exclamou o jovem, furioso e surpreso.

Os dois braços dele tremiam de dor. Seu olhar então pousou nos pés de Qin Mu. “Até seus sapatos são feitos de ferro?”

Qin Mu voltou a se levantar e se apressou.

No entanto, as palavras do jovem o lembraram de que ele ainda tinha dois pesos de ferro amarrados às pernas.

Como Qin Mu estava aprendendo técnicas de pernas, Aleijado havia solicitado que ele usasse pesos de ferro o tempo todo e o fez prometer nunca removê-los.

Enquanto Aleijado acompanhava seu progresso, vendo que o corpo de Qin Mu se tornava mais resistente e sua força aumentava com o tempo, o homem de uma perna cuidou para que os pesos de ferro amarrados às panturrilhas de Qin Mu ficassem cada vez mais pesados. Além disso, Aleijado também fez com que Mudo, o Ferreiro, forjasse um par de botas de ferro para Qin Mu, aumentando ainda mais o peso.

Esse par de botas de ferro com sola grossa pesava cinco quilos no total, enquanto cada peso de ferro pesava dez quilos. Um peso total de vinte e cinco quilos estava amarrado às pernas de Qin Mu!

Aleijado pediu a Qin Mu que treinasse até que ele não pudesse mais sentir o peso dos pesos e botas de ferro. Somente depois disso ele foi autorizado a tirá-los. Qin Mu só recentemente se acostumou com eles, então ele não se lembrava de estar usando-os enquanto escapava freneticamente.

No entanto, se ele tentasse removê-los agora, ele definitivamente seria pego. Não havia como ele parar de se mover.

“Pise no monte Meru!”

Enquanto Qin Mu corria, ele de repente reuniu forças na perna direita e usou a habilidade Pise no Monte Meru. A sola grossa de sua bota de ferro espirrou como lama, quebrando a bota inteira em detritos voadores.

Ao mesmo tempo, seus músculos da panturrilha se flexionaram e se expandiram, saindo do peso de ferro e atirando seus restos nas árvores como se fossem flechas afiadas.

Qin Mu deu um passo à frente com a outra perna, quebrando a outra bota e peso de ferro quando seu pé pousou.

Whoosh!

De repente, saltando no ar, Qin Mu se sentiu extremamente leve! Ele alcançou facilmente um galho no topo de uma árvore, o que o assustou bastante.

No alto da árvore, com os pés descalços, o peso de Qin Mu fez o galho mergulhar levemente.

As luzes da espada brilhavam de baixo e disparavam para cima. Ao olhar para baixo, Qin Mu viu as pontas de uma dúzia de espadas!

O manuseio da espada da irmã Qing tornou-se progressivamente mais forte a cada minuto. Ela não estava controlando uma dúzia de espadas, ela criara a ilusão de uma dúzia de espadas com apenas uma!

Qin Mu lembrou de repente as palavras de Aleijado.

“Não pense se um ponto de apoio será ou não capaz de suportar seu peso. Contanto que você seja rápido o suficiente, até a água será como solo sólido. Grama… ar… tudo ficará sólido!”

Empurrando com as pontas dos dedos dos pés, Qin Mu deu um salto à frente. As luzes da espada irromperam no céu, rasgando o topo da enorme árvore em que ele se empoleirara.

Dois jovens saltaram e aterrissaram entre as copas das árvores bem a tempo de ver Qin Mu caminhando através das pontas das árvores, correndo como um vento forte. Eles só podiam olhar sem expressão, atônitos com a velocidade de Qin Mu.

“Por que ele é tão rápido?” Um deles perguntou. “Aquele garoto é mais novo que nós, mas seu cultivo parece ser… um pouco mais forte que o nosso…”

Enquanto os dois jovens pensavam sobre isso, viram o irmão mais velho Qu desaparecer como fumaça e começar a perseguir Qin Mu a uma velocidade ainda mais rápida.

“Como esperado do irmão mais velho Qu! Ele é muito mais poderoso do que nós, tendo atingido o auge do embrião espiritual.”

Ambos suspiraram em admiração. “Com o irmão mais velho Qu indo pessoalmente atrás dele, não há como esse diabinho conseguir escapar.”

Nesse exato momento, uma sombra escura de repente se materializou na floresta.

Uma palma peluda do tamanho de uma esteira tecida veio em direção ao irmão mais velho Qu, dando um tapa nele enquanto ele corria pelo ar.

O irmão mais velho Qu voou para trás, girando incontrolavelmente e caindo no chão. Ele caiu por uma curta distância antes de parar, tossindo um bocado de sangue enquanto tentava se sentar. “Não vá lá! Há um macaco do diabo! Esse é o território de um macaco do diabo!”

Os outros quatro jovens pararam imediatamente.

Quando a sombra emergiu das árvores, eles viram que era um enorme e aterrorizante gorila preto. Seus olhos eram de um vermelho profundo e suas presas se projetavam de sua boca.

Batendo no peito como um tambor, ele berrou: “Morra, jovem!”

Qin Mu, que havia adiantado antes, também havia sido atingido no ar por esse macaco do diabo. Ele estava deitado aos pés do macaco diabo, imóvel. Os jovens não sabiam se ele estava morto.

Olhando atentamente para Qin Mu, a irmã mais velha Qing murmurou. “Como um golpe de palma da mão, aquele macaco do diabo feriu gravemente o irmão mais velho Qu, e esse diabinho também recebeu o mesmo golpe, ele deveria estar morto… certo?”

Antes que ela pudesse terminar de falar, ela pulou de surpresa. Qin Mu, que estava deitado no chão em frente ao macaco do diabo, inclinou a cabeça levemente para verificar a situação.

“Esse garoto ainda não está morto?” Ela disse, incrédula.

O macaco negro do diabo rugiu algumas vezes, depois parou quando viu que o resto dos jovens não se atrevia a dar um passo à frente. Então olhou para Qin Mu, deslizando seu corpo com dois dedos.

“Jovem, morra?”

Vendo os olhos bem abertos de Qin Mu, sangrando em todo o rosto e até a língua que estava saindo, ficou claro que ele não poderia estar mais morto!

Bufando de satisfação, o macaco do diabo jogou o corpo de Qin Mu de lado. Sentou-se e começou a colher as folhas de uma árvore próxima, comendo-as.

“Embora seja tão feroz, o macaco do diabo é realmente um herbívoro…” Qin Mu continuou a sangrar pelo rosto, mantendo os olhos bem abertos enquanto ele lentamente se arrastava usando os cotovelos.

De repente, o macaco do diabo virou a cabeça para olhar o corpo de Qin Mu, que estava mole novamente. Enquanto continuava a encarar o ‘corpo’ de Qin Mu, permaneceu imóvel.

Estendendo o dedo e cutucando o que considerava um cadáver, o macaco descobriu que o corpo de Qin Mu já havia se tornado gelado e duro.

“Jovem, morra”, dizia com renovada satisfação, depois voltou e se concentrou em comer folhas de árvores sem se importar.

Testemunhando tudo isso à distância, a irmã mais velha Qing não conseguiu mais se conter. “Ei, grande amigo! Você não acha estranho que o… jovem… cadáver tenha ficado tão frio e duro tão rapidamente?”

Aparentemente capaz de entendê-la, o macaco do diabo deu um tapa na testa e imediatamente se virou. O jovem ‘cadáver’, no entanto, já havia se levantado e começado a fugir freneticamente.

[Denn – Boa tarde pessoal, era pra ter saído uns capítulos ontem, mas fiquei sem luz, então acabou que vamos ter um pequeno combo aí como compensação.]


[Não esqueçam de comentar e recomendar]

[Leiam BEYOND?! O Denn finalizou a novel!]

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!

Tales of Herding Gods - Capítulo 05
Tales of Herding Gods - Capítulo 07