Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 3 – Crescendo

2647
Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 2 - Primeira Evolução - Salamandra Vermelha
Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 4 - Nova Capacidade

Ative o Modo Noturno


Tradução: Denn | Revisão: The Careca


Dorian deu um passo à frente muito lentamente, movendo-se com extremo cuidado ao longo do galho de uma árvore em que estava pendurado. Seus instintos e capacidade de se mover usando o corpo da Salamandra Vermelha estavam naturalmente enraizados em sua transformação, dando a ele o controle e a habilidade que um ser humano normal não podia esperar ter na mesma forma.

Depois de mais alguns passos cuidadosos, Dorian estava agora empoleirado a poucos metros de um pequeno córrego que tinha cerca de dois metros de profundidade. Dezenas de peixes de escamas azuis eram visíveis movendo-se através do riacho, cada um equipado com uma grande barbatana branca azulada. Várias ondas pequenas cruzaram a superfície do riacho. Alguns trechos de grama faziam fronteira, mas a maior parte da área da floresta estava deserta.Alguns momentos tensos se passaram quando Dorian olhou para baixo, sem piscar.

Então, abruptamente, os instintos de Dorian dispararam e ele saltou diretamente para baixo sem hesitar, caindo em direção ao riacho.

*SPLASH*

Dorian caiu no rio e imediatamente abocanhou, capturando um dos peixes de escamas azuis. O resto dos peixes no rio espalharam-se imediatamente, fugindo dele em ondas. Uma pequena mancha de sangue vermelho escorria do peixe de escamas azuis enquanto lutava entre os dentes, tingindo a água de vermelho nas proximidades.

O gosto do sangue em sua boca, a carne espumosa do pequeno peixe, era um momento quase eufórico para Dorian.

Em sua mente, uma pequena notificação da Matriz de Feitiços da Alma apareceu.

[Linhagem sanguínea do Peixe de Escamas Azuis armazenada com sucesso]

[Estágio de Crescimento: (2/2) Peixe Adulto]

“Nada mal.”

Dorian murmurou enquanto mastigava os restos do peixe, engolindo-o.

Seu paladar depois de se tornar uma Salamandra Vermelha mudou muito. Como humano, comer comida crua era algo que Dorian nunca pensara que tentaria. Como Salamandra Vermelha, cozinhar comida era simplesmente um passo extra desnecessário.

Fazia três dias desde que Dorian chegou neste mundo. Ao longo desses três dias ele se manteve muito ocupado.

Depois de fugir do deslizamento de rochas causado pelo choque das duas enormes criaturas na montanha, Dorian tinha ido com cautela explorar as profundezas da floresta. Ele foi para as copas das árvores enquanto se movia, com o cuidado de evitar a atenção de qualquer outra criatura se pudesse evitá-la. Ele havia se adaptado completamente ao movimento em seu corpo de Salamandra Vermelha.

O primeiro objetivo de Dorian era encontrar um lugar seguro para descansar. Depois de procurar pela maior parte do primeiro dia, Dorian encontrou uma árvore alta que havia sido escavada no topo. Por falta de outros lugares, ele havia feito disso seu novo lar temporário, descansando lá durante a noite.

Dorian descobriu que a noite na floresta era aterrorizante. Criaturas estranhas se moviam na escuridão, e uivos constantes e confrontos de feras ecoavam, cobrindo o mundo com medo. Dorian ficou secretamente horrorizado quando observou tudo isso, permanecendo escondido em sua copa da árvore até o amanhecer.

Dorian agora estava trabalhando em seu segundo objetivo. Tornar-se mais forte. O suficiente para sobreviver sem medo nesta terra estranha.

Segundo Ausra, quanto mais desenvolvida fosse uma linhagem, em qualquer criatura, mais forte seria essa criatura. Ele poderia desenvolver sua linhagem absorvendo energia de outras criaturas, ou encontrando mais Salamandras Vermelhas e absorvendo diretamente suas linhagens. Ele também poderia desenvolvê-lo naturalmente pelo envelhecimento, mas isso levaria muito mais tempo.

Algumas criaturas, como as salamandras vermelhas, naturalmente tinham a capacidade de evoluir.

Assim, Dorian começou a caçar.

“Ausra, quão perto estou de avançar para o meu próximo estágio de crescimento da Salamandra Vermelha?”

Em vez de responder a ele, outra tela e um conjunto de letras flutuantes apareceram em sua mente.

[Salamandra Vermelha – Fase de Crescimento: (3/5) Jovem Adulto]

[Progresso do Crescimento – 97/100]

“Quase lá.”

Ele murmurou.

Nos últimos dias, ele não encontrou nenhuma outra Salamandra Vermelha, e foi obrigado a atacar outras criaturas e absorver energia delas para promover sua linhagem. Como um efeito colateral disso, ele ganhou várias linhagens fracas que ele poderia usar no futuro, como o Peixe de Escamas Azuis completamente amadurecido que ele tinha acabado de armazenar com sucesso. Ao armazenar o suficiente da linhagem sanguínea de qualquer criatura, ele poderia obter uma linhagem totalmente madura que poderia usar mais tarde, para experimentar em fusões ou para se transformar.

Felizmente, devido à sua exclusiva Matriz de Feitiços da Alma, ele não precisou lutar contra nada forte para ficar mais forte. Simplesmente absorver a energia da criatura mais fraca avançaria sua linhagem, ainda que um pouco mais devagar do que se ele matasse bestas mais fortes. Mas, a longo prazo, os resultados seriam os mesmos, então ele não se importava. Sua própria segurança neste estranho mundo era primordial.

“Tudo bem, mais um peixe e isso deve ser o suficiente.”

Ele murmurou enquanto olhava ao redor da área em que estava. Além do córrego e de alguns trechos de grama, o resto da área estava obscurecido por árvores verdes muito altas cobertas de folhas e galhos. Ele não sentia outras grandes criaturas próximas, e se sentia relativamente seguro. Ele olhou para cima, notando que era apenas por volta do meio-dia. Um sol grande e amarelo semelhante ao da Terra pairava sobre um céu quase desprovido de nuvens. Ele tinha muito tempo sobrando.

Dorian rastejou para o lado do riacho, olhando a água. Nenhum peixe estava presente nas proximidades, tendo nadado para cima ou para baixo para se afastar dele. O sangue de antes já havia sido levado embora, mas Dorian sabia que levaria vários minutos, talvez mais, antes que qualquer peixe retornasse a essa área.

Quando ele estava prestes a se afastar, um brilho dourado abruptamente chamou a atenção de Dorian. Ele fez uma pausa, lambendo os lábios de maneira estranha para uma Salamandra, enquanto se concentrava na origem da luz.

Sentado no fundo do riacho, preso em algum tipo de rocha marrom, havia um anel de ouro brilhante, com uma pequena gema azul nela.

“Oh?”

Dorian pensou, dando alguns passos para o lado para se aproximar. Ele logo ficou paralelo ao anel, ao lado do riacho. O anel em si estava quase no centro exato.

“Ausra, existem anéis mágicos?”

Para um anel ser encontrado aleatoriamente em um rio, especialmente tão fundo nesta floresta desconhecida, não poderia deixar de despertar suas suspeitas.

“Qualquer ser com uma alma poderosa o suficiente pode imbuir certos objetos com habilidades de sua Matriz de Feitiços da Alma. Além disso, artesãos talentosos podem usar suas próprias habilidades para criar objetos únicos com poderes únicos. Suponho que eles se qualifiquem como ‘Anéis Mágicos’. No entanto, esses tipos de objetos são normalmente encontrados apenas em criaturas bípedes como Humanos, Vampiros, Aethmen, Titãs ou aqueles de natureza semelhante.”

Ausra respondeu utilmente.

Dorian sentiu um súbito desejo de ter o anel na frente dele ao ouvir isso. Mesmo que fosse um anel normal, a única desvantagem real era que ele ficava um pouco molhado.

Dorian mergulhou no rio, lançando-se para o anel. Ele enviou sua garra direita para prender o anel quando ele caiu no rio, cortando a água.

No momento em que ele estava prestes a recolher o anel, no entanto, a rocha marrom em que estava repousando tremeu de repente. Uma fração de segundo depois, virou para cima, transformando-se de uma rocha marrom simples em algum tipo de objeto parecido com uma concha, prendendo o braço direito de Dorian com dezenas de dentes afiados e penetrantes.

Dorian não entrou em pânico apesar de estar surpreso. Assim que seu braço ficou preso, sentindo a dor dos dentes afiados começarem a penetrar na escama de seu braço, ele deu um segundo pulo, saindo do riacho. Suas poderosas pernas escalonadas continham força suficiente para quebrar ao meio uma árvore pequena, sair do córrego em um único salto era bastante fácil.

Enquanto ele estava no ar, Dorian torceu e colocou seu braço direito embaixo dele, olhando para a criatura parecida com uma concha que estava presa nele. Apesar dos dentes afiados da criatura, ela não conseguira ferir muito, pois as duras escamas da Salamandra Vermelha bloquearam a maior parte do dano.

*BACK*

Dorian bateu a criatura no chão perto do riacho com força, conseguindo acertar ela diretamente com uma pilha de pedras. Ao fazer isso, ele viu várias rachaduras aparecerem na concha da criatura.

“Me solta porra!”

Dorian pensou enquanto batia o molusco nas pedras repetidas vezes. Apesar de ter apenas um metro e meio de comprimento, a força do corpo atual de Dorian era muito maior do que a sua força física como humano.

Depois de bater a criatura na pedra meia dúzia de vezes, Dorian sentiu seu aperto no braço afrouxar. Assim que o fez, ele arremessou a criatura para longe dele, ouvindo-a cair no rio.

Ele tropeçou para trás um passo enquanto olhava para o braço direito, vendo várias marcas de dentes mutiladas. As pequenas feridas vazaram um pequeno fio de sangue. Ele balançou por alguns instantes enquanto tentava se acalmar, engolindo em seco.

“Droga… Tudo bem. Tudo bem. Estou bem.”

Ele murmurou em sua cabeça, ainda tremendo. Seu braço começou a ficar dolorido quando ele se acalmou, as feridas formigando. A água escorria pelas escamas dele, formando uma pequena poça debaixo dele. A adrenalina encheu seu corpo, mantendo-o no limite. Ele respirou pesadamente em sua forma de salamandra, tentando se acalmar.

“Tudo aqui tenta me matar. Que caralho de lugar horrível.”

Dorian piscou, balançando a cabeça. Foi sua própria culpa por ser descuidado. Ele nunca tinha visto uma criatura assim, no entanto, e não fazia ideia de que existia.

“Devo tentar absorvê-lo?”

Ele pensou, virando-se para o rio. Ele olhou para cima e para baixo no riacho, sem ver sinais do estranho marisco marrom.

“Ausra, o que era aquilo?”

Ele perguntou.

“Embora eu não possa ter certeza da linhagem sanguínea daquela criatura, ela tem a aparência e o padrão de um Crustáceo Tesouro Marrom. Esses tipos de seres são criaturas únicas que têm interações estranhas com o destino. Sua aparição nessa área é provavelmente resultado de Sua Adoração torcendo o destino para mandá-lo para este mundo.”

Ausra continuou

“Crustáceos Tesouro Marrom adoram objetos que estão fortemente conectados ao destino, e estão constantemente à procura de novos tesouros. Quanto a suas interações normais: quando vão caçar presas, eles começam injetando em qualquer fera que seja tola o suficiente para tocá-los um sedativo para dormir. Eles então se deliciam com a vítima adormecida, geralmente resultando em morte.”

Ausra respondeu friamente.

“O quê? Eles são venenosos?”

Dorian se virou para olhar seu braço ferido em alarme. Ele não sentiu nenhum efeito estranho.

“A sua Matriz de Feitiços da Alma foi projetada para lhe dar o poder de controlar as linhagens. Muitos tipos de linhagens são venenosos por natureza. Sua Adoração previu questões como essa e, assim, acrescentou salvaguardas. Veneno de quase todos os tipos não afetarão você. Embora sua linhagem seja realmente a de uma Salamandra Vermelha, quaisquer substâncias estranhas a essa linhagem serão automaticamente amostradas e armazenadas pela sua Matriz de Feitiço da Alma.”

“Oh? Você pode me mostrar o que era o veneno?”

Ausra respondeu curioso.

[Crustáceo Tesouro Marrom] (Fase de Crescimento 2/2) Venenoso.

Quantidade armazenada: 30 mL

“Hmm, não muito. Ainda assim, pode ser útil para mais tarde.”

Ele mentalmente tocou a tela, observando-a desaparecer, antes de responder: “Ausra, você poderia me avisar da próxima vez que vir algo assim, uma criatura que você reconhece?”

Ausra não respondeu.

“Okay.”

Dorian franziu a testa. O Gênio em sua Matriz de Feitiços só parecia responder a perguntas quando era conveniente para ele. Ainda assim, a assistência que Ausra lhe deu foi inestimável, e ele não tinha nenhum direito real de reclamar.

Quando ele olhou para o braço direito um pouco destroçado, Dorian conseguiu um sorriso de lagarto. Ele lentamente virou sua garra direita para cima, revelando um pequeno anel dourado. Apesar de não capturar o Crustáceo Tesouro Marrom, ele pelo menos conseguiu pegar o anel que segurava. O dano que ele sofreu foi irrelevante. As Salamandras Vermelhas tinham uma poderosa vitalidade de acordo com Ausra, e pequenas feridas como essa cicatrizam em poucas horas. Elas até já pararam de sangrar.

“Agora… Como eu uso você?”

Ele murmurou em sua cabeça quando ele olhou para o anel.

“Ausra, alguma ideia?”

Silêncio novamente.

“Eu acho que vou tentar colocá-lo.”

Depois de pensar por alguns momentos, Dorian deslizou o anel em sua garra mais à direita. Ele estava preparado para interromper a ação a qualquer sinal estranho ou de perigo.

Alguns momentos se passaram sem que nada acontecesse. Rugidos leves ao fundo indicavam a presença de bestas ferozes movendo-se pela floresta. Uma pequena brisa surgiu, flutuando sobre o riacho que Dorian estava descansando.

Um fluxo dourado de luz gradualmente começou a aparecer do anel. Dorian observou enquanto o fluxo de luz crescia no ar, esvoaçando brevemente. Então, fluiu lentamente em direção a Dorian.

Ele observou a luz entrar em contato com ele, sem sentir nenhum tipo de ameaça ou perigo. Ao fazê-lo, uma sensação cálida de energia inundou seu peito. Ele também sentiu um pequeno fluxo de conhecimento aparecer, contendo uma mensagem curta.

“Para quem receber isso, saiba que o Destino decidiu que você é o portador da minha morte. Eu sou o ‘Ilustre Mago Ancião Horhavil’, reduzido à porta da morte. Depois de dominar o Caminho da Luz e alcançar o pico do Estágio da Alma Angelical, eu tentei ultrapassar os grilhões que me prendiam aos 30.000 mundos e alcançar a divindade.”

“Infelizmente eu falhei. No último momento, um grupo de feiticeiros de meus inimigos ladrões, o Reino de Ouro, me traiu e me derrubou quando eu estava mais vulnerável. Apesar de meus ferimentos fatais, eu consegui escapar, matando dois de meus odiados inimigos no processo e abrindo um buraco no vazio, acabando aqui.”

“O local da minha morte está aqui, dentro desta floresta infestada de animais. Entre duas montanhas quebradas, na cova mais escura deste vale. Meus tesouros são seus para serem tomados, eu só peço que um dia você informe ‘O Santo Duque Archel’, do Império Eleitor, que o Reino de Ouro me traiu.”

“Obrigado. O ciclo continua.”

A mensagem terminou, deixando Dorian com uma sensação de admiração. Alcançando a divindade? Dominar um ‘Caminho’ da luz? Tais conceitos estranhos não faziam sentido, mas tinham uma promessa tão fantástica que ele não pôde deixar de imaginar. Ele precisava saber mais sobre o mundo ao seu redor. Talvez Ausra pudesse ajudar.

Antes que ele pudesse perguntar qualquer coisa, no entanto, a voz de Ausra apareceu em sua mente.

“Energia suficiente para ser absorvida entrou em seu corpo. Você gostaria de absorver essa energia para promover o desenvolvimento de sua linhagem de Salamandra Vermelha?”

“O quê? Oh, a luz dourada.”

Dorian imediatamente percebeu: “Sim, com certeza.”

Ele estava tão perto de alcançar o próximo estágio, se a energia dourada quente que ele sentia dentro dele fosse suficiente, não deveria haver problema aumentando sua força aqui.

“Reconhecido.”

Dorian sentiu a sensação cálida de energia dentro dele sumir quando foi vorazmente sugado em sua Matriz de Feitiços da Alma, se afastando. Ao fazê-lo, uma tela azul-claro com escrita apareceu em sua mente.

[Salamandra Vermelha – Fase de Crescimento: (3/5) Jovem Adulto]

[Progresso do Crescimento – 786/100]

Antes que ele pudesse reagir, uma segunda tela apareceu imediatamente.

[Progresso de crescimento ultrapassou o limite. Fase de evolução iniciada. Transferindo para o espaço da evolução…]

[Não esqueçam de comentar e recomendar]

Ei, você gosta dessa novel? Acha que o tradutor merece um incentivo para continuar mantendo o bom trabalho? Pois agora ela tem Padrim e você pode contribuir com apenas 2$.

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!

Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 2 - Primeira Evolução - Salamandra Vermelha
Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 4 - Nova Capacidade
COMPARTILHAR
Leitor inveterado Veterano na fundação da internet: "na minha época, isso tudo aqui era mato" Traduz, revisa, erra, conserta e ri.