Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 161

660
Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 160
Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 162

Tradução: Denn | Revisão: The Careca


Em Frente

“O mundo exótico de Ballians. Um misterioso mundo de sonhos despedaçados.”

Quando Dorian subiu no convés do Navio Voador, ele se portou com uma Aura orgulhosa e austera. Ele puxou um pouco a Lei da Bravura, mantendo-a sempre um pouco ativa. O dreno de energia era insignificante, mas fazia maravilhas quando ele aparecia.

Dorian estava ciente de que se uma pessoa quisesse ver algo, seria mais provável que ela visse aquilo, mesmo que não estivesse realmente lá. As expectativas que esses Sombras tinham para ele eram algo em que ele contava.

Todos pensaram que veriam um herói orgulhoso e majestoso.

E foi assim que ele apareceu. O impulso da Aura da Lei da Bravura ajudou a aumentar isso. Os Sombras entraram nisso esperando algo, e foi exatamente isso que eles lançaram.

“Grande herói! Herói Inigo!”

“Grande Senhor Inigo!”

“Imperador imortal Lorde Inigo!”

Quando Dorian chegou ao convés, ele foi recebido com vários aplausos. Uma boa dúzia de artistas marciais místicos que se juntaram ao exército de Dorian estavam lá em cima, admirando a vista quando o navio voador chegou ao fim da Ponte Mundial ou apenas conversando entre si.

Havia alguns magos que haviam se juntado ao exército de Dorian, mas quase todo mundo era um artista marcial místico. Era muito mais fácil se tornar um artista marcial místico do que um mago.

“Saudações, meus companheiros soldados. Louvada seja a luz.” Dorian virou-se para os artistas marciais e acenou com a cabeça levemente, mantendo os ombros retos. Todos esses guerreiros queriam um pedaço da glória da jornada de Dorian, independentemente de qualquer perigo.

“Louvada seja a luz!”

“Mate os demônios!”

“Wooooo!”

Os guerreiros responderam com aplausos apaixonados, mas ainda silenciosos.

Todos no convés estavam cientes de que a “esposa” de Dorian, Helena, estava ferida e doente. Como resultado, mesmo os mais barulhentos dos guerreiros mantiveram um tom calmo por respeito.

Foi uma demonstração notável de disciplina que deixou Dorian genuinamente impressionado.

Quando Dorian passou pelos Artistas Marciais, ele caminhou com o guerreiro da Classe Rei até a borda do navio, perto da frente. Ele olhou além da borda, para o que estava diante dele.

Uma ponte gramada do mundo terminava a poucos quilômetros de distância. Ele conseguiu distinguir o portal que lhe permitia atravessar o Espaço Caótico no final.

Além disso, no entanto, havia uma escuridão mortal, preta e cinza. Ele conseguia distinguir partes da Ponte Mundial quando ela descia. Mas, eventualmente, tudo o mais foi obscurecia sua visão.

“O mundo exótico de Ballians. O misterioso mundo de sonhos despedaçados.” Ele repetiu as palavras, desta vez em sua cabeça.

A maioria das pontes mundiais estava fortemente interconectada com outras. Foi assim que os Mundos dos 30.000 Mundos foram designados. Os mundos que agruparam as Pontes Mundiais foram considerados parte de uma região, enquanto os Mundos que não se conectavam eram considerados parte de outra região.

Não havia um verdadeiro “Leste” ou “Oeste” a esse respeito, além da interconexão da rede de pontes mundiais. Shaptle, o mundo normal que fazia fronteira com Moria e era usado como base para aqueles que exploravam as Ruínas Demoníacas em Moria, era algo único nesse sentido.

Apenas três pontes mundiais levam a ele.

Um Mundo Normal muito próximo da parte Sul da Comuna, a mais de 25 mundos da localização atual de Dorian.

Um de um Mundo Normal situado perto de Dorian, a 19 mundos de distância, mas ainda dentro da parte sul da Comuna.

E, finalmente, o do mundo exótico de Ballians.

Nesse sentido, poderia ser visto como um enorme atalho. Ao seguir esse caminho, você pode passar por um número enorme de mundos.

Para Dorian, que estava com um pouco de dificuldade, querendo ajudar Helena a se recuperar o mais rápido possível antes de ser descoberto, viajar mais 19 mundos parecia uma sentença de morte. Além disso, todos os especialistas que viajavam com ele acreditavam que ele estava em uma missão urgente, em que ele não podia se dar ao luxo de perder um único segundo, e especialmente não várias semanas.

Para ele manter sua imagem, ele não podia se dar ao luxo de seguir caminhos lentos.

Portanto, esse atalho era sua única opção.

Ballians não era um mundo exótico extremamente perigoso. No entanto, também não era seguro.

O mundo dos sonhos despedaçados era um mundo que havia sido devastado por um dos antigos altos generais sob o imperador demônio, um demônio conhecido como o mentor dos sonhos. Esse demônio se especializou em magia relacionada aos sonhos.

Embora isso não parecesse um campo particularmente poderoso de Magia, e, aos olhos da maioria, não era, o Mentor dos Sonhos era uma figura monstruosamente poderosa. Seu domínio da Magia dos Sonhos era tão completo e poderoso que ele foi considerado o maior Mago dos Sonhos que já existiu.

E foi aqui, em Ballians, durante uma das lutas épicas que decidiram o destino da Raça dos Demônios, que o Mentor dos Sonhos morreu. Abatido sob as lâminas dos Cinco Grandes Heróis.

“Você conseguiu matá-lo… Mas deixou para trás os restos para eu lidar.” Dorian suspirou, encarando a entrada ameaçadora.

“Eu realmente não tenho muita escolha.”

O mundo exótico estava coberto por um miasma de sonho que fazia a própria realidade parecer distorcida. No entanto, para especialistas da Classe Lorde, ou mesmo especialistas do Grande Mestre ou Classe Mestre, o Miasma dos Sonhos não poderia fazer quase nada com eles.

Mesmo alguém na condição de Helena ficaria completamente ileso por seus efeitos.

Somente aqueles na Classe Céu ou abaixo poderiam ser afetados adversamente, e mesmo assim apenas um pouco.

O Miasma dos Sonhos apenas tornava a visibilidade muito mais difícil. Além disso, tudo o resto funcionaria normalmente. Os efeitos colaterais da grande batalha de muitos anos atrás foram generalizados, mas isso não significava que eles eram inerentemente perigosos.

Afinal, embora o Mentor dos Sonhos tenha sido um Mago de Classe Angelical, ele era um dos membros de classificação mais baixa nesse grupo. Ele era poderoso, mas ele não era um Deus. Mesmo ele não podia intencionalmente lançar um feitiço que pudesse destruir um mundo inteiro.

Tudo o que eles precisavam fazer era voar 800 quilômetros em uma direção específica, através do Miasma dos Sonhos, e eles escapariam sem escândalos. Felizmente, a Ponte Mundial para Shaptle não estava muito longe do ponto de partida.

A única coisa que eles precisavam se preocupar eram as zonas de perigo que restavam da batalha com o Mentor dos Sonhos.

“E é possível que eu possa torcer o destino para facilitar a jornada.” Ele pensou, balançando a cabeça. Talvez não fosse tão ruim assim.

“Santo Grão-Lorde, o navio voador que montamos foi encomendado para nos levar até Shaptle. Devo dar a ordem para prosseguir?” Do lado de Dorian, Fabian, conhecido por seu apelido Lança Perfurante, falou, prestativamente informativo.

Dos três capitães de Dorian, Fabian era, de longe, o mais falador. Os outros dois, uma mulher idosa e outro homem idoso, eram muito mais taciturnos. Dorian podia sentir a paixão que esses anciões tinham, no entanto. Parecia que eles tinham sentimentos pessoais profundos em relação à raça demoníaca e aprovavam a missão de Dorian o suficiente para escolher se juntar a ele.

Dorian olhou para o Sombra de Classe Rei e depois assentiu. O navio havia diminuído a velocidade, flutuando no ar através do poder da Magia, enquanto olhava para o misterioso e perigoso mundo.

“Dê a ordem.”

“Vocês ouviram o líder! Todo mundo! Prepare-se, estamos entrando em Ballians! Esteja em seu nível mais alto de alerta enquanto estamos em movimento!” O Sombra gritou ordens, com uma voz que de alguma forma era autoritária e difundida, mas também silenciosa.

“Ouça ouça!”

“Avante!”

“Vamos fazer isso!”

Um dilúvio de aplausos silenciosos o cumprimentou e, lentamente, o navio avançou mais uma vez, ganhando velocidade quando começou a voar em direção à escuridão iminente à frente.

“Aqui vamos nós…” Dorian pensou, seu rosto um rosto sem expressão.

“O último mundo até chegarmos a Shaptle.”

¤¤¤

Em um mundo bem distante da localização de Dorian, dois grandes leviatãs do céu podiam ser vistos, voando alto acima da terra abaixo. Dois Dragões poderosos que enviavam bestas próximas fugindo aterrorizadas à mera visão deles.

Um era de cor jade, enquanto o outro era ouro escuro e polido.

“Estamos quase chegando agora, Mira.” O dragão de escamas douradas soltou um rugido solto, falando em Dracônico enquanto suas asas trovejavam diante dele. Faíscas de energia pareciam voar de seu corpo enquanto ele voava, girando caoticamente no céu.

“Eu sei… eu sei. Só estou preocupada, só isso.” Mira respondeu, balançando a cabeça menor de dragão lentamente.

Ambos os dragões foram levemente golpeados pelos ventos furiosos que batiam sobre eles. Eles voaram sobre um grande mar de gelo congelado, intercalados por grandes montanhas altas.

O mundo exótico de Flouta, um mundo congelado coberto de montanhas. Também passou a ser o lar do mundo neutro acordado entre a tribo Sábio de Jade, a tribo Chama Dourada, a tribo Asa Forte e a tribo Cauda Verde.

“A Tribo Asa Pesada…” Mira pensou, seus olhos dracônicos se apertando um pouco.

Eles estavam todos mortos.

Abatidos em sua totalidade. Nem um único dragão que estivera perto do mundo natal da Tribo permaneceu vivo.

Houve alguns membros da tribo Asa Pesada que sobreviveram por não estar em casa ou em missões diversão. Mas, em essência, a Tribo foi exterminada e morta. As 12 tribos eram agora 11.

A Tribo havia sido morta por um ser poderoso e brutal. Uma criatura que se chamava Zero, assumindo a forma de um enorme e imponente Leão com uma juba dourada e brilhante.

Uma chamada ‘Anomalia’, semelhante à outra ‘Anomalia’ que estava supostamente ajudando e apoiando a Tribo Asa Vermelha. Só que essa anomalia aqui não era decididamente amigável.

A Tribo Asa Pesada era famosa por suas proezas defensivas. Em termos de poder defensivo bruto, nenhuma outra tribo seria capaz de se equilibrar. Era o nicho que sua tribo havia dominado.

E, apesar disso, eles ainda estavam todos mortos.

Era um pensamento horrível para ela considerar.

A dupla voou silenciosamente por alguns minutos, avançando a uma velocidade extremamente rápida. O tempo frio não parecia ter nenhum efeito real em nenhum dos dragões, roçando contra eles sem sucesso.

“Isso me lembra dele.” Mira fez uma observação enquanto voavam, sua voz calma.

“Quem?” Aiden respondeu, olhando para ela.

“O companheiro dela. O homem responsável pela destruição da Raça Demoníaca.” Ela assentiu.

“Yukeli do Absoluto.” Enquanto ela falava o nome dele, seu corpo inteiro estremeceu.

Uma segunda pausa apareceu quando Aiden processou suas palavras. Eles voaram em silêncio por mais alguns momentos, passando por um grupo de nuvens flutuantes.

“Não importa quem ele é. Tudo o que importa é que ele é um inimigo declarado de nossa raça. Não podemos deixar as outras tribos caírem.” Aiden respondeu, suspirando. Uma semente de preocupação estava em seu coração enquanto ele considerava o ser perigoso que estava ficando louco.

“Eu sei…” Mira deu de ombros, um gesto decididamente estranho em seu corpo relativamente pequeno, mas ainda grande, dracônico.

“Isso pode servir como o estímulo que precisamos para reunir as tribos.” Ela adotou uma abordagem nova e mais otimista.

“Talvez. Tudo o que sabemos, agora, é que essa Anomalia se mudou para a Tribo Asa Vermelha. Você disse que uma Anomalia diferente se uniu àquela Tribo, certo? Eu não sei como o tipo delas funciona, mas não deveria esses dois ter poderes semelhantes? Talvez eles se matem.” Aiden perguntou, sua voz curiosa.

“Eu não sei.” Mira deu de ombros novamente, desta vez impotente. As informações que ela possuía eram limitadas, mesmo ao usar o Artefato de comunicação de longo alcance para manter várias conversas.

“Deveríamos saber mais quando chegarmos à Convenção.” Os olhos dela brilharam frios.

“Ainda estou surpreso que isso esteja acontecendo.” O plano original de Mira e retornar à sede da Tribo Chama Dourada ao lado de Aiden, e relatar suas descobertas primeiro. Sua própria tribo, em termos de poder bruto de batalha, era uma das mais fracas entre as 12.

No entanto, quando estavam voltando para casa, foram informados sobre o evento e até solicitados para participar pessoalmente. A dupla concordou e se apressou aqui.

“Pensar que nosso rival de longa data, Arthur Telmon, enviaria um representante pessoal aqui para conversar sobre esse incidente e oferecer seu apoio.” Ela balançou a cabeça.

“O que está acontecendo no céu?”

[Careca: E agora temos a aparição dos dragões tentando consertar a merda do zero]


[Não esqueçam de comentar e recomendar]

[Leiam BEYOND?! O Denn finalizou a novel!]

Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 160
Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 162
COMPARTILHAR
Leitor inveterado Veterano na fundação da internet: "na minha época, isso tudo aqui era mato" Traduz, revisa, erra, conserta e ri.