Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 117

329
Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 116
Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 118

🌞 Ative o Modo Noturno 🌚

       

Tradução: Denn | Revisão: The Careca


Deixando

Taemin jogou o corpo de Probus para o lado enquanto ele girava, seus braços subiram em uma posição protegida.

Nem um momento depois, várias pequenas explosões de luz explodiram, dando vários passos para o lado enquanto os Sombras o atacavam. Taemin agilmente desviou ou bloqueou ataque após ataque, mas o poder absoluto da barragem forçou-o a permanecer na defesa. Os Sombras estavam avançando, gastando toda a sua força sem esconder nada.

“Probus! Nããoooo!” O corpo de Trajano ficou embaçado quando ele avançou, pegando Probus antes que ele caísse no chão. Ele imediatamente pulou para trás depois que ele o agarrou, cortando o ar enquanto se retirava para as tendas.

O chão cheio de crateras quebrara a maioria das barracas, espalhando camas, suprimentos aleatórios e móveis no platô. Trajano correu para uma área em particular, onde os outros vampiros estavam descansando.

“Carten! Rápido! Cure-o!” A voz de Trajano estava frenética quando ele aterrissou com força no meio dos outros Vampiros, apontando para um dos velhos Magos de Sangue que os acompanhava.

Imediatamente o Vampiro se adiantou, limpando o suor da testa enquanto olhava para Probus.

O pescoço inteiro de Probus foi esmagado, a força extrema que o Mago de Diamante Taemin manteve incessante em sua ferocidade. Seus movimentos tinham uma certa ferocidade, imbuídos de qualquer Lei que o Mago estudasse, uma que Trajano não reconhecia.

Um ataque como aquele era um que sobrecarregaria um corpo em um nível celular, não permitindo a regeneração natural que os vampiros possuíam para trabalhar.

Luz vermelha de sangue brilhou quando o Vampiro começou a lançar uma magia, retirando vários pequenos comprimidos brancos. Suas mãos se moveram e fluíram quando ele foi trabalhar, tentando curar a ferida grave.

“Probus… por favor.” As mãos de Trajano tremeram quando ele olhou para seu companheiro, seu companheiro de batalha, seu melhor amigo.

Ao lado, apenas momentos antes, Helena estivera em uma crise com a Anomalia Veritas.

“Fora do caminho, Vampiro. A Verdade não pode ser detida.” A voz de Veritas estava fria quando ordenou a Helena de lado.

“Eu quero falar com você, Veritas. Você roubou a visão de um dos meus companheiros, assim como o braço de outro, através de alguma maldição misteriosa.” Helena tinha começado, sua voz era calma apesar da cena caótica ao seu redor.

Ao mesmo tempo, ela segurava a Pulseira do Lobo Capitolino, um antigo Artefato Mágico, pronto em sua mão direita. Ela estava pronta para ativá-lo a qualquer momento.

Seu plano desmoronou ao redor dela com a chegada inesperada dos Magos da Autarquia de Borrel, bem como a presença do Príncipe Sagrado ao lado dos Sombras. Nenhuma dessas coisas foi predita pelos Magos do Destino da Família Aurélius, a volatilidade do Destino é muito difícil de ser analisada.

Ela optou por tentar continuar o plano, no entanto, fazendo uso das disputas internas entre as forças dos dois grandes poderes.

Logo depois que Helena terminou de falar, uma enorme explosão de força ondulou no ar quando o Mago de Diamante bateu no chão, e tudo começou a se desdobrar em um ritmo incrível.

Probus teve sua garganta esmagada pelo Mago de Diamante e foi impiedosamente atirado para o lado. Trajano o resgatou e recuou com seu amigo abatido.

Originalmente, Trajano deveria lançar sua Magia de Chuva: Torrente da Prisão Temporal. Isso lhe daria tempo suficiente para conversar com a Anomalia, enquanto ajudava a parar os outros Sombras.

As tendas e suprimentos que eles haviam armado tinham sido enviados voando, revelando Arial assustada que estava assistindo a batalha da ponta da barraca.

Veritas, ao vê-la, começara a avançar, a forma etérea da Anomalia se arrastou atrás dela enquanto a Anomalia produzia uma brilhante espada de luz.

Helena correu para se colocar entre os dois, ainda tentando convencer a Anomalia a falar. Seu plano estava desmoronando ao seu redor, mas ela estava determinada a pelo menos falar com a Anomalia antes de fugirem.

Naquele exato momento, no entanto, um rugido feroz e sufocante de sangue sacudiu o ar.

O Santo Príncipe da Igreja da Luz Isaac tinha se apressado para pegar a segunda Anomalia, Aron, depois de garantir Xaphan. Quando Isaac apareceu na frente de Aron, no entanto, ele encontrou um golpe mortal na lâmina.

O Príncipe Sagrado tinha se esquivado do ataque sem esforço, seu corpo emitiu pequenas partículas de luz enquanto ele avançava, com a intenção de derrubar a Anomalia inconsciente.

Foi nesse momento que Aron pareceu perceber que Xaphan estava sendo carregado pelo Príncipe Sagrado, pendurado nas costas do homem casualmente.

O corpo inteiro de Aron estremeceu. A armadura de lobo metálico que ele usava pareceu vibrar por um breve segundo.

E então, sem qualquer outro aviso, Aron pareceu explodir para fora, seu corpo se expandindo e crescendo à velocidade da luz.

Aron se transformou em um enorme Lobo de Pele Cinza, que tinha uma grande lâmina metálica perfurada pela boca, da base até o teto, apontando para cima. Seu corpo tinha aproximadamente 5 metros de altura, coberto de pelos ondulantes e músculos. Era uma aparência extraordinariamente estranha, intimidante e feroz.

Uma aparência estranha que Helena reconheceu da lenda, das histórias contadas sobre as antigas feras da antiguidade.

Um mito de um lobo imortal e amaldiçoado pelos céus com uma lâmina perfurada pela boca. Este lobo continha um terrível poder, capaz de criar enormes cortes de energia e devastar a paisagem.

Esta raça de lobo era extraordinariamente rara. Apenas sete foram registrados na existência, ao longo de centenas de milhares de anos.

Eles eram conhecidos como os Langshen. Os Lobos Divinos.

“HOWWWLLL!” Um uivo alto de lobo rasgou o ar, carregando consigo uma força momentânea. Todos no planalto, independentemente da classe, estremeceram.

O corpo do enorme lobo ficou embaçado quando desapareceu e depois reapareceu, bem ao lado do Príncipe Sagrado.

BOOOM!

Uma explosão surgiu quando atacou.

Um enorme e quase invisível golpe de força materializou-se e explodiu, cortando instantaneamente todo o planalto.

WHOOSH!

“Woah!”

“Cuidado!”

Imediatamente, o afloramento de pedra onde todos estavam de pé começou a desmoronar, fragmentos de pedra e rocha lançados no ar. O chão começou a deslizar juntos e para baixo, aumentando lentamente a velocidade.

“Não… Não…” Helena murmurou, seus olhos se arregalaram ainda mais quando mais e mais coisas deram errado. As Anomalias supostamente deveriam ajudá-las a convencer Veritas, e não a entrar em uma luta insana de fúria berserker. Ela não podia culpar Aron, vendo que seu companheiro tinha sido capturado, mas ainda estava fora dos seus planos.

Ela manteve o pé enquanto o chão deslizava, preparando-se para pular.

“Probus!” No fundo, o grito urgente de Trajano aumentou ainda mais a tensão.

Helena fechou os olhos por um breve segundo, frustração e estresse bateram nela.

Ela então os abriu e deu uma última olhada ao redor.

Os Sombras ainda estavam lutando contra o Mago de Diamante e a outra Maga que estudou algum tipo de Magia de Água, apesar do chão desmoronar abaixo deles. Veritas, após o enorme ataque, na verdade recuou, colocando sua própria segurança em primeiro lugar, em vez de perseguir Arial. O Príncipe Sagrado estava atualmente evitando os ataques de Aron, seu corpo se teletransportando ao redor.

Era uma cena caótica.

Ela tinha uma missão e falhou.

Ela não se permitiu se arrepender enquanto agarrava o bracelete.

“O Retiro do Capitólio.” Uma luz cinzenta quente cobriu-a enquanto ela cantava um comando para começar a ativar o Artefato. Um pequeno ponto de luz cinzenta tocou sua testa.

Este ponto de luz então disparou, seguindo sua vontade quando tocou Arial, e então voou pelo ar para tocar cada um dos Vampiros. O ponto se moveu e tentou tocar Aron, mas foi rejeitado. O mesmo aconteceu quando tentou tocar Xaphan.

Então voltou para ela, a luz pousando na pequena pulseira que ela agora usava em seu braço.

“Ativar.”

A luz cinzenta morna piscou para um crescente.

E todos eles, vampiros e raposa, desapareceram, imediatamente se teleportando para longe.

Deixando para trás uma enorme batalha, desdobrando em alcançar seu próprio fracasso nesta missão.

¤¤¤

Dorian olhou para a grande pílula listrada de azul e branco que ele estava segurando, examinando-a de cima a baixo.

Era uma Pílula de Reparo da Alma Shorn, feita perfeitamente pelo Alquimista que ele conheceu, Lorde Ru.

A viagem através do oceano tinha sido relativamente monótona. Eles haviam feito em um ritmo recorde, navegando pelo céu até o lado norte do continente de Pashal, onde haviam sido deixados em uma grande cidade escondida em uma grande floresta.

Lorde Ru lhe dera a pílula meia hora antes de aterrissarem. Ele também se curvou e deu a Dorian um adeus formal, afirmando que o karma que ele tinha semeado havia sido resolvido. O vampiro Aeth prontamente desapareceu em sua cabine, ignorando completamente Dorian.

Ele tinha sido um pouco rude, mas uma pessoa decente em geral, Dorian tinha decidido, enquanto olhava para a pílula que o Vampiro Aeth havia lhe dado.

Depois que eles pousaram, Dorian fez algumas compras, pegando algumas roupas que não se desfaziam toda vez que ele se transformava. Depois disso, ele e Líder foram pegar alguma comida.

Foi então que eles se depararam com o par de dragões.

“Mostre-me meu estágio de crescimento, Ausra.” Ele comandou em voz alta enquanto se sentava em uma longa cama de madeira.

Ele estava atualmente sentado em uma pequena sala de estalagem que ele alugou, temporariamente descansando e refrescando aqui antes de partir para Magmor.

¤¤¤

[Sábio Dragão de Jade – Estágio de Crescimento: (1/5) Dragonete de Jade]

[Progresso do Crescimento – 3.482 / 5.805]

¤¤¤

Ele sorriu.

Foi realmente muito fácil ganhar essa forma.

Depois que ele ganhou a linhagem, ele instantaneamente se transformou, provando para Mira que ele tinha uma herança, de algum tipo, de sua avó. Ele tinha muito pouca energia de crescimento restante, nem mesmo o suficiente para passar do primeiro estágio, mas ainda estava bem. O Sábio Dragão de Jade entrou em choque completo quando Dorian se tornou membro de sua própria raça, quase incapaz de aceitar a realidade do assunto.

Ela se recuperou rapidamente, no entanto, e ficou completamente convencida. A habilidade de Dorian de replicar completamente sua raça, até a sensação inata de se reconhecer como Sábio Dragão de Jade, a conquistou completamente.

Foi um momento tenso e um plano arriscado. Afinal, era possível que Mira não acreditasse nele e pensasse que seu poder de transformação vinha de outra coisa. Felizmente, o pedaço de Ausra que Mira parecia sentir ajudou a convencê-la de sua legitimidade, e as coisas funcionaram no final.

Seu destino tinha tido sorte.

Depois de se tornar um Sábio Dragão de Jade, Dorian teve outra conversa com Mira, desta vez em sua forma de dragão bebê. Ele explicou que ele teve que ficar na forma por cerca de uma hora, devido a certas limitações mágicas.

Eles conversaram e conversaram, e finalmente chegaram a um acordo.

Mira queria pedir sua ajuda para encontrar os restos da alma de sua avó em Magmor. Segundo ela, ela poderia detectar a presença de sua avó lá.

Mira explicou que a alma de Dorian parecia ter uma conexão inata com sua avó. Se ele fosse junto com ela, era possível que essa conexão ajudasse a extrair ou encontrar os restos de sua avó, onde quer que isso acontecesse.

Dorian concordou. Ele não tinha razão para não concordar, afinal de contas. Ele também tinha uma suspeita de que o que os Dragões estavam procurando seria nas Ruínas da Ascensão.

Em um conjunto de ruínas que eram extremamente perigosas, ter um par de Dragões de Classe Rei ao seu lado quando ele fosse explorar soou como um ponto positivo muito maior do que qualquer um dos negativos que o par poderia trazer.

Assim, eles concordaram em viajar juntos. Eles estavam prestes a sair agora, na verdade.

Dorian havia retornado para a cidade com Líder para garantir que todos os danos que eles causavam estivessem sendo consertados, e para pegar algumas últimas chances e fins. Tempo suficiente passou para ele retornar à sua forma humana, adaptando-se completamente à forma de Sábio Dragão de Jade.

“Bem. Vamos até ele.” Ele colocou a Pílula de Recuperação da Alma Shorn e se levantou, esticando as mãos humanas.

Sem olhar para trás, ele saiu da pequena sala da estalagem, descendo um lance de escadas de madeira e saindo pela entrada da frente.

De pé na rua de pedra pavimentada, esperando pacientemente, estava Líder. O caçador de aparência calma assentiu enquanto Dorian aparecia.

“Estou todo preparado, Grande Senhor, embora deva dizer, novamente, que acho uma má ideia confiar nos Dragões.” Sua voz estava calma quando ele avisou Dorian,

“Nosso tipo tem um pouco de história com sua espécie.”

Dorian acenou seus avisos, sorrindo em vez disso,

“Tenho certeza que vai dar tudo certo.” Ele não tinha certeza, mas estava confiante de que eles seriam mais úteis do que não, especialmente considerando que ele ainda estava sendo caçado por vários grupos.

“Vamos sair. Vamos nos encontrar com os dragões do lado de fora da cidade.” Ele cerrou os punhos levemente. Já era hora de ele cumprir sua missão e ressuscitar William. Parecia que tinha sido há muito tempo que William se sacrificou para salvá-lo.

E agora, ele estava apenas a um passo de trazê-lo de volta. Ele sorriu mais largo.

“Até amanhã, estaremos em Magmor.”

[Careca – Fui refutado, e o Probus ainda ta morto… to chatiadaço…]

[Não esqueçam de comentar e recomendar]

[Não esqueçam de se INSCREVER NO CANAL e acompanhar nossos vídeos]

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!

Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 116
Reborn: Evolving From Nothing - Capítulo 118
COMPARTILHAR
Leitor inveterado Veterano na fundação da internet: "na minha época, isso tudo aqui era mato" Traduz, revisa, erra, conserta e ri.