KING: Capítulo 23

336
KING: Capítulo 22
KING: Capítulo 24

🌞 Ative o Modo Noturno 🌚

       

●▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬▬●

Capítulo 23: A Tumba

Após alguns dias nos chegamos as ruínas.

Nas ruínas haviam muitas bestas lagarto de nível um, dois e três. A mais perigosa era o lagarto da costas vermelhas, esse lagarto cuspia uma saliva ácida que alcançava até 20 metros de distância, e alguns lagartos tinha a habilidade de se camuflar na paisagem. Essas duas espécies davam bastante trabalho para matar, pra mim que era apenas um rank bronze era necessário ativar minha técnica 15 vezes para matar uma besta de nível 3 como o lagarto de costas vermelhas que ainda possuía uma tremenda velocidade nesse terreno semi árido.

A subjugação das bestas ocorreu sem maiores problemas uma vez que a maioria dos mercenários era rank prata,  depois de ser certificar que não  havia mais bestas camufladas o chefe Cong seguiu Enlai pelas ruínas junto a seus guardas pessoais e o restante de nos ficamos recolhendo os núcleos das bestas mortas. Fora os núcleos os mercenários  também me ensinaram a recolher a saliva ácida do lagarto de costas vermelhas, segundo eles isso pode ser usado como uma espécie de arma contra os inimigos e possui um valor moderado no mercado.

Depois de estudar as ruínas por algumas horas o estudioso Enlai ficou de frente a uma rocha que estava no meio das ruínas, em sua mão havia um pergaminho no qual ele havia feito algumas anotações durante o percurso nas ruínas.

“Cinco mil anos atrás houve uma guerra de grande escala nesse mundo, inúmeros poderosos cultivadores morriam diariamente. Entre aqueles cultivadores que morreram no passado alguns tiveram grandes realizações na guerra e foram adorados como grandes mártires depois da morte, Um conto diz que lugar de descanso desse mártires eram preenchidos com os todos os bens que esses cultivadores tinham em vida. Depois de anos de pesquisa eu finalmente descobrir onde a Tumba de Shitou está!” Disse Enlai com o rosto vermelho de excitação ao recitar os contos da antiguidade que todos já ouviram falar.

“Você que dizer que Shitou aquele que nas lendas é mencionando como o único homem que pode controlar Bestas demoníacas e faze-las lutar no campo de batalha.” Perguntou chefe Cong com grande interesse.

“Sim esse mesmo, eu almejo o conhecimento dele e segundo algumas pistas abaixo dessa cidade está a Tumba dele.”

O estudioso Enlai começou a desenhar diversos caracteres parecidos com runas sobre a rocha com o seu sangue, esses caracteres pareciam um pouco diferentes das runas normais, elas não formavam sequencias ao invés disso pareciam semelhante a uma escrita. Depois de alguns minutos a rocha piscou com um brilho roxo e uma grande parte do chão cedeu revelando um caminho para o interior da terra.

(゜o゜)

(゜o゜)

“Chefe Cong hoje nos vamos conhecer uma parte da historia perdida.”

O chefe Cong chamou todos nós mercenário juntos e escolheu alguns para levar para dentro da Tumba. Somente sete cultivadores do elemento fogo e terra o restante ficaria para vigiar a entrada e as cargas, momentos depois 7 de nós os dois guardas e o Estudioso Enlai estávamos caminhando na entrada.

O primeiro lugar onde paramos era um grande salão subterrâneo, nele havia grossa colunas de pedra e algumas estátuas espalhadas, esse lugar parecia mais um abrigo subterrâneo do que uma Tumba. Nas colunas o Estudioso Enlai encontrou vários caracteres esculpidos, esses caracteres eram semelhante ao que o estudioso Enlai havia desenhado na Rocha da entrada mais Enlai olhava excitada-mente para os caracteres enquanto eu iluminava a coluna com as minhas chamas.

“Mestre Enlai nos já vasculhamos o lugar e encontramos um grande portão de aço na parte sul desse salão.” Disse o chefe Cong.

“Vamos lá da uma olhada” Disse Enlai.

O portão de aço tinha 4 metros de altura e 4 de largura e parecia ser extremamente forte e também continha caracteres gravado nele.

O estudioso Enlai ficou estudando o portão por algumas horas, enquanto isso o chefe Cong mandou avisar os mercenários de guarda na entrada que isso poderia demorar e pegar algumas provisões.

Depois de algum tempo o estudioso Enlai começou a pintar os caracteres no portão usando o próprio sangue, semelhante ao que ocorreu na rocha da entrada anteriormente o portão piscou com um brilho roxo e se abriu. O chefe Cong  seguiu na frente e o estudioso Enlai e seus guardas pessoais atrás dele.

O caminho após o portão parecia um corredor inclinada que se aprofundava para dentro da terra fazendo um curva que impossibilitava de ver o final do corredor. O caminho terminou em outra sala subterrânea, a diferença e que essa sala era imensamente maior e mais alta do que a primeira. Nessa sala havia 7 outras portas de  cinco metros de altura e cinco de largura, mas os olhos de todos estavam na estante central que havia nessa sala. Os olhos do estudioso Enlai brilharam, mas contra as minhas expectativas os primeiros a correr em direção a estante que estava cheia de pergaminhos foram os dois guardas pessoais do estudioso.

Ganancia podia ser vista claramente nas ações deles, e quando o chefe Cong ia agir o estudioso Enlai esticou os braços e o segurou.

No momento em que os dois guardas pessoais encostaram na estante, a luz roxa se acendeu e os dois guardas ficaram paralisados, alguns segundos depois a luz roxa desapareceu e seus corpos caíram no chão sem vida. Enquanto o resto de nós olhava para os guardas mortos o chefe Cong olhou para o estudioso Enlai e perguntou:

“Como você sabia que isso iria acontecer mestre Enlai?”

“Eu não sabia ao certo, mas eu deduzir! Se você pensar um pouco nos chegamos ate aqui por que eu destravei as “trancas” das entradas, por que o tesouro mais valioso de Shitou não teria nenhuma trava sobre ele!”

O chefe Cong se lembrou que na rocha na entrada e no segundo portão o estudioso Enlai havia demonstrado muito conhecimento ao compreender e decifrar os caracteres. Depois de andar em volta da estante no centro da sala durante muito tempo ele se abaixou e começou a escrever os caracteres com seu sangue.

“O que são esses caracteres?” Perguntou o Chefe Cong.

“Dizem que quando era jovem, Shitou queria ser um mestre de runas, mas como o sentido espiritual dele era baixo,  e que mesmo tendo um enorme conhecimento ele tinha muita dificuldade em manipular runas. Ate aqui eu não sei se essa historia e verdade, mas a parte a seguir pode ser comprovada pela própria existência dessa sala. Depois de algum tempo Shitou começou a pesquisar com o objetivo de criar runas que se adequassem a ele, Depois de anos de pesquisa ele conseguiu criar 48 caracteres com propriedades de comando ativados por vitalidade ou seja infundido a vitalidade no sangue e reproduzindo o caractere. Esse tipo de Caracteres tem uma grande vantagem e duas grandes desvantagem em relação as runas. A vantagem e que diferentes da runas os caracteres não precisam ser assimilados, você só precisa compreender os comandos  e o modo de reprodução, então basicamente qualquer um pode aprender. As principais desvantagem são: primeiro reproduzir e ativar os caracteres gasta vitalidade ou seja a vida ultil do usuário diminui, segundo os efeitos dos caracteres tem sua força padrão e não importa se você e rank ouro ou bronze a força dos caracteres serão sempre as mesmas.”

Enlai explicou com grande gosto e felicidade ele parecia uma criança exibindo o brinquedo novo.

“Eu já possuo 12 caracteres e tenho certeza que o restante da pesquisa de Shitou está na estante, quando minha família soube sobre os caracteres eles colocaram esses dois na minha cola para roubar a herança de Shitou, mas agora eu finalmente posso me livrar da minha família eles já se aproveitaram do meu conhecimento demais.” disse o estudioso Enlai apontando para os dois cadáveres.

Logo a estante piscou com um brilho roxo e Enlai começou a pegar os pergaminhos na estante e estuda-los sem prestar a atenção em nós.

“Chefe Cong esses tais caracteres podem ser de grande ajuda pra gente.” disse um dos mercenários para o chefe Cong.

“Você e louco? porque eu diminuiria meu tempo de vida por isso? além do mais quem sabe quanto tempo levaria para compreender esses caracteres? e melhor gastar meu tempo cultivado.” disse o chefe Cong nervoso, o que esse mercenário tinha acabado de insinuar poderia ser interpretado como um insulto ou ameaça pelo o estudioso Enlai então ele ficou nervoso com seu subordinado.

E assim todos perderam interesse nos caracteres. Meu interesse se dissipou como fogo embaixo d’água depois que eu ouvir que iria ter estudar essas coisas para saber usar.

[Contextualizando: Os caracteres que Shitou criou foi baseado na escrita chinesa, praticamente ele encontrou uma forma de expressar comandos e ideias através dos caracteres que ele criou.]

KING: Capítulo 22
KING: Capítulo 24