KING: Capitulo 10: Desastre

606
KING: Capitulo 9: A viagem
KING: Capitulo 11: Sem saída.
Quando os primeiros raios de sol atingiram o acampamento o ancião Tao e seus guardas acordaram a todos silenciosamente, um a um todos foram se levantando e retornando para as carruagens. O Ancião e seus guardas instruíram a todos a manter o mais absoluto silencio durante a travessia pela floresta, a formação das carruagens também mudou formando 3 filas distintas de 5 carruagens.
Somente quando chegamos a entrada da floresta eu realmente tive a ideia que quão fantástica era essa floresta, as arvores eram tão altas que parecia interligar o céu e a terra e elas eram tão grossas que seriam necessária 15 pessoas para abraça-la, a floresta possuía um verde deslumbrante eu nunca tinha visto algo sim na minha vida inteira.
Nós iniciamos a travessia tranquilamente, a floresta estava tão quieta que era meio perturbador, ate mesmo no meu antigo mundo onde as florestas eram parcialmente sintéticas sempre havia barulhos de pequenos animais e pássaros buscando abrigo e comida.
A cada 200 metros que penetrámos na floresta as carruagens fazem uma breve parada e 2 guardas passam na frente para checar as condições do caminho, somente quando um deles voltava e sinalizava as carruagens voltam a andar, as vezes alguns desvios são feitos e as vezes ficamos parados por um tempo maior, mas logo seguimos em frente novamente.
“Wang Li tem algo de errado com a floresta, normalmente nos já teríamos sido atacados por algumas bestas de ranks 2 e 3 que seriam atraídas pelos cavalos, escute com cuidado pegue esse mapa se algo acontecer você deve segui-lo para sair da floresta.” Disse o Mestre Tao.
“Sim, Mestre!”
Na verdade eu não sinto nenhum tipo de medo, o mestre Tao e um homem extremamente forte, mas não e só isso! ele também é um mestre em runas. Na verdade o segredo do mestre para as viagens bem sucedidas e exatamente isso, as carruagens estão repletas de runas de ocultamento que foram aplicadas pelo próprio mestre. Todo esse tempo em que sou discípulo do mestre Tao ele vem me ensinado o Dao das Runas, apesar do mestre dizer que eu sou talentoso eu sinto que meu progresso ainda não e bom o suficiente. Meu sonho ainda esta longe de ser alcançado, eu quero ser o maior Mestre de Runas do Império.
Já faz algum tempo que nos estamos dentro da floresta, às carruagens não são lentas, mas o próprio terreno em si traz dificuldades de avanço. Interrompendo meus pensamentos, a floresta começa a tremer como um terremoto, toda tranquilidade e silencio inicial se foram, agora eu ouço muitos rugidos altos  de diferentes direções, os jovens da carruagem em que eu estou mostram expressões apavoradas e todos começam a colocar suas cabeças para fora da carruagem, nesse momento a voz do ancião Tao soou como um trovão:
“Todos vocês não saiam das carruagens! Todos os cocheiros aumentem a velocidade, vamos sair daqui rapidamente!”
Os cavalos foram chicoteados e as carruagens imediatamente começaram a acelerar. Esses cavalos são criaturas excepcionalmente fortes e calmas, mesmo com os abalos sísmicos aumentando cada vez mais eles não perdem o ritmo e também não se assustam. Depois de um breve período começamos a ser atacados, eu vi as bestas virem de encontro com as carruagens como se fossem suicidas. É como se a carruagem fosse invisível e as bestas estivessem tentando atravessar por ela, , eu ouvir pelo menos dois barulhos altos das carruagens tombando na nossa frente, seguido pelos pedidos de socorro dos jovens que estavam nela.
O cocheiro parou a carruagem todos olharam para ele assustados, ele nem devolveu olhar somente gritou:
“Temos que chegar às carruagens da frente, se apressem e corram!”
Depois disso ele foi o primeiro a sair correndo, os jovens ficaram extremamente confusos e não se moveram, enquanto isso eu fui o primeiro a descer da carruagem.
A cena diante dos meus olhos é magnifica e aterrorizante ao mesmo tempo, Serpentes gigantes saindo de dentro da terra e devorando inúmeras bestas ao mesmo tempo, cada movimento delas parecia um dança exótica que trazia morte, para as bestas que tentavam fugir desesperadamente. Eu já havia visto uma grande parte daquelas bestas, no livro sobre bestas comuns que Wang Li me deu e naturalmente elas eram ainda mais aterrorizantes e belas do que os desenhos do livro.
Nesse momento todos já saíam da carruagem e o terror dessa cena diante de seus olhos “quebrou” os de coração fraco, outros começaram a correr em direções aleatórias, alguns pareciam tentar voltar pelo caminho que a carruagem veio. Eu não vi nenhum dos guardas e não há nem mesmo uma pista da direção em que as outras carruagens seguiram.
Uma alcateia de Lobos Vermelhos atacou as Serpentes do Submundo o que proporcionou uma abertura para seguir em uma trajetória retilínea, sem hesitar eu comecei a correr, alguns dos jovens que ainda estão “conscientes” me seguiram. Outras bestas continuamente cruzam meu caminho com uma velocidade assustadora, mas elas nem sequer me olham duas vezes como se fugir dali fosse o mais importante no momento.
Depois de correr por um tempo eu parei próximo a uma arvore para pegar folego eu já não via nenhum dos jovens que estavam correndo atrás de min. Essa parte da floresta estava relativamente mais calma, mas ainda é possível ouvir o rugido das bestas ecoando pela floresta.
Depois de descansar, comecei a sentir uma sensação ruim de estar sendo observado, eu caminho lentamente tentando não fazer barulho, mas logo pude ver o que me observava. É um Escorpião de Jade, a criatura tem pelo menos 2 metros de altura seu corpo é esverdeado e ele se aproxima cada vez mais de min. Eu mais uma vez corri, o que não adianta em nada o Escorpião de Jade é estranhamente rápido, de repente eu sentir o solo debaixo dos meus pés sumir… E eu só vi escuridão do buraco onde eu caí.
[Contextualizando: O Ancião Tao é um ex soldado Imperial e um Mestre de Runas de Classe Inferior, ele ainda faz trabalhos para o Império como reportar mensalmente a situação da cidade Dragão Pacifico e anualmente levar jovens cultivadores até a capital para o teste na Academia Imperial.]
PS: Aceito Criticas, perguntas e podem me mostrar meus erros de gramática.
KING: Capitulo 9: A viagem
KING: Capitulo 11: Sem saída.