Tate No Yuusha – Capítulo 1

433
Tate No Yuusha - Capítulo 2

Uma Invocação Real

Offline pelo Google DOCS

“Humm”

Eu vim para a biblioteca da cidade para relaxar e ler alguns livros.

Espera, essa e uma maneira terrível de começar. Eu nem sequer fiz minha introdução ainda. O meu nome e Iwatami Naofumi. Estudante de faculdade do segundo ano, e eu sou o que a maioria das pessoas considerariam como um Otaku. Eu nem sempre fui assim, mas depois de que me foram apresentados video games, animes, e a cultura otaku, não havia nenhuma maneira pela qual eu poderia voltar a me importar por coisas tão entediantes como ter que estudar.

Assim que, quando meus pais perceberam que eu era uma causa perdida, eles decidiram focar seus esforços no meu irmão caçula invés, forçando ele numa escola preparatória bem famosa para “assegurar o seu futuro”. Infelizmente, eu acho que ele teve uma recaída por ter sido pressionado a viver à altura das expectativas deles e preparar-se para os exames de admissão, já que a esse ponto ele havia tingido seu cabelo de loiro e começou a falar como um punk. Esses foram realmente tempos sombrios para a nossa família.

 

Mas então, um salvador apareceu: eu!

Eu me acerquei de meu querido, mau-humorado irmão caçula e lhe disse para jogar um certo jogo mega popular de namoro virtual.

 

“Você tá tirando uma com a minha cara eh!? Tira essa porra da minha cara e dá o fora!

“Meu deus, só confia em mim e joga isso, okay?

 

Eu sabia a verdadeira razão pela qual o meu caçula se revoltou assim. E porque diferente de mim, quem sempre teve tudo que eu sempre quis desde pequeno enquanto crescia, ele estava sendo forçado a fazer nada além de estudar dia após dia. Ele estava desesperadamente precisando de um canal de saída para a sua frustração. E quando um especialista de ser relaxado lhe dá uma recomendação, bem, até mesmo meu irmão não poderia resistir a oferta e ter seu interesse aumentado.

…Para resumir essa longa história, o mundo ganhou mais um otaku. Desde então, o quarto do meu irmão foi totalmente transformado, lotado até o último centímetro com mercadorias do jogo que eu lhe havia recomendado. E acima de tudo isso, agora que ele estava livre de seu estresse, ele conseguiu passar em todos os seus exame e entrou para uma escola de ensino médio de grande prestígio. Eu estaria mentindo se eu dissesse que isso não me incomodava nem um pouco.

Mas do lado positivo, graças aos meus esforços, meus pais aliviaram a minha barra, e eu sou finalmente capaz de viver uma vida universitária despreocupada. Eu acho que eu poderia ser chamado de “ A Ovelha Negra Da Família Iwatami”.

De qualquer modo, onde que eu estava mesmo? Oh, verdade, a biblioteca.

Meus pais já haviam me dado a mesada deste mês de 10,000 yen, cujo eu converti diretamente em light novels, mangás e pornô. Eu fiz outros 50,000 yen por mês com o meu trabalho de meio período, mas entre as comikets de verão e inverno, e todos os outros festivais locais, estava parecendo que eu teria que provavelmente pousar na casa dos meus pais outra vez por um tempinho…

Ainda assim, eu sou capaz de viver da maneira que eu bem quiser. Então eu não poderia pedir por mais. Pelo que me concerne, ter somente a minha mensalidade escolar e minhas despesas com comida pagas já eram mais do que o suficiente. Mas isso não mudava o fato de que eu estava quebrado até o pó, portanto, a respeito dos interesses em frugalidade, eu estava passando meu tempo lendo livros aleatórios em livrarias usadas e bibliotecas.

Eu brevemente considerei acabar voltando para o meu jogo online cujo eu estive jogando recentemente, mas fazer isso significaria que eu estaria entregando a mim mesmo a um eterno desperdício de tempo. Veja, eu sou o tipo de cara que aprecia o proveito acima de profundidade. Invés de passar meu tempo competindo pela diferença de nível de personagem dias e noites seguidas, eu preferia passar todo o meu tempo de jogo, despreocupadamente fazendo dinheiro. Em fato, eu tinha um personagem nesse exato instante vendendo itens raros no mercado dentro do jogo.

Infelizmente, isso significava que o eu da vida real, tinha ainda mais tempo do que ele sabia o que fazer com isso. — cuja é a razão pela qual eu estou agora na biblioteca.

Isso aconteceu enquanto eu estava escaneando a seção dedicada a velhas novelas de fantasia. Você pode não saber disso mas novelas de fantasia são tão velhas quanto a própria humanidade. Até mesmo a Bíblia é basicamente uma novela de fantasia, se você for mesmo ao fundo disso.

 

 

“As Armas Dos 4 Santos?”

Por alguma razão, um livro bem usado com um título quase ilegível de repente caiu da estante. Talvez alguém que leu esse livro por último deve tê-lo mal guardado sem querer? Ou, talvez isso fosse o desejo do destino. Nesse ritmo, eu sentei na cadeira mais próxima e comecei a lê-lo.

*Vira a página*

* outra página*

*Vira mais uma página*

Aparentemente este era um daqueles livros que começam falando sobre os pontos da história com excruciantes detalhes. Havia coisas demais para absorver, mas o ponto principal era que uma profecia prediz o fim do mundo. De acordo com a profecia, o mundo seria destruído por ondas de calamidade, e as pessoas chamaram por Heróis de outro mundo para que os salvassem.

“Esse é um tema bem clichê, mas eu acho que não posso ter expectativas muito altas para uma antiguidade. Ela deve ter sido o assunto da cidade, super popular naquela época.”

Quatro Heróis foram convocados, sendo que, cada um deles portava uma das seguintes armas: Espada, Lança, Arco e Escudo.

“Hahaha, o que!? Um escudo nem sequer é uma arma, isso é uma armadura!”

Eu ri ironicamente, mas segui com a leitura. No final, os Heróis seguiram numa viagem separadamente para ganhar experiência e polir suas habilidades a fim de combater as Ondas de Calamidade.

*Bocejo*

Um onda de sono lhe encobria. Seriamente, seria tão mortal ter pelo menos adicionado uma mulher fofa ou duas para manter o interesse do leitor? Digo, tecnicamente, sim, havia uma princesa na história, mas ela parecia como uma completa vadia. Pela maneira como ela se atirava para cima de cada um dos heróis era totalmente nojenta. Tipo, escolhe um cara só e continua só com ele, certo?

Ah, bem, pelo menos havia uma quantidade decente de elenco de personagens. O Impetuoso Herói da Espada, e o profundo Herói da Lança. A Cópia de Robin Hood, o Herói do Arco, trabalhando em conjunto para sobrepujar um governo corrupto. Mas quando a história tornava sua atenção para o Herói do Escudo…

“Huh?”

Eu inadvertidamente soltei um som de surpresa enquanto eu virava as páginas. Tudo a respeito do Herói do Escudo estava em completo branco. Não importava quantas vezes eu houvesse verificado, não havia nada ali sobre ele.

“Mas que merda e essa?”

Antes que eu entendesse o que estava acontecendo, minha visão lentamente foi-se escurecendo e minha consciência começou a desaparecer. Até mesmo nos meus sonhos mais loucos, eu nunca teria imaginado que — assim de simples — eu acabaria sendo transportado para um outro mundo.

Tate No Yuusha - Capítulo 2