Hail The King: Capítulo 1135

282
Hail The King: Capítulo 1134
Hail The King: Capítulo 1136

O último plano

De acordo com o plano anterior, muitos cidadãos de Chambord entraram na Cidade do Céu, tornando-a mais animada. Muitos edifícios e pavilhões de pedra foram atribuídos a famílias, e esta cidade milagrosa tornou-se mais amigável.

Os cidadãos de Chambord já estavam satisfeitos com sua nova casa. Muitos deles nunca imaginaram que um dia poderiam viver em uma cidade tão divina e perfeita!

As belas estátuas, o ambiente adequado, o ar fresco, o poderoso poder defensivo e os itens e infraestruturas mágicas do dia-a-dia que podiam ser controlados por voz. Todos se sentiram como se tivessem se tornado deuses que podiam controlar tudo nas lendas.

A maioria das pessoas que entraram na Cidade do Céu eram os antigos residentes de Chambord antes da chegada de Fei, então sua lealdade para com Chambord era incomparável. O outro grupo de pessoas que se mudou para a cidade era composto por guerreiros que demonstraram honra e bravura durante as batalhas e acumularam méritos militares e também suas famílias.

O processo de seleção dos novos residentes da Cidade do Céu foi rigoroso. Do início ao fim, foram mais de dez etapas. Este plano começou antes de Fei se casar, e muitos requisitos e testes foram estabelecidos. O histórico de todos que entraram na Cidade do Céu foi investigado e verificado, e nenhum erro foi cometido.

Todos esses esforços foram para impedir que espiões inimigos entrassem sorrateiramente nesta cidade lendária.

Após o término desse pequeno processo de migração, a Cidade do Céu se tornaria o centro da Região Norte. Esta seria a cidade divina e a residência do Imperador Humano do Norte, e esta cidade representaria o centro do poder de Fei e o mais alto nível de autoridade.

Até mesmo as 12 Montanhas dos Cavaleiros de Ouro atrás de Chambord foram transferidas para a área ao redor da Montanha do Rei Divino, onde ficava o Palácio do Rei Divino. Fei moveu as montanhas para a Cidade do Céu usando seu grande poder, e essas 12 montanhas abrigavam os 12 palácios que conduziam ao Palácio do Rei Divino com os 12 Cavaleiros de Ouro guardando-as.

Além disso, milhares de tipos de bestas demoníacas se moveram do Mar de Florestas Sem Fim para a Cidade do Céu, e o ecossistema da Cidade do Céu estava completo.

Quando Fei voltou para o Palácio do Rei Divino, a medida de segurança final nesta migração para a Cidade do Céu estava sendo executada.

Sob a supervisão de Angela, Elena e Paris, todas as várias funções da cidade foram usadas. Os mecanismos de proteção, sistemas de alerta e sistemas divinos de detecção foram todos ativados e estavam sob o controle do Departamento de Inspeção de Chambord.

Sem exagero, todos os cantos da Cidade do Céu estavam sob o monitoramento do Palácio Divino da Inspeção.

“O momento finalmente chegou!” Fei não conseguia se conter e estava animado. Ele estava esperando por este dia há muito tempo.

Finalmente, a Cidade do Céu recuperou todas as suas funcionalidades e exibiu sua potência primordial.

Enquanto estava sentado no trono do Palácio do Rei Divino, Fei estendeu a mão e apontou o dedo para a frente. Um raio de luz dourada atingiu uma flor de lótus dourada que desabrochava no lago quadrado do palácio.

A flor de lótus estendeu lentamente suas pétalas, e era uma bela cena como se uma beldade estivesse dançando.

Boom! Boom! Boom! Boom!

No momento seguinte, uma série de terremotos fracos ocorreu na Cidade do Céu.

Todos os moradores saíram correndo de suas casas e foram para as ruas.

No entanto, após um breve momento de pânico, suas bocas se arregalaram, pois eles não podiam acreditar no que estavam vendo.

Impressionante para eles, esta cidade em que viviam estava lentamente subindo para o céu e voando no ar. Embora a cidade fosse protegida pela parede de defesa de prata, as pessoas na cidade ainda podiam ver claramente que as montanhas na área estavam baixando e nuvens brancas logo apareceram ao redor da cidade.

Em cada zona residencial, havia muitos painéis mágicos. Por meio desses painéis, os residentes puderam receber os avisos e atualizações mais recentes da Família Real de Chambord, obter informações sobre a cidade e ver a vista ao redor e abaixo da cidade.

Por meio desses painéis mágicos, os residentes viram a antiga cidade de Chambord abaixo deles, o rápido e barulhento Rio Zuli, a pradaria verde como um tapete, a próspera cidade nova na margem sul de Zuli, as montanhas onduladas, o Mar de Florestas Sem Fim, e as pessoas parecidas com formigas no chão …

Exceto por vivas e cânticos, esses residentes não sabiam como poderiam expressar sua empolgação e emoção.

“Nós… estamos realmente morando nesta cidade? Uma cidade que pode voar? ”

“Isto é real? Por que não sinto nenhuma turbulência por voar? ”

“É exatamente igual ao solo …”

Após suspiros e exclamações, as pessoas se curvaram na direção do Palácio do Rei Divino e saudaram o rei!

Todos sabiam que o rei trouxe tudo isso. Embora Fei fosse agora o Imperador de Zenit e o Lorde da Região Norte no nome, os residentes nativos de Chambord ainda estavam acostumados a chamá-lo de rei. Essas pessoas só se sentiram íntimas com este título.

Neste mundo caótico, uma cidade voadora claramente poderia trazer às pessoas uma maior sensação de segurança.

Além disso, antes que essas pessoas se mudassem para a cidade, o reino já promovia os poderosos sistemas ofensivos e defensivos desta cidade. Além disso, o rei havia dito que mesmo um grupo de deuses não poderia invadir esta cidade, fazendo com que todos se sentissem 100 por cento seguros.

Quando o rei mentiu para eles? Nunca!

A Cidade do Céu moveu-se lentamente do solo e voou a uma velocidade moderada. Após um curto período de adaptação dos residentes, a cidade gigante estremeceu levemente e se fundiu completamente ao vazio, entrando em seu modo de voo em supervelocidade.

Todos na cidade sentiram que suas visões ficaram turvas, e o belo cosmos apareceu fora da esfera de energia prateada que cercava a cidade.

Essa mudança repentina foi além de sua imaginação!

-No Palacio do Rei Divino-

Exceto por Fei, que sabia o quão milagrosa a Cidade do Céu era, suas duas rainhas, a Mulher Demoníaca Paris, e os vários oficiais ficaram surpresos com o que viram.

Embora eles tivessem adivinhado que esta cidade era única e extraordinária, eles nunca imaginaram que era uma cidade divina que poderia voar e se fundir no vazio.

Após uma longa pausa, aplausos altos soaram também neste palácio.

“A partir de agora, esta cidade será o meu palácio itinerante e a Capital da Região Norte de Azeroth! Posso mover esta cidade e inspecionar os cidadãos e tropas em qualquer local da Região Norte! ” Fei anunciou com um sorriso.

A Cidade do Céu era a última fortaleza e linha de defesa contra os Poluidores.

Se a situação no Continente Azeroth realmente piorasse muito e se tornasse irreversível, e humanos e outras raças tivessem que passar pelo que o Clã Deus e o Clã Demônio passaram 1.000 anos atrás, Fei teria que contar com esta cidade. Se fosse esse o caso, Fei planejava carregar seus entes queridos e amigos nesta cidade e deixar este mundo antes de vagar e tentar encontrar um novo lar.

Esse era o pior cenário possível.

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!

Hail The King: Capítulo 1134
Hail The King: Capítulo 1136