Warlock of the Magus World: Capítulo 59 – Gravando

1942

Tradução: Denn

Revisão: P_


Naturalmente, na superfície, Leylin continuou a fingir que era ingênuo quando começou a conversar de maneira amistosa e amigável com esse grupo de acólitos.

Depois que o baile terminou, as várias carruagens de cavalo de diferentes famílias partiram. Em uma câmara secreta dentro do castelo do senhor da cidade, o visconde Jackson que Leylin viu hoje, falava a seu subordinado.

“Está confirmado?”

“Eu detectei o cheiro de uma Entidade Misteriosa em seu corpo. Também foi confirmado que ele é extremamente jovem!”

A pessoa que respondeu estava coberta de vestes pretas; Tufos de peles amarelas podiam ser vislumbrados crescendo em seu rosto.

“Ele é diferente daqueles acólitos confusos. Eu não acho que ele vai se aposentar em uma idade tão jovem. Não importa se ele está se escondendo de inimigos ou está escondendo algum outro motivo, a sua aparição não é uma boa notícia para nós!”

Uma expressão preocupada passou através do rosto rapidamente de Jackson.

“Por favor, perdoe minha franqueza! Embora possamos lidar com uma Entidade Misteriosa neste momento, se atrairmos a ira do resto deles, então quaisquer ganhos que consigamos não compensariam as perdas em que podemos ter no futuro!”

O Homem Meio-fera disse lentamente.

“De fato!”

Jackson ficou em silêncio por algum tempo antes de dar uma ordem:

“Não incorrer na ira dos outros, mas nunca deixá-lo fora de nossas vistas!”

“Eu entendo!”

O Homem Meio-fera desapareceu na escuridão…

Desde o baile, a agenda de Leylin progrediu extremamente rapido. Primeiro, ele pediu 4500 moedas de ouro de Murphy para comprar a casa.

Depois, através da busca feita pelo Velho Welker, Leylin escolheu uma loja de remédios que estava prestes a fechar, mas tinha uma boa posição geográfica. Ele assumiu e obteve a permissão de gerenciar a loja.

Com a inesperada e entusiástica ajuda do castelo do senhor da cidade, muitos procedimentos foram realmente resolvidos em questão de dias.

Claro, Leylin descobriu alguns espiões vagando pela loja de remédios e pela vila. No entanto, essas partes secretas não exerciam restrições contra Leylin, e apenas fizeram medidas básicas de vigilância, não insinuando sua influência sobre as pessoas de Leylin. Assim, Leylin não estava muito incomodado com sua presença também.

Através de Murphy, ele contratou alguns farmacêuticos. Uma vez satisfeitos os padrões mínimos para administrar a loja de remédios, ele entregou completamente as rédeas ao seu pessoal principal e enterrou-se em seus experimentos mágicos.

Após algumas reformas, a mansão estava muito melhor do que quando era de seu outro dono.

Anteriormente, o ex-dono da mansão ficava nos últimos três andares, feitos de alvenaria de tijolo branco. Agora, Leylin escolheu as poucas salas realmente grandes desses andares para seu uso particular.

A maioria deles era usada como seu quarto, enquanto os quartos em ambos os lados servia como uma sala de estudo e um laboratório experimental. Depois de colocar alguns feitiços de detecção que ele tinha aprendido na Abyssal Bone Forest Academy como uma grade de aviso prévio, ele deu ordens estritas a seus subordinados que, sem a sua autorização, ninguém poderia ter acesso a esses quartos.

Quanto a Greem e Fraser, eles foram postados perto do quarto principal, como guardas.

Fayern e os outros mercenários tinham todos os deveres de guarda que em volta da mansão e a loja de remédios. Leylin também deu avisos que as pessoas sérias e trabalhadoras podem comprar pequenas extensões de terra em sua propriedade em 3 anos mais tarde, e ter uma residência permanente sendo uma possibilidade para pessoas qualificadas ou famílias. Esta foi uma motivação muito forte para mercenários e agricultores normais.

Ocasionalmente, Leylin olhava através das janelas e via os sérios mercadores e fazendeiros trabalhando.

Porque ele sempre ficava na casa, além da visita ocasional a casa de Murphy, ele raramente ia até a loja de remédios. Os rumores que lentamente se espalhavam para fora ganhavam a reputação de um proprietário benevolente e preguiçoso.

“Jovem mestre! As pessoas da loja de remédios estão aqui!”

A voz de Anna atravessou a porta.

“Deixe-os guardar os itens na sala de estar e diga para Greem movê-los para o laboratório de experiência!”

Leylin usou seus dedos para bater no vidro da janela, soltando um som abafado.

“Seu desejo é o meu comando!”

A voz logo foi substituída por barulhos de coisas sendo movidas.

Uma dúzia de minutos depois, Leylin chegou ao laboratório experimental.

Agora, o local originalmente espaçoso estava cheio de caixas e algumas mesas longas de madeira. Não havia janelas na sala, e apenas um lustre pendia do teto emitindo um brilho claro.

“Jovem mestre! De acordo com suas ordens, a loja de remédios adquiriu para você todo tipo de erva que pode ser encontrada no mercado.”

Anna ergueu o vestido e fez uma reverência. Ela se virou e abriu uma caixa de madeira vermelha revelando pilhas de raízes e caules amarrados, assim como muitas outras ervas de quantidade e tipo indeterminados. No lado de cada pilha ou pacote foi preso uma nota de papel amarelo indicando os nomes dessas ervas.

“Além disso, estas são todas as fórmulas que os farmacêuticos normais possuem. Elas são apenas para seres humanos normais.”

Anna entregou mais uma pilha de notas de pergaminho amarelo escuro.

Os olhos de Leylin passaram por cima deles e colocou a lista em uma das longas mesas.

“Todos vocês podem ir embora! Anna, apenas você fique!”

Leylin acenou para Greem e seus assistentes.

Greem curvou-se e atravessou a grande e pesada porta, fechando-a atrás dele.

Com um *bang* enorme, a iluminação do laboratório experimental ficou ainda mais fraca.

Leylin franziu as sobrancelhas. Tirou uma rocha de cor branca do saco.

Ele então apertou seus dedos levemente sobre a rocha e uma camada de luz branca brilhante irradiava dele.

Este era uma Pedra de Luz Solar. É um item que magos normalmente usam durante suas viagens. A energia de radiação leve é contida nela e que pode deixar uma luz brilhante por um período de tempo prolongado.

No entanto, esta radiação era extremamente pequena e só podia ser utilizada para iluminação.

“Isso está muito mais brilhante do que antes!”

Leylin ficou muito satisfeita ao olhar para seu ambiente bem iluminado. Ele então disse a Anna:

“Armazene as ervas bem, e organize-as de forma ordenada na mesa de experiência!”

“Sim.” Anna apressou-se com sua tarefa.

Leylin casualmente pegou uma fruta de cor roxa. Esta fruta tinha o tamanho de um polegar. Tinha perdido toda a água contida em sua superfície, assim seu exterior enrugado. Seu peso era extremamente leve também.

“De acordo com os livros de medicina entregues ontem, esta é a Fruta de Warter, um tipo de fruta que cresce em pântanos.”

[Nota P. Não sei se os grigos erram na escrita da palavra ‘água’ em EN (Water) por isto deixei em inglês]

Leylin colocou um dedo na superfície do fruto:

“Chip IA! Extraia dados e salve-os em seus bancos de dados!”

Agora ele já não tinha que ingerir as ervas. Podia determinar suas propriedades medicinais com um mero toque.

[Bip! Extração de dados em andamento!]

No campo de visão de Leylin, o Chip IA sobrepôs uma tela azul claro, com muitos números e números que mudaram constantemente.

[Nome: Fruta de Warter. Área de produção: Pântanos. Usos: propriedades venenosas leves com um efeito anestesiante. Dados armazenados!]

A voz do Chip IA explicou antes que um segundo tivesse passado.

“Muito bom. Novamente!”

Leylin pegou outro caule seco.

Esta foi uma das razões pelas quais Leylin havia aberto uma farmácia. Através de seus anos de aprendizagem de seu professor Kroft, ele gravou quase todas as ervas usadas por Mestres de Alquimia, armazenando-o no Banco de Dados do Chip IA.

No entanto, esses eram ingredientes especiais utilizados pelos Magos. Quanto às ervas usadas por pessoas normais, o Chip IA não tinha nenhum registro deles. Agora precisava preencher essas informações que ele ainda não tinha.

Além disso, Leylin obteve duas fórmulas antigas de poção de seu mentor e queria encontrar substitutos para eles. Isso só poderia ser realizado através de inúmeras experiências e do consumo de enormes quantidades de ervas preciosas e raras. Mesmo se Leylin tivesse o Chip IA, ele não conseguia superar esse passo no processo de inúmeros experimentos para encontrar substitutos.

Com um empreendimento tão vasto, Leylin não podia ver nenhum fim para a tarefa em questão, mesmo que ele gastasse todos os seus cristais mágicos.

No entanto, se alguns ingredientes poderiam ser substituídos por ervas usadas por seres humanos normais, ele poderia economizar por uma enorme margem de dinheiro.

Embora isto pudesse apenas ser um sonho, as vantagens eram as economias que potencialmente um ingrediente de substituição bem sucedida poderia existir. Não importa quantos experimentos, ainda seria considerada uma troca favorável. Assim, utilizando as capacidades de processamento aterrorizantes do Chip IA, há um vislumbre de esperança.

O olhar de Leylin era resoluto:

“De qualquer forma, não importa quantos ingredientes eu consumir, eles são apenas ingredientes usados por seres humanos normais. Eu só preciso gastar algumas moedas de ouro para poder comprá-los novamente. Isso é muito melhor do que gastar cristais mágicos!”

Quanto à investigação da missão que ele tinha que fazer pelo colégio, há muito tempo tinha sido afastado para trás da mente de Leylin.

Afinal de contas, ainda havia dois anos inteiros de tempo e enquanto ele realizasse plenamente dentro destes dois anos sua missão, seria contada como realizada.

Mesmo que a missão fosse fracassar, porque Kroft era seu professor, o pior castigo seria uma multa de alguns cristais mágicos. Por isso, Leylin não estava nem um pouco preocupado.

O tempo passou lentamente, e o laboratório experimental ficou quieto. Havia apenas os ruídos ocasionais de raspagem feitas por Anna quando colocava ervas sobre a mesa.

Dois dias depois, apenas Leylin permaneceu no laboratório. Seu rosto tinha um brilho feliz.

[3217 tipos de ervas armazenadas com sucesso no banco de dados. Gostaria de criar uma pasta separada?]

A voz do Chip IA ressoou.

“Não! Combiná-los com o registro anterior que fizemos de alguns ingredientes normais, estabelecer uma pasta usando o nome ‘Compensação de Ingredientes Comuns’!” Ordenou Leylin.

[Pasta criada… transferindo modelos de simulação relevantes para o banco de dados]

“Certo, próximo será uma análise das várias combinações de propriedades medicinais. Este é um projeto enorme, mesmo com a simulação eu ainda devo realizar experimentos para verificar os dados reais e aumentar a probabilidade de obter os resultados que eu desejo”. Pensou Leylin.

“Jovem Mestre, é hora do jantar.”

A voz baixa de Anna soou através da porta.

“Ok, eu estou saindo.”

Quando chegou a hora de trabalhar, ele trabalhou; E quando chegou a hora de descansar, descansou. Esse era seu princípio de viver. Ele raramente fazia coisas como negligenciar comida e descanso para realizar mais experiências, ao contrário de outros magos.

Para ele, ao longo do caminho da busca da verdade, o descanso apropriado era permitido.

Leylin sorriu e arrumou a mesa da experiência antes de sair do laboratório.

“Quando estou conduzindo experiências importantes, vou pendurar um sinal na porta. Naquela época, não me interrompa, não importa quantos dias eu fique dentro. Você entendeu?”

Leylin disse a Anna que estava servindo-o.

“Vou fazer como o senhor desejar, jovem mestre.”

“E o que temos para o jantar?”

Leylin caminhou para um lado da sala. Embora muitos mestres praticassem comer algumas refeições junto com seus subordinados, isto não se encaixava nos costumes dos Magos. Assim, Leylin comeu sozinho a maior parte do tempo.

[Nota P. Tá ficando metidinho agora não se juntando com a ralé é? 😛]

Vários pratos de comida cobertos com talheres hemisféricos foram dispostos em um prato de servir e colocados em uma mesa pequena, redonda e de cor branca.

“É vitela com sopa de vegetais roxos e torta de morango com maçã!”

Anna disse suavemente, levantando a tampa. Um aroma forte e tentador permeou pelo ar.

“Nada mal!”

Leylin balançou a cabeça enquanto deixava Anna colocar um guardanapo em volta do pescoço. Ele pegou a faca e o garfo do jantar e começou a comer.

“Além disso, lembre-se de me avisar a partir de amanhã para reservar uma hora do meu tempo todos os dias para o treinamento de cavaleiro!”

Leylin disse a Anna, tendo repentinamente se lembrado de algo. Ele já havia inflamado sua energia de vida interna. Como um cavaleiro, ele só precisava treinar um pouco mais para obter suas várias estatísticas acima de 3. Embora Leylin tenha planejado para percorrer o caminho de um mago, ele não tinha nada a perder, aumentando as suas estatísticas.