Warlock of the Magus World: Capítulo 56 – Uma Visita

0
840

Tradução: Denn

Revisão: P_


 

Um objeto dourado arqueou, piscando na luz, e pousou nos braços do comerciante calvo.

 

“Pegue isso; É a comissão que você merece.”

 

Disse Leylin.

 

“Muito obrigado pela vossa conferência, o mais respeitado Jovem Mestre!”

 

O rapaz se inclinou apressadamente.

 

“Em seguida, eu preciso de uma governanta e duas pessoas que consigam administrar bem as contas! Se você for capaz de encontrá-los para mim, esta moeda de ouro será sua!”

 

Leylin jogou uma moeda de ouro em sua mão.

 

“Deixe-me pensar! Deixe-me pensar!”

 

Vendo que era outra moeda de ouro agitando sua mão para ele, o Careca de repente ficou animado. Ele começou a murmurar incoerentemente enquanto agarrava sua cabeça calva e estalava seus cérebros.

 

“Está certo! O velo Welker! O velho Welker era *governante de um barão antes. Recentemente, ele tem dito que quer voltar a trabalhar para ganhar a vida!”

 

[Nota P. Se refere a empregado, aquele que administra a casa de outra pessoa]

 

O comerciante calvo disse.

 

“Muito bom! Leve-me a ele!”

 

Leylin assentiu com a cabeça, com aprovação.

 

Dois dias depois, pela manhã. Enquanto a névoa ainda não tinha se dissipado completamente, ainda havia alguma garoa que retinha no ar frio da manhã.

 

*Creak!*

Os portões da cidade de Roran abriram-se lentamente, e uma carruagem de cavalo surgiu entre eles.

 

Uma dúzia de mercenários estranhos, usando armaduras quebradas e carregando lanças e arcos de metal, escoltavam uma grande carruagem enquanto ela lentamente saía da cidade.

 

Na frente do carro do cavalo, Fayern conduzia um corcel marrom-colorido bonito. Atrás dele estava um mercenário de 20 anos carregando uma bandeira vermelha. Nele estava bordada a imagem de um falcão; As insígnias do grupo de mercenários Falcões de Roran.

 

Greem cavalgou perto da carruagem de cavalo tendo desistido do assento do motorista. A pessoa que se sentou lá em vez disso era um velhote de cabelos brancos. Embora ele estivesse de frente para o vento e seu cabelo estava soprado de forma selvagem, suas roupas eram impecáveis e sem qualquer sinal de estar amarrotada.

 

Ele era o governante que Leylin adquiriu… Old Welker. Mais cedo, o barão que ele serviu tinha ido à falência, portanto, ele se tornou desempregado. Ele estava no mesmo barco que o comerciante Calvo que o visitou e se juntou ao grupo de Leylin.

 

Indo da Cidade de Roran para Cidade Extrema da Noite gastaria apenas 7 dias. O grupo mercenário Falcões de Roran eram realmente digno dos elogios de Fayern. Eles estavam extremamente familiarizados com a rota e poderiam até encontrar alojamento ao longo do caminho, salvando-os dos incômodos de acampar.

 

[…]

7 dias mais tarde, o grupo chegou em segurança na Cidade Extrema da Noite.

 

Leylin levantou a janela pendurada na carruagem de cavalo e viu que as nuvens à frente eram bastante escuras. As camadas de nuvens estavam lotadas, bloqueando completamente qualquer raio de sol. Parecia que iria chover em breve.

 

Havia também uma sombra lançada sobre os arbustos e ervas circundantes, o que fazia parecer muito sombrio.

 

“Fayern!”

 

Leylin saiu da porta da carruagem de cavalo:

 

“Você não disse que Cidade Extrema da Noite tem uma grande área de vegetação e que havia secado? Qual era a área?”

 

“Jovem Mestre!”

 

Fayern agarrou firmemente as rédeas e reduziu o ritmo dos cavalos para combinar com o ritmo da carruagem de cavalo.

 

“A Cidade Extrema da Noite é enorme. Estes acontecimentos misteriosos pertencem somente a uma parcela pequena na parte oriental. Normalmente, tentamos o nosso melhor para desviar em torno dessa área. Afinal, os seres humanos também fizeram o seu melhor para evitar o perigo…”

 

“Onde está aquela floresta?”

 

Leylin encostou-se ao lado da porta como se estivesse desfrutando da paisagem.

 

“A parte oriental da Floresta Escura da Noite está mais perto do centro da cidade!”

Fayern olhou para Leylin, baixou a voz e disse:

 

“A Floresta Escura da Noite tinha uma abundância de certas ervas. Desde o evento, no entanto, o fornecimento de ervas na Cidade Extrema da Noite diminuiu em 30%!”

 

“Então foi deste jeito?”

 

Leylin sorriu. A Cidade Extrema da Noite foi considerada uma cidade grande na província de Eastwoods e um dos pilares de sua economia era a indústria de erva. Agora, parecia que provavelmente o Senhor da Cidade e seus oficiais estavam preocupados com a situação.

 

“Floresta Escura da Noite? Eu vou me lembrar!”

 

Embora os bosques no reino sejam bastante perigosos, isso era apenas verdade para os seres humanos normais. Leylin até percorreu a Floresta de Osso Abissal da sua academia, então naturalmente ele não estava preocupado com os perigos presentes.

 

“Algum dos coletores de ervas desapareceu no local que secaram a floresta?”

 

Leylin perguntou de repente.

 

“Coletores de ervas? Você quer dizer vários contratados, bandidos e aventureiros?”

 

Fayern encolheu os ombros:

 

“Os bosques estão cheios de perigos, e algumas pessoas morrendo são muito normais, então quem sabe?”

 

Enquanto os dois conversavam, a carruagem de cavalo aproximou-se lentamente da Cidade Extrema da Noite.

 

As muralhas da cidade não eram muito altas, mas eram muito grossas. Parecia ser feito empilhando pedras de granito, e era extremamente robusto.

 

O guarda nos portões da cidade reconheceu Fayern e permitiu que o carro de cavalo entrasse depois do pagamento da taxa de pedágio.

 

“Vamos encontrar o alojamento primeiro!”

 

Leylin ordenou brevemente.

 

——-

 

A noite se aproximou, e Leylin enviou Anna, que o estava servindo, e ficou sozinho no quarto da hospedaria.

 

Abrindo a janela, soprou uma rajada de ar frio. O exterior era extremamente escuro e havia poucas luzes acesas.

 

Leylin fechou a porta e tirou uma bola de cristal de cor azul do saco que carregava o tempo todo.

 

Esta bola de cristal era extremamente pequena e soltou um brilho estranho. No centro do vidro havia muitas manchas douradas de luz que vagavam continuamente como pequenos vaga-lumes.

 

“Ativar!”

 

Leylin murmurou um encantamento.

 

As manchas na bola de cristal começaram a se mexer até formar um símbolo estranho.

 

Este símbolo era bastante curvado e girou continuamente. Finalmente, parecia um olho que tinha olhos vermelhos.

 

A expressão de Leylin era extremamente solene. Primeiro, ele virou o símbolo em direção ao seu rosto, permitindo que seu rosto magro fosse refletido na bola de cristal.

 

“Calendário de Sombra, Ano 1032, Mês do Frio Severo, Dia dos corvos chorando.”

 

Leylin enunciou lentamente em uma voz extremamente distinta.

 

“Hoje, eu cheguei a Cidade Extrema da Noite e estou atualmente residindo na Pousada do Casco.”

 

Leylin virou a bola de cristal para que os arredores fossem refletidos no símbolo dentro. Ele então caminhou até o parapeito da janela e absorveu as imagens lá fora.

 

“Atualmente, a notícia que se tem, é que a área que esta murchando pertence à área leste, Floresta Escura da Noite. A partir desta gravação, não houve relatos de morte de qualquer membro. Amanhã vou preparar-me para partir e perguntar as pessoas da cidade, talvez possa reunir novas informações.”

 

“Os registros acima mencionados são do acólito de nível 2, Leylin Farlier!”

 

Depois de terminar de falar, Leylin enxugou a bola de cristal com seus dedos brancos pálidos. *Hehe! Hehe!* De dentro da bola de cristal veio um som estranho, como o riso de uma criança. Em seguida, o símbolo do olho piscou e desapareceu, voltando-se para inúmeras manchas douradas de luz

 

A bola de cristal foi dada pela academia a Leylin para ser usada como prova de ter realizado a missão.

 

A bola de cristal foi capaz de gravar algumas cenas e vozes. Tudo o que Leylin tinha que fazer era registrar todos os eventos importantes durante a missão. Ele poderia então entregá-lo como prova ao retornar à academia.

 

Claro, o controle da bola de cristal estava com Leylin. Enquanto ele não quisesse ativá-lo, a bola de cristal não seria capaz de gravar nada sem seu apoio mágico.

 

Foi por isso que a Abyssal Bone Forest Academy ousou permitir que seus acólitos saíssem em missões de longo prazo sem medo de serem enganados.

 

“De acordo com a descrição de Fayern, a zona de perigo não é tão grande. Eu tenho medo que ele poderia ser alguns demônios árvore ou organismos que se alimentam de seres humanos. Um acólito de nível 2 seria mais que suficiente para lidar com eles!”

 

Leylin pesou as coisas com cuidado:

 

“Eu não tenho que ser tão frenético, eu ainda tenho mais de dois anos! Eu deveria primeiro enviar alguns mercenários para dar uma olhada…”

 

“A coisa mais importante agora é estabelecer-me aqui. Além disso, eu tenho que visitar um ‘amigo’…”

 

Leylin curvou os lábios em um sorriso misterioso.

 

Embora a localização da Cidade Extrema da Noite fosse bastante remota, foi perto de alguns pontos de recursos para Magos. Havia até uma mina de cristal mágico próximo que estava sendo escavada. Naturalmente, os recursos já estavam esgotados, mas ainda atraíram um bom número de Magos errantes e famílias pequenas. Esta mina mesmo deu origem a um mercado de pequena escala e estava indicado no mapa que Bicky deu.

 

Além disso, no curto espaço de tempo, enquanto eles estavam entrando na cidade, o A.I. Chip já havia analisado várias ondas de energia emitidas por outros acólitos. Parece que havia muitos acólitos vivendo nesta cidade.

 

Isso era extremamente normal, como magos errantes ou aqueles que eram reclusos preferiam cidades remotas para se instalar, e para melhor esconder suas identidades.

 

Naturalmente, devido a terem uma longa expectativa de vida, aparência e emissões de radiação, eles não podiam ficar nas mesmas áreas por longos períodos, muitas vezes mudando seus locais depois de alguns anos.

 

Enquanto Leylin pensava assim, ele gritou:

 

“Anna!”

 

“Jovem Mestre, quais são suas instruções!”

 

Não muito tempo depois, Anna entrou usando um belo vestido vermelho. Como ela se curvou, a parte de trás branca de seu macio corpo, branco como a neve foi revelada.

 

“Prepare um presente; Quero fazer uma visita amanhã a alguém!”

 

“Quanto aos detalhes, Welker vai lhe dizer!”

 

Leylin bocejou e disse sem graça.

 

Depois de dispensar a Anna um tanto decepcionada, Leylin casualmente configurou uma matriz de partículas de energia como um dispositivo de alerta precoce antes que ele apagasse as velas e entrasse em sua terra dos sonhos.

 

Na manhã seguinte, Leylin partiu com Anna, que trouxe um belo chapéu.

 

“Este é o presente que Old Welker escolheu?”

Leylin pegou o chapéu e deu-lhe outra olhada, percebendo que era feito de couro de besta. Era muito suave ao toque, e havia também uma pena presa nele.

 

“O governante Welker disse que na Cidade Extrema da Noite, Pena de Falcão da Noite num chapéu de couro representa a intenção pacífica e simpática. É a escolha de um presente muito boa quando se visita pela primeira vez uma pessoa!”

 

Anna colocou uma expressão insegura.

 

“Jovem… Mestre! Você vai visitar outro ‘Senhor’?”

 

A voz de Anna ficou um pouco trêmula.

 

“Sim! Ele também é um acólito!”

 

Leylin baixou a voz para que só pudesse ser ouvida por Anna e por ele mesmo.

 

Depois de falar, viu o ombro dela tremer. Leylin sorriu, Anna foi vendida a um Mago antes de ser revendida como escrava. Parecia ter sido uma experiência traumática para ela.

 

“Se você está com medo, você sempre pode voltar primeiro!”

 

Leylin avançou e abraçou a cintura fina de Anna.

 

“Não! Anna quer ir junto com o Jovem Mestre!”

 

Anna se obrigou a sorrir.

 

Leylin balançou a cabeça

 

“Siga-me se quiser!”

 

A construção da Cidade Extrema da Noite era um tanto gótica com pontas afiadas nos telhados. As calçadas foram também camadas com rochas lisas dando a impressão de que a Cidade Extrema da Noite era uma das cidades mais ricas ao redor.

 

Enquanto Leylin e Anna se aproximavam do lado oriental da cidade, as roupas das pessoas aqui eram muito mais nobres do que as de outros lugares e as decorações dos prédios se tornaram mais lindas também.

 

“Parece que o leste da Cidade Extrema da Noite é onde os nobres e estudiosos se reúnem.”

 

Leylin olhou para os cachos de flores dos dois lados da estrada. Houve até uma fonte ao ar livre. Ele não pôde deixar de sorrir enquanto dizia a Anna.

 

Depois, os dois chegaram a uma casa de dois andares de cor branca. Na placa da porta estava pendurado, ‘Cecelia Main Street, 59’