Warlock of the Magus World – Capítulo 208 – Confronto com Ciel

2
502

Tradução/Revisão Reizen


Leylin olhou para o imenso número de flores negras à distância enquanto calculava o progresso da colheita.

Contanto que todas as Flores Negras Mandara fossem colhidas, a sede da Four Seasons Garden não teria nenhum motivo para impedir que ele e os outros saíssem.

Todos os acólitos que Leylin conheceu anteriormente estavam atualmente no mar de flores, carregando recipientes simples feitos de videiras verdes. Em suas mãos haviam anéis de partículas de energia negra que eram usadas para arrancar as Flores Negras Mandara com muito cuidado.

“Este progresso está muito lento!”

Com esse tipo de velocidade de colheita, Leylin fez uma estimativa de que levaria no mínimo um mês para que esse campo de flores fosse completamente colhida.

Os oponentes que eram os Magos obscuros nunca lhes dariam tanto tempo.

“Eu tenho que encontrar um método para acelerar ainda mais esse processo!”

Leylin agachou-se no chão. Com suas mãos cobertas pela luz escura de um feitiço mágico, ele tocou as pétalas das Flores Negras Mandara, com uma luz cintilando em seus olhos azuis.

*Ding Ling Ling!*

De repente, uma série de sons estridentes, como os de um pequeno sino, soou.

*Buzz buzz!*

Uma barreira de luz branca surgiu e cercou firmemente o campo de Flores Negras Mandara.

“A formação mágica defensiva foi ativada! Temos um intruso!”

Um acólito começou a gritar: “Todos, tomem cuidado!”

*Whoosh*

Repentinamente, uma silhueta negra saiu da grama alta que cercava o campo de flores.

*Crack! Crack!*

Duas grandes caveiras brancas surgiram das mãos da silhueta negra.

As caveiras não tinham corpos acoplados nelas e elas flutuavam no ar com sua forma fantasmagórica. Dentro de cada uma das cavidades oculares estava uma bola vermelha de chamas que constantemente queimava.

Essas enormes caveiras abriram suas mandíbulas revelando dentes brancas que eram finos e afiados enquanto mordiam a barreira de luz branca.

*Boom! Boom! Boom!*

A barreira de luz branca estava piscava continuamente, como se fosse quebrar a qualquer altura.

“Oh!” A silhueta negra exclamou de surpresa, aparentemente insatisfeito com sua própria perfomance. Após o qual, uma aura negra que era composta por partículas de energia apareceu ao reder de seu corpo.

De repente, a aura de energia negra emitiu uma luz serena, que depois se transformou em dois raios de luz que foram em direção as caveiras, atingindo-as.

*Crack! Crack! Crack!*

O fogo vermelho dentro das caveiras oculares das caveiras aumentou do nada, e o esqueleto pareceu aumentar de tamanho consideravelmente. Rachaduras até apareceram na superfície da caveira. Parecia que as energias dentro dela estavam se expandindo muito rapidamente e elas estavam à beira de explodir.

Após essa transformação, o poder de ataque dessas duas caveiras aumentou. A barreira de luz branca continuou encolhendo até que, no final, ela se quebrou diante de todos os acólitos cabisbaixos.

“Um Mago elementar semi convertido? Estamos ferrados!”

Um acólito mais experiente colapsou no chão com uma expressão de desespero no rosto.

“Não temam, Lorde Leylin é também um Mago oficial” George segurou a pequena mão da Shiera que estava tremendo.

“O que você saberia!” O acólito de antes, que havia desabado no chão, gritou com desespero:

“O nosso lado só tem esse exilado e recém-avançado Mago! Por outro lado, o nosso oponente já foi um Mago oficial por dezenas de anos e é muito poderoso. Sendo um Mago elementar semi-convertido, todos os seus feitiços são mais fortes por pelo menos metade! Em seu nível, ele é simplesmente invencível quando comparado com Magos recém-avançados!”

Pensado que o seu fim estava chegando, esse acólito já não se importava mais. Ele até foi desrespeitoso com Leylin.

“Hehe! Uma explicação muito interessante, mas mesmo assim bastante precisa!”

A silhueta negra caminhou lentamente para o campo de flores e revelou-se para Leylin e ao outros.

Ele era um jovem Mago de cabelos verdes. Estava vestido com um manto estranho que tinha algumas correntes e caveiras bordados nela.

“Ele é da Academia Kurute, que é conhecida por seus métodos de tortura e do uso dos espíritos dos mortos!” Os olhos de Leylin brilharam ao reconhecer esse Mago na frente deles.

A Academia Kurute era apenas uma pequena facção entre os Magos obscuros dentro da costa sul.

Eles produziam muitos lunáticos e pessoas mentalmente instáveis. Até mesmo outros Magos obscuros não podiam suportar suas ações e, por esse exato motivo, eles só participavam de missões esporádicas e frequentemente excluídas de várias operações.

O Mago de cabelos verdes colocou as mãos atrás de suas costas e olhou gananciosamente para o campo de Flores Negras Mandara.

“Que atmosfera fascinante… Eu posso sentir o sabor da escuridão…” O jovem murmurou.

Depois disso, ele se virou e encarou Leylin com seus olhos verdes.

“Magos da Luz! Se ajoelhem diante de mim, o grande Lorde Ciel, e ofereçam-me suas almas e devoção. Depois irei considerar vocês se tornarem meus escravos…”

Este Mago chamado Ciel tinha uma atitude bastante arrogante, contudo, Leylin podia entender o porquê.

A idade de um Mago não podia ser determinada apenas pela aparência física, mas Leylin poderia estimar que Ciel tinha cerca de 50 anos de idade com base nas ondas de energia que ele de forma inconsciente liberava.

Ser capaz de se tornar um Mago elementar semi-convertido em uma idade tão jovem lhe dava o direito para se orgulhar, mas dessa vez ele encontrou o oponente errado.

Leylin sorriu, e antes que ele tivesse a chance de falar, o acólito que havia caído no chão anteriormente já se apressava em direção de Ciel, ajoelhando-se e beijando o chão adiante de Ciel.

“Prezado Lorde Ciel! Estou disposto a servi-lo! Eu serei o seu mais leal escravo!”

As ações deste acólito deixaram todos surpresos.

Próximo de Leylin, muitos acólitos tinham expressões de desprezo. Eles claramente não haviam imaginado que este acólito que normalmente se portava decentemente, se transformaria esse tipo de pessoa covarde em um momento crucial.

Os outros acólitos foram capazes de esconder o conflito interior que eles estavam tendo, de modo que não aparecesse em seus rostos.

“Muito bem! Eu aceitarei você como um serve!” Ciel revelou um sorriso estranho no rosto e prosseguiu estendendo sua mão esquerda, e passando gentilmente sobre o rosto do acólito.

“Ahhhhh!”

Uma fumaça branca levantou-se acompanhada pelo grito dorido do acólito.

A mão esquerda de Ciel era que nem uma placa de ferro quente, deixando uma grande marca carbonizada no rosto do acólito.

Enquanto o acólito gritava constantemente, o Mago parecia extremamente empolgado enquanto deslizava seus dedos sobre o rosto do acólito repetidamente.

Mais de dez segundos depois, uma completa marca de runa havia sido marcada no rosto do acólito.

A marca se assemelhava a uma caveira, com uma corrente se estendendo de dentro.

“Obrigado… Muito obrigado meu Senhor por… este presente!”

O acólito se esforçou para dar sua continência mais uma vez.

“Haha… Depois de receber a minha marca, você será o meu escravo para sempre!” Ciel riu e depois olhou para Leylin.

“O que se passa Mago da luz? Você está com medo?”

“Nem por isso!” Leylin balançou a cabeça negando.

“Eu só acho que ele é lamentável, apenas isso!” Leylin apontou para o acólito que tinha metade de seu rosto arruinado, seus músculos faciais ainda se contorcendo.

“Porquê?” Ciel esfregou seus dedos e gotas de um gás branco emergiram formando-se em uma caveira.

As partículas elementares que cercavam seu corpo eram levemente discerníveis quando seus olhos emitiram uma perigosa luz.

“Blurgh!” Os acólitos atrás de Leylin recuaram, e alguns deles até mesmo começaram a vomitar.

A radiação de um Mago oficial, sobretudo quando liberado voluntariamente de um Mago poderoso com um alto grau de conversão elementar, era algo que os acólitos tinham dificuldade para lidar.

“Ele… ele ficará bem?”

George estava apoiando Shiera enquanto recuava uma longa distância. Ele então olhou para Leylin preocupado, que tinha permanecido parada.

“Tenha calma! Lorde Leylin é muito poderoso!” Enquanto Shiera se recuperava, ela igualmente confortou seu amado.

Embora ela já tivesse visto Leylin em combate, ela não compreendia o quão forte ele realmente era. Ela apenas disse essas coisas para confortar George.

“Acontece que… Leylin é um mago recém-avançado, receio que…” George segurou a mão de Shiera firmemente.

Julgando pela forma como Ciel agiu anteriormente, podia se imaginar o quão louco ele realmente era. Se Leylin perdesse, então esses acólitos teriam um fim ainda pior que ele.

Shiera só podia sorrir amargamente enquanto orava secretamente por Leylin.

“Ele terá que pagar o preço por ter jurado lealdade à pessoa errada!”

Leylin falou de forma indiferente como se nem tivesse notado a exibição mágica anterior de Ciel.

“O quê? Você está planejando…?” Ciel levantou as sobrancelhas. Ele não conseguia entender. Dos relatórios, foi-lhe dito que este era apenas um Mago recém-avançado que era um mero Mestre de Poções. Como ele se atreveu a ignorá-lo?

Ciel apontou para onde Leylin estava!

Foi como se a enorme caveira tivesse recebido um comando e foi em direção a Leylin, simultaneamente lançando chamas verdes escuras!

*Bang!*

Leylin se defendeu do ataque com uma expressão despreocupada e avançou adiante.

“Ele enlouqueceu?” Antes que Ciel pudesse terminar sua frase, Leylin proferiu uma única palavra.

Logo depois, uma luz vermelha escura irrompeu do corpo de Leylin.

A defesa do Pingente da Estrela Caída foi ativada sem demora e formou uma barreira vermelha escura em torno de Leylin. Á medida que a luz condensava, ela foi se transformando em algo que se assemelhava a uma armadura, mas na forma ilusória.

*Boom!*

As chamas verdes atingiram fortemente no corpo de Leylin, porém, nenhum dano foi causado ao seu corpo.

Leylin avançou, mergulhado em fogo como se a fosse a encarnação de um antigo deus da guerra flamejante.

*Bam!*

*Pow!* A enorme caveira se desintegrou, deixando para trás apenas um fina camada de poeira óssea que depois se espalhou pelo ar.

“Você…” Ciel estava tentando falar enquanto apontava para Leylin.

Mas já era tarde demais!

Leylin mantéu seu rosto inexpressivo e investiu para cima de Ciel.

Ele rapidamente golpeou usando sua mão, a luz vermelha em volta de ambas mãos entendendo-se e formando uma espada longa e de cor carmesim.

*Slash!*

A longa espada atravessou o ar e foi aparecer na frente do peito de Ciel.

“Argh…” Os músculos no rosto de Ciel se contorceram e, no momento em que a espada estava prestes a perfurar seu corpo, numerosas correntes verdes surgiram de dentro do seu corpo que transformou-se em uma armadura.

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!