Warlock of the Magus World – Capítulo 130 – Carruagem

142

Tradução: Reizen | Revisão: Reizen

Algumas mudanças nos termos usados:
Sage Gotham Hut –> Abrigo do Sábio Gothan
Abyssal Bone Forest Academy –> Academia da Floresta Óssea Abissal
Purple-Gold Flower Family –> Família Flor Roxo-Dourada
———-

O Livro da Serpente Gigante mencionava que a maldição tinha que ter estatísticas menores que o conjurador do feitiço. Se qualquer estatística do alvo for maior, a força dessa maldição seria reduzida em mais da metade.

Leylin descobriu que, uma vez que a maldição tenha terminado, o conjurador ainda teria que enfrentar a ira de um espírito vingativo que foi convocado no processo.

Era absolutamente ridículo!

Com tantos pré-requisitos, e sendo apenas capaz de lidar com alvos com estatísticas mais baixas, para finalmente ter que sofrer a retaliação de um espírito vingativo!

Na opinião de Leylin, esse tipo de maldição não era muito útil.

No entanto, Fayle satisfez estes requisitos todos perfeitamente.

Fayle havia acabado de avançar e embarcou no caminho mais simples. Suas estatísticas eram inferiores a Leylin. Além disso, ele já havia coletado seu cheiro quando ele estava com Bicky anteriormente.

Com todas essas razões, Fayle se tornou o primeiro sacrifício de Leylin para praticar a maldição.

“Sinto que há algo errado com essa maldição, é melhor eu usá-la menos no futuro!”

Leylin sacudiu a poeira do corpo dele.

“De qualquer forma, com o desaparecimento do grande Mago Serholm, as pessoas na Costa Sul que podem reconhecer essa maldição mal estão vivas, descobrir o conjurador não será fácil. Não importa como a Família da Flor Roxa-Dourada investigue essa maldição, eles não poderão rastrear a minha localização…”

Se Leylin pudesse evitar tais problemas e remover todos os vestígios de si mesmo, ele o faria, sem nunca deixar pistas.

Depois que a tarefa foi concluída, Leylin deixou o Reino de Poolfield.

……..

No Ducado de Inlan, numa estrada larga, uma carruagem negra de cavalos seguia adiante em alta velocidade.

As rodas de madeira, galvanizadas pelo ferro, soltavam rangidos.

Como as funções de amortecimento eram inexistentes, o balançar da carruagem era extremamente doloroso para os passageiros dentro da carruagem, fazendo com que estes não tivessem uma viagem agradável.

Parece que esta carruagem de cavalos alugada tinha todo o tipo de passageiros. Havia um velho de barba branca com sua neta, mulheres devassas e até mesmo aqueles comerciantes que usavam chapéus abraçando seus pertences firmemente.

No meio deles, havia um jovem vestindo um manto negro.

O jovem tinha cabelos negros puros com algum lustre neles. Seu rosto bonito tinha um sorriso radiante, o que o fez ter um carisma estranho, mas, ainda assim, forte!

Essa pessoa era naturalmente Leylin.

Depois de usar a maldição para matar Fayle, ele não tinha mais preocupações, então ele deixou o Reino de Poolfield imediatamente.

Embora as Planícies da Montanha Citara Lunar fossem bastante perigosas para os acólitos, Leylin, que era um Warlock que superava Magos normais, tratou-o como uma caminhada em seu quintal. Era um lugar onde ele podia andar livremente.

Depois de chegar ao Ducado de Inlan, Leylin finalmente relaxou!

Desde o armistício, houve paz entre a Academia da Floresta Óssea Abissal e o Abrigo do Sábio Gothan. Contudo, com o crescente grau de hostilidade, até mesmo os poderes do reino secular foram afetados. Houve notícias de que esses dois grandes reinos iriam à guerra mais uma vez.

Nenhuma misericórdia seria dada aos Magos Oficiais dos dois reinos. Uma vez localizados no território do inimigo, eles seriam cruelmente caçados.

Com grande parte dos seus problemas resolvidos, Leylin começou a se sentir mais relaxado. Ele abandonou a noção viajar como um lobo solitário e, em vez disso, fez uso de métodos seculares para conduzir suas viagens.

Como ele não optou por ingressar na Academia da Floresta Óssea Abissal após sua promoção, Leylin não foi afetado ou restringido pelo armistício. Porém, ele ainda se encontrava numa posição difícil.

Como um traidor da Academia da Floresta Óssea Abissal, e sem intenção de se juntar ao Abrigo do Sábio Gothan, ele tinha que ser cauteloso enquanto estava em seus territórios.

Se misturar entre os humanos normais parecia ser uma boa maneira de viajar.

A desvantagem era que as condições de tráfego durante a viagem com os plebeus eram muito ruins.

Uma carranca surgiu no rosto Leylin enquanto experimentava as congestões caóticas e o odor mofado emitido pela carruagem.

Se houvesse uma maneira alternativa de viajar, ele teria, há muito tempo, descido desta carruagem.

Em meio à experiência imunda a bordo da carruagem, Leylin notou uma criança vestida de rosa sentada à sua frente e soltou um leve sorriso.

A garotinha tinha um par de olhos de safira e pele branca. Ela viu Leylin sorrindo para ela e sorriu de volta para Leylin.

O avô da menininha sentada ao lado dela percebeu a interação e imediatamente a puxou para perto do seu lado. Ele sussurrou algumas palavras no ouvido da criança, o que fez com que ela rapidamente evitasse a atenção de Leylin. Embora difícil de ouvir, era provável que fosse um aviso contra os perigos que espreitavam do lado de fora.

Depois disso, o avô de barba branca encarou ameaçadoramente os olhos de Leylin como sinal de advertência.

Não afetado pela hostilidade do avô, Leylin soltou uma risada.

Leylin sentiu uma aura de familiaridade da menininha. Embora ela provavelmente tivesse 12 ou 13 anos de idade, ela já exalava uma quantidade estranha de charme, fazendo com que os passageiros da carruagem constantemente lançassem olhares para ela.

Até mesmo Leylin ficou fascinado pela menininha.

Depois de observá-la por mais um pouco, Leylin chegou à conclusão de que ela tinha a linhagem de um Warlock!

A força dos Warlocks vinha das linhagens. Seus descendentes também carregariam traços de sua linhagem. No entanto, foi extremamente difícil desenterrar essa força novamente.

Por exemplo, a linhagem feminina dessa menina já era extremamente imperceptível. Além disso, não havia ondas de energia vindo dela. Ela era a mais regular dos humanos, nem mesmo um acólito.

Além disso, quanto mais longe da primeira geração Warlock, a linhagem se diluiria lentamente ao longo das gerações, finalmente se transformando em humanos normais novamente.

No entanto, na segunda e terceira gerações, ainda havia bastante linhagem de sangue de boa qualidade herdada.

Por isso, os Warlocks tendem a se reproduzir frequentemente para estabelecer sua própria família.

Leylin, por exemplo, é uma linhagem de primeira geração. Se ele tivesse descendentes, a linhagem de seus filhos e netos também teria o poder da Serpente Kemoyin Gigante!

Este cenário era um pouco semelhante às famílias dos Magos, mas diferente.

A principal coisa que os Magos queriam transmitir era a sua aptidão para a alma, cada geração pode ser um ser humano normal sem aptidão. Além disso, embora tanto os Feiticeiros quanto os Magos mantivessem a linhagem em grande estima, os Magos não se importariam de aceitar sangue de fora para elevar os genes transmitidos pela família, o que às vezes poderia exceder a dos ancestrais!

No entanto, os Warlocks eram diferentes. Eles reverenciavam a pureza das linhagens, para proteger a pureza das linhagens e da alma através do casamento de parentes. Para eles, se um forasteiro se junta a sua família, não só não aumentaria a densidade da linhagem, como também contaminaria sua linhagem.

Por outro lado, os descendentes que herdavam a linhagem de Warlocks achavam extremamente difícil avançar para um Mago Oficial. A menos que eles encontrassem uma técnica de meditação de alto grau que fosse adequada para a linhagem deles. Em circunstâncias normais, essas coisas geralmente eram transmitidas da primeira geração.

No entanto, uma vez que a densidade da linhagem se dilui, ou se a herança da técnica de meditação de alto grau parar, esse seria o começo do declínio da família Warlock na maioria dos casos.

Quando uma família de Magos declina, há a possibilidade de seus descendentes trazê-lo de volta à glória. No entanto, era extremamente difícil para as famílias de Warlock fazerem o mesmo.

A menos que o descendente tenha encontrado a fonte original da linhagem, ou através de outros métodos para reabastecer a força das linhagens!

No Continente Central, havia 3 escolas de pensamentos. As famílias consistiam naquelas que reverenciavam técnicas de meditação de alto grau, aquelas com linhagem sanguínea ou alguma outra variedade do magistério. Estes eram as 3 principais representantes no continente.

Esta informação e esclarecimento naturalmente vieram do Livro da Serpente Gigante escrito pelo grande Mago Serholm.

De algumas informações que o grande Mago Serholm havia revelado, ele provavelmente estava no Continente Central, mas por alguma razão desconhecida, ele veio para a Costa Sul.

Como Leylin era um Warlock de Rank 1, ele era extremamente sensível à sua espécie (warlock).

No corpo do velhote, Leylin não conseguiu detectar um único traço da linhagem.

Era muito evidente que ele não era o avô biológico daquela menininha.

No entanto, esse velhote não era um ser humano normal. Leylin detectou um rastro de ondas de energia do acólito dele. Olhando para o poder, ele pertencia a um acólito de nível 2.

“Interessante! Uma criada? Ou adoção?”

Leylin sorriu ‘apologeticamente’ e continuou com sua reflexão.

O que era inegável era que Leylin tinha um interesse extremo em seu mesmo tipo.

Embora fosse mais provável que nenhuma técnica de meditação de alto grau pudesse aparecer nela. Mesmo se houvesse Leylin não iria usá-lo, a menos que ela tivesse a linhagem de tipo cobras.

No entanto, como descendente de outro Warlock, Leylin teve uma amostra de comparação muito boa sobre como desenterrar sua própria força da linhagem.

Além disso, ele queria tentar e ver se conseguia extrair a essência de sangue dessa garota e purificar a linhagem. Para que ele pudesse obter a linhagem de outra criatura antiga.

O destino da outra parte também era o Grande Desfiladeiro Margaret, que coincidia com os planos de Leylin, então ele naturalmente dissipou o pensamento de viajar sozinho.

Quando ao velhote de barba branca ao lado da menininha, com Leylin espiando sua neta com um sorriso que parecia abrigar intenções maliciosas, naturalmente sua expressão não era muito agradável.

No entanto, ele não descobriu a identidade de Leylin, apenas tratando-o como um mero humano.

Após o avanço anterior, Leylin gastou muito tempo e esforço para fazer com que o Chip IA otimizasse sua habilidade de mudar de forma novamente. O efeito era maior do que antes, embora ele não tivesse as informações de um Mago Oficial, Leylin sabia que esse velhote não conseguiria discernir sua capacidade de mudar de forma depois de ativá-la.

Neste momento, ele ainda não sabia completamente como usar essa menininha.

Ele deveria sequestrá-la diretamente e obter o seu sangue? Ou realizar algumas experiências enquanto a observava ao lado?

Afinal, ele não sabia se essa menininha tinha ou não o apoio de uma família de Warlocks. Embora essa possibilidade não fosse alta, Leylin ainda não queria correr o risco.

No entanto, parecia que ele poderia desvendar os mistérios muito em breve!

O canto dos lábios de Leylin se torceram num sorriso.

Depois de tantos dias de observação, ele percebeu que o velhote estava carrancudo, como se estivesse cheio de uma grande carga em sua mente.

Além disso, com o passar de cada dia, ele estava evidentemente se tornando mais impaciente, enquanto pedia apressadamente que a carruagem do cavalo se movesse mais rápido.

Após ser rejeitado, ele pensou em deixar o grupo. Contudo, parecia que ele se lembrava de algo, então ele só podia suportar isso e continuar na carruagem.

“Parece que esta jornada não será muito entediante!”

Leylin era apenas um acólito anteriormente, então naturalmente ele não queria problemas. Se ele ainda não tivesse avançado para um Warlock, ele definitivamente seria o primeiro a deixar a carruagem se ele conhecesse este acólito que parecia fugir de algo.

No entanto, tudo era diferente agora. Na Costa Sul, os Magos de Rank 1 eram grandes potências, sem nem mencionar ele que era o mais forte entre os Magos recém-avançados.