The Novel’s Extra – Capítulo: 52

213

Modo Noturno

 

 

Tradução: Jonathan Duarte   |||   Revisão: Coruja

Capítulo 52. Mudando o Coração (2)

Chae Nayun bateu a porta de seu quarto, em seguida, pulou em sua cama.

A princípio, ela simplesmente iria convidar os rapazes para fazer um lanche noturno. Mas quando ela estava prestes a bater em sua porta, ela ouviu uma conversa interessante e acabou escutando.

– Eu estive pensando nela por muito mais tempo que você e estive cuidando dela todo esse tempo. Então, consequentemente, eu sei muito mais sobre ela do que você.

Era a primeira vez que ela ouviu algo tão direto. Em parte porque poucos homens eram confiantes o suficiente para se aproximar dela, e também porque ela impedia que tais situações aconteçam.

“Ele é realmente louco?”

O que Kim Hajin disse ainda permanecia em seus ouvidos.

‘Devo lavar meus ouvidos? Ou eu deveria ter ido lá e batido a cabeça dele na parede?’ Chae Nayun pulou na cama enquanto ficava se debatendo.

“O que está acontecendo…?”

O ato incomum de Chae Nayun acordou Yoo Yeonha que estava dormindo pacificamente.

“Nayun… o que você está fazendo?”

“H-Huh?”

Chae Nayun se encolheu.

Yoo Yeonha olhou para ela com os olhos apertados. Por que essa mulher estava pulando na cama?

“Você está doente ou algo assim?”

“Não é nada.”

Chae Nayun não podia dizer o que ela acabara de ouvir. Ela não podia nem imaginar contar a alguém sobre assuntos tão pessoais.

“…Então durma. Estou cansada.”

Resmungando, Yoo Yeonha se deitou novamente.

“Hm, sim, boa noite. Eu vou dormir também.

Chae Nayun também se enterrou debaixo do cobertor.

‘Certo, não importa. Eu ouvi por acaso de qualquer maneira. Independentemente das intenções de Kim Hajin, eu só preciso ignorá-lo.’

Com tais pensamentos, Chae Nayun puxou o cobertor sobre sua cabeça.

Mas por algum motivo, ela não conseguia dormir.

Pensando nela… Observando-a todo esse tempo…

Fragmentos das palavras de Kim Hajin continuaram vagando em sua mente.

“Observando-me todo esse tempo? Ele é um stalker? Não, se ele fosse, não tem como eu não ter notado ele.”

Os sentidos de um atirador eram extremamente afiados. Um stalker era alguém que secretamente tirava fotos, acompanhava mulheres tarde da noite e coisas assim…

Kyaaaak- !!

De repente, uma voz estridente soou na mansão. Chae Nayun abriu os olhos abruptamente disse.

“O que?! Ah, aaak!”

Yoo Yeonha também se levantou em choque, tropeçando no lençol e caindo. Com as mãos no chão, ela olhou para Chae Nayun enraivecida.

“Chae Nayun! Você!”

“Não! Não fui eu desta vez!”

“Então quem foi !?”

“…Não sei, foi lá fora.”

Chae Nayun acendeu as luzes. Ao mesmo tempo, elas ouviram passos na sala. Yoo Yeonha finalmente entendeu a gravidade da situação.

“Isso foi um grito de dor?”

“Apresse-se, devemos ir.”

Chae Nayun colocou uma jaqueta.

**

Kim Suho correu para fora do quarto no momento em que o grito ecoou. Eu estava prestes a segui-lo quando notei algo e parei.

Apoiada na prateleira havia uma pistola branca. Sim, era minha Desert Eagle. Eu não poderia guardá-la no espaço extradimensional porque eu não tinha mais nenhum poder mágico, mas parecia que alguém tinha cuidado dela por mim.

“…”

Ao olhar a pistola me veio um lampejo de inspiração.

“Com isso… não.”

Eu rapidamente eliminei o pensamento, mas ele continuava voltando.

O que Kim Suho ecoava em minha mente.

– Se eu sou o personagem principal, você também é.

Imprevisibilidade.

 

Porque eu tinha medo disso, eu estava dando o meu melhor para não alterar a história original.

Mas mesmo sem pensar profundamente, pude ver que a história já estava sendo alterada por um certo sujeito.

Certo, este mundo já estava cheio de imprevisibilidade. Preocupar-se com isso era tolice.

“…Tenho certeza que funcionará de alguma forma.”

Depois de lutar contra a minha hesitação, peguei minha arma.

Então, corri rapidamente pelo corredor até o quarto do dono da mansão.

Os outros 14 membros do clube de viagem estavam todos de pé ao lado da porta com expressões chocadas.

“I-isto…”

Em um quarto escuro maior do que seis salas de estar comuns juntas, o dono da mansão estava deitado em sua cama com um punhal saindo do seu coração. Na frente desta cena horrível, uma empregada estava soluçando traumaticamente. Presumivelmente, foi ela quem primeiro descobriu a cena.

“Bedel-ssi…”

Kim Suho murmurou o nome falso de Belbet. Eu pude entender porque todos estavam tão chocados. Durante o jantar, Belbet deve ter falado com eles como um avô gentil faria, tentando conquistar sua simpatia dizendo coisas estúpidas como “meu filho que morreu antes de mim também queria se tornar um herói.”

“Esperem. Vamos, deixe-me confirmar em que estado ele está.”

Enquanto os cadetes estavam em estado de choque, a namorada de Oh Hanhyun apareceu.

Natasha era médica. Eu examinei de perto seus movimentos. Ela lentamente se aproximou de Belbet e checou seu pulso. E então ela balançou sua cabeça.

“…Ele se foi.”

Ela fechou os olhos de Belbet, que morreu de olhos abertos, depois voltou para o lado de Oh Hanhyun. Era risível vê-la fingir estar triste enquanto encostavasse no ombro dele.

“O-o que aconteceu …”

Naquele momento, o mordomo chefe correu para o quarto.

Agora, ele iria começar a chorar, falando sobre todas as falsas boas ações que Belbet fez e reiterando as ameaças e tentativas de assassinato que Belbet recebeu de supostos malfeitores.

Eu originalmente planejei deixar a história continuar como em minha novel, mas eu não tinha mais o desejo de assistir a essa farsa.

Belbet deveria se tornar um intrigante personagem que usou seu cérebro astuto para ajudar os Djinns. Por causa de sua natureza, eu não sabia o que ele faria se fosse deixado impune.

Se possível, era melhor se livrar dele agora.

“Então eles fizeram isso! Aqueles bastardos…”

“Acalme-se, mordomo-chefe.”

Enquanto os cadetes estavam ocupados consolando a soluçadora solteirona e o mordomo, acendi as luzes. Imediatamente, o quarto ficou claro.

“Ei, por que você acendeu a luz?”

Vendo a cena de um assassinato e do cadáver ensanguentado, Chae Nayun gritou de surpresa.

Eu olhei ao redor da sala antes de caminhar lentamente até Belbet.

“Com licença! Não chegue perto!”

Natasha gritou apressadamente. Ignorando-a, fiz um ato de examinar o rosto e o estado de Belbet. Eu levantei suas roupas para verificar sua ferida e verifiquei a cama ensanguentada. Simplificando, eu estava agindo como um detetive.

“Você não pode atrapalhar a cena do crime antes que a polícia chegue…”

Incapaz de suportar isso por mais tempo, Natasha se aproximou para me arrastar para longe. No entanto, tirei minha arma do bolso e apontei para ela.

“Não chegue perto.”

“…!”

Natasha levantou as mãos em choque, enquanto o mordomo, que chorava há pouco, disparou e gritou.

“O-o que você está fazendo!?”

Não era só o mordomo. Os cadetes reunidos aqui também gritaram a mesma coisa.

Encarando suas vozes altas diretamente, comecei a sentir dor de cabeça. Foi porque eu acabei de acordar da exaustão? De repente me senti irritado. Rangendo meus dentes, eu gritei.

“CALEM A PORRA DA BOCA!”

Até eu fiquei surpreso com o quão autoritário eu fui. O silêncio desceu imediatamente.

Deixei escapar um suspiro e continuei calmamente.

“Essa pessoa está tentando nos enganar. Ele não está morto. Ele está no que é chamado de estado de animação suspensa.”

“N-não seja idiota. Eu sou médica. O que você sabe sobre-“

“Eu vou explicar, então cale a boca e espere.”

Eu continuei com a minha arma ainda apontando para Natasha.

“Primeiro, essa cicatriz não é natural. É muito superficial para alguém tê-lo esfaqueado de cima.”

Acabei de relatar o que observei e concluí da cena. Eu não era especialista em investigação de cena de crime, então eu poderia estar errado para falar a verdade. Mas já que eu sabia a verdade, o processo realmente não importava.

“Em seguida, há muito sangue. Ele só tem um ferimento fatal em seu coração, mas o sangue está cobrindo essa enorme cama e até mesmo pingando no chão. Quase como se para enfatizar que este homem estava morto.”

Eu dei uma olhada na expressão de Natasha. Ela não parecia agitada ainda.

“Finalmente e mais importante…”

Usando meu relógio inteligente, projetei a Lista Internacional dos Criminoso Procurados. Eu poderia ter mentido sobre tudo mais, mas isso era real.

Belbet, o vigarista.

Embora ele parecesse mais magro na imagem, o homem deitado morto na cama parecia com o homem da foto.

Neste momento, os cadetes ficaram abalados.

“É claro, você pode argumentar que são pessoas diferentes, já que o homem da foto é muito mais magro, mas, se levarmos em conta as outras duas pistas, você tem que considerar que alguma coisa está acontecendo.”

“…Chefe mordomo, você chamou a polícia e a ambulância, certo?”

No entanto, Natasha ainda estava calma.

O mordomo respondeu rapidamente à pergunta dela.

“Sim, eu liguei para eles.”

“Então podemos apenas perguntar a eles, em vez de fazer um show como esse homem.”

Eu não podia deixar isso acontecer. Uma vez que a polícia subornada e o pessoal médico chegassem, Belbet escaparia desse lugar com segurança.

Eu tive que resolver a situação antes disso.

Com um sorriso, eu movi minha arma longe de Natasha, apontando para Belbet. Só então Natasha começou a perder a compostura.

“O-o que você está fazendo!?”

“O que você quer dizer? Eu vou atirar nele.”

“A polícia estará aqui em breve!”

“Ele está morto de qualquer maneira, não é?”

Eu coloquei meu dedo no gatilho.

“E-este canalha! Querido, pare-o!”

Natasha sacudiu Oh Hanhyun e pediu que ele intervisse.

O mordomo principal, Belbet e Natasha.

Eles estavam todos no mesmo barco.

“Hm, Hajin…”

Oh Hanhyun falou com cuidado.

“Se alguém mover um único passo, eu vou atirar. Especialmente você, Kim Suho. Eu estou te vendo aí.”

“…Entendo.”

Kim Suho, que estava se aproximando lentamente de mim, parou e levantou as mãos.

Eu também fiz os outros cadetes recuarem. Então falei para Natasha.

“Essa arma está carregada com balas reais.”

“Nós já ligamos para a polícia! Ponha essa arma no chão!”

Natasha estava tremendo. Sua reação deveria servir como prova suficiente, mas ainda precisava de algo mais decisivo.

“Se você não confessar até eu contar até um, eu vou atirar. Já que ele está morto, não importa, certo?”

“Confessar o quê !? Ele já está morto!”

Eu comecei a contar.

“3.”

Eu desviei meu foco para os cadetes no caso de qualquer um deles tentar fazer algo estúpido.

“2.”

Mas ao contrário das minhas expectativas, Kim Suho ficou calmo, enquanto o normalmente tímido Oh Hanhyun tentou operar seu poder mágico.

Naquele momento, alguém o parou.

“Espere.”

Foi Yoo Yeonha.

Graças a ela, pude terminar minha contagem regressiva.

“1.”

Natasha ainda não reagiu.

“Então vamos lá.”

Clique.

Eu puxei o gatilho.

“Não!”

A arma não estava carregada.

Mas Natasha, que não estava ciente disso, ela correu até mim e me empurrou para o lado. Então, ela se prostrou em cima de Belbet como se para protegê-lo.

“Não atire! Não atire!

“…hm.”

Eu calmamente abaixei minha arma. Isso era prova suficiente.

Natasha era filha de Belbet. A razão pela qual Belbet, que estava constantemente em fuga, se estabeleceu na França e como ele conseguiu trazer os cadetes da Cubo foi tudo graças a ela.

“Em vez da polícia, ligue para a Associação dos Heróis. Diga a eles que pegamos um criminoso procurado.”

Com isso, eu carreguei minha arma e depois disparei. A bala mágica atingiu a perna do mordomo que estava fugindo.

“Aaak!”

Depois daquele grito curto, só restou o silêncio.

Sob os olhares dos outros cadetes, eu saí.

Meu coração batia loucamente.

**

O assassinato foi um enredo planejado por Belbet e Natasha. Ele era um criminoso procurado em praticamente todos os países europeus, e havia formulado esse plano para evitar ser preso ou morto. Sua filha havia, por coincidência, seduzido um cadete da Cubo, tornando o plano possível.

A chamada operação de “Retorno à Vida”.

Embora caro, havia um medicamento que poderia colocar alguém em um estado temporário de animação suspensa. Como um médico que fazia parte da Cubo, Natasha poderia facilmente colocar as mãos em um.

 

Em seguida tudo seria simples.

Belbet tomaria o remédio depois de receber uma lesão falsa com a ajuda de um companheiro mago que criaria a cena do crime usando bolsas de sangue. O médico da emergência não seria capaz de distinguir a animação suspensa da morte, e Belbet já tinha subornado uma delegacia da polícia de Paris.

 

Em seguida, dentro da ambulância, Belbet trocaria de lugar com o cadáver de um homem semelhante a ele.

Depois, os cadetes da Cubo cuidariam do testemunho. Pois eles tinham um dos maiores níveis de confiança do planeta.

Os funcionários do governo que ele subornava garantiriam que ele estava oficialmente morto, e o verdadeiro Belbet renasceria com um novo nome.

Tudo isso seria algo que Kim Suho descobriria no futuro.

Mas agora, eu destruí completamente partes da história relacionadas a Belbet. Belbet foi preso enquanto ainda estava em estado de animação suspensa. Quando ele acordasse, ele se encontraria na cadeia.

[Belbet, o homem que você pediu para encontrar foi preso pela polícia francesa e atualmente está sendo transportado para uma filial local da Associação dos Heróis.]

[Parabéns! Como você é nosso primeiro cliente, essa pergunta foi respondida gratuitamente.]

Agora, eram nove horas da manhã.

Agachado no chão, respondi à vítima de Belbet, que perguntara sobre ele na Agência da Verdade.

“…Você é o Sherlock Holmes?”

Naquele momento, uma voz soou.

Era Yoo Yeonha. Eu sorri sem responder a ela.

Na verdade, o que eu disse ontem à noite foi uma dedução amadora na melhor das hipóteses. Mas por causa da inesperada situação em que estavam, ninguém havia pensado profundamente sobre o que eu disse.

Mas, surpreendentemente e talvez graças à sorte, a investigação revelou o que eu disse ser mais ou menos correto.

“O incidente com Yun Hyun e agora isso. Você pode muito bem abrir uma agência de detetives.”

“Atiradores de elite têm bons olhos.”

“Isso é verdade, mas como você o reconheceu? Você tem os rostos de criminosos procurados memorizados?”

Eu vacilei. Como esperado de Yoo Yeonha, ela apontou uma das falhas na minha ação.

“Peço desculpas. Esse é um assunto pessoal “

Isso era tudo que eu poderia dizer a ela.

“O que há com esse discurso educado repentino…”

Yoo Yeonha retrucou sem rodeios, então fez uma expressão significativa. ‘Família importa, família importa…’ Ela parecia estar vagando em sua própria imaginação. Nesse momento, eu não estava curioso sobre o que ela tinha, equivocadamente, entendido.

Mas falando em “casos de família”, de repente fiquei curioso sobre a minha.

Para ser mais preciso, sobre a família de Kim Chundong. Tudo o que eu sabia lendo seu registro oficial era que ele era de um orfanato.

Provavelmente valeria a pena investigar quando eu chegasse em casa.



Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!