The Novel’s Extra – Capítulo 01

810

Ative o Modo Noturno

 

Os combos serão liberados aos fins de semana e a quantidade de capítulos dependerá de vocês. Classifique/Comente/Recomende a TNE na central para que possamos crescer cada vez mais (;


Tradução / Revisão: Jonathan Duarte


Capítulo 1: Academia Cubo (1)

Um dia recebi um email. O remetente perguntou se ele poderia reescrever minha novel.

Na época, fiquei estupefato. Eu poderia estar em um pequeno hiato, mas pedir para reescrever uma novel que já estava em serialização paga…

Eu, é claro, recusei. Na verdade, não respondi.

Em parte, porque fazer algo assim sem permissão iria contra as leis de direitos autorais, mas também porque eu tinha vergonha do status de hiato em que me encontrava.

A Webnovel que eu estava escrevendo chamava-se “O Herói Regressado”.

Não foi uma Mega Hit, mas foi um romance bastante popular e o maior sucesso dos meus cinco anos de carreira como escritor.

Mas, na época em que recebi o email, ela já estava em hiato por três meses.

O motivo era simples. Eu estava sem inspiração alguma.

No início, devotei toda minha paixão à escrita. Minha nota pessoal sobre o cenário do mundo se aproximava de 10 mil palavras, e eu me dediquei de coração ao escrever cada capítulo.

Mas depois de um ano escrevendo, caí em uma terrível recessão.

Mesmo assim, a novel continuou por seis meses, alcançando a metade da fase final da história. Mas porque forcei-me a escrever, a história estava cheia de buracos sem falar que as personalidades dos personagens haviam desmoronado. Não era novidade que o número de leitores caia a cada dia. Eu estava com muito medo de ler os comentários.

No final, optei por entrar em hiato.

Mas não importa quanto tempo eu descansasse, eu não poderia continuar com a história, nem mesmo uma única palavra me vinha à mente.

Quando eu estava me afogando na miséria de perceber a minha falta de habilidades de escrita…

Recebi outro e-mail pedindo para refazer o meu romance.

***

[ homosapiens@neighbor.com ]

[Por favor. Isso é para satisfação pessoal. Eu não revelarei a versão do remake da novel em nenhum lugar. Só vai ficar entre mim e você. Quem sabe? Talvez você se inspire no remake e descubra uma maneira de continuar a história…]

***

Era um email bastante curto, consistindo de seis frase e o que ele pedia era simples.

Ele queria refazer meu romance por pura autossatisfação.

O quanto ele gostou do meu romance para enviar um email como este? Como eu não estava particularmente orgulhoso do meu trabalho, concordei, sentindo-me, ao mesmo tempo, agradecido e envergonhado.

***

Será que foi isso que causou toda essa situação?

Se diz que a chance de ganhar na loteria é de 1 em 8.145.060. Então o que estava acontecendo comigo neste momento tinha que ser uma chance de 1 em 7 bilhões.

Eu estava em pé em uma casa de família comum.

Mas o mundo em que eu estava não era meu mundo e eu não era “eu”. Embora alguém possa pensar que eu estava sendo filosófico, eu realmente não estava. Era apenas a melhor maneira de descrever a situação em que eu me encontrava.

Eu havia me tornado um personagem extra da minha novel.

Ainda pior, um personagem extra que eu não tinha nenhuma lembrança de ter criado.

Eu havia me tornado Kim Chundong.

Chundong morava em um apartamento comum, mas não tinha pais. Quanto ao porquê, eu, claro, não sabia.

Aos 9 anos de idade, Chundong foi admitido na ‘Academia Militar dos Agentes’. Um lugar criado para alimentar as elites que futuramente lutariam contra monstros e Djinns.

Quais habilidades Chundong possui para passar no vestibular de tal academia?

Eu não sabia.

Eu não sabia nada sobre ele. Eu nem conhecia o rosto dele. Eu não estou brincando. Eu realmente não o criei.

Quando eu olho no espelho…

(?)

Isso é o que eu vejo. Uma coisa de formato oval e um ponto de interrogação.

Isso é uma daquelas loucas posses de corpo? Ou é transmigração? Era completamente irracional. Eu tinha ido para a cama como em qualquer outro dia, mas quando acordei, encontrei-me no último dia do semestre na Academia Militar dos Agentes.

No começo, eu tinha duas suspeitas.

Primeiro era que eu estava sendo enganado.

Mas essa ideia foi derrubada em apenas cinco segundos. Eu não poderia nem ser incomodado em explicar o porquê.

Em segundo lugar eu estava ​​sonhando.

Mas eu naturalmente passei a rejeitar a ideia. Como todos sabem, o pensamento de estar em um sonho nunca ocorre quando se está sonhando e, mais importante, nenhum sonho continua por duas semanas com um senso tão claro de realidade.

Como resultado, passei as duas últimas semanas ponderando se o mundo dentro da novel que criei era a minha realidade atual.

“Ding Dong Triiiiiiiim”

Assim como eu tenho feito nas últimas duas semanas, eu estava deitado na cama e olhando fixamente para o teto quando o alarme do meu smartphone começou a tocar. Olhando de relance, vi que era hora de ir para a escola.

“Por que diabos eu preciso ir para a escola.”

13 dias atrás, foi a formatura da Academia Militar do Agentes. Mas os que se formaram eram apenas cadetes não-combatentes, e os cadetes não combatentes não podiam ser chamados de heróis. Os cadetes da classe de combate teriam que frequentar a academia por mais três anos.

Esses três anos seriam gastos na Cubo (uma Academia de Heróis).

Infelizmente, esse maldito cara, Chundong , era um cadete do tipo combatente. Mais uma vez, eu não tinha ideia de quem ele era.

“Ah … que frustrante.”

Eu mal fiz nada por duas semanas. Passei a maior parte do meu tempo na internet, comi quando fiquei com fome, Varri a internet procurando uma saída desse mundo, mas não achei nada. ri da variedade de besteiras surpreendentemente engraçadas que passa na TV… De qualquer forma, o único evento digno de nota  estava acontecendo em Seoul há dois dias: A Cerimônia de Entrada da Cubo que durava três horas.

Eu não queria ir, mas não tinha outra escolha, pois me disseram que eu seria expulso se não comparecesse.

“Eu acho que preciso ir, mas…”

Não consegui descobrir quem me colocou aqui, por qual razão e de que maneira.

Mas depois de viver ociosamente por duas semanas, eu relutantemente aceitei meu destino.

Parecia que eu viveria assim por muito tempo.

Nesse caso, pelo menos eu precisava ganhar a vida sozinho.

Na minha novel, ser um ‘herói’ era o emprego dos sonhos de qualquer um. Embora as coisas se tornassem graves no meio do caminho por causa dos Vilões, o hiato não demoraria muito para acontecer.

Eu só tinha que sobreviver até então. Quando chegasse a hora, eu tinha certeza de que iria descobrir alguma coisa.

[7:33 AM]

Faltavam 57 minutos até a aula começar.

Levantei e fui ao banheiro.

De pé na frente do espelho, o ponto de interrogação me cumprimentou.

“… Este maldito ponto de interrogação. Isso nunca vai sumir?

Sem brincadeira, meu rosto era um ponto de interrogação. Eu não sabia porque.

Não foi porque não descrevi meu rosto. Se fosse esse o caso, não fazia sentido que os outros bilhões de pessoas tivessem seus próprios rostos. Então, por que apenas o rosto de Chundong era um ponto de interrogação?

“Eu não entendo.”

Murmurando a contragosto, eu lavei meu rosto. Eu podia sentir minha pele. Eu também tinha cabelo. Isso tornou as coisas ainda mais assustadoras.

Depois de me limpar um pouco, mudei para o uniforme da Cubo, que consegui na cerimônia de entrada. Fora isso, eu não tinha outra bagagem.

As pessoas que me vissem neste uniforme sem dúvida enviariam olhares de inveja, mas eu não me importava. Eu tinha problemas maiores

Meu rosto era um maldito ponto de interrogação, como eu deveria descobrir alguma coisa?

Virando a maçaneta, olhei para trás.

Minha casa nas últimas duas semanas. O quarto de apartamento que eu só encontrei graças ao endereço escrito no meu cartão de cadete. Parece que me apeguei a ele neste curto período de tempo. Eu sentiria falta daqui.

A Cubo flutuava no meio do Mar Leste. Quando eu saísse, provavelmente não voltaria mais.

“Ehew”

Deixando para traz o quarto do grande apartamento que eu estava feliz em ter, eu comecei a explorar esse mundo novo e desconhecido.


Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!