Stranger’s Handbook – Capítulo 1 – Olá, Novo Mundo.

1
441

Tradução: KingofHornet
Revisão: KingofHornet


Quando cheguei aos meus sentidos, eu estava dentro de uma sala mal iluminada.

Eu sou Kato Toshiaki, um homem de meia-idade, com 32 anos de idade.
Eu vou trabalhar como sempre e vou comprar um café em uma loja de conveniência, como todos os dias.
Como de costume, eu dirijo meu carro enquanto fumava um cigarro.
Como de costume, bebo meu café no cruzamento com um longo sinal de espera.

Logo depois disso…

O que não foi conforme o esperado era…

De repente, o som de um aviso de terremoto foi ouvido.

A agitação era tão violenta que eu podia sentir mesmo dentro do carro.

Meus arredores estavam cheios de gritos de pessoas que pulavam de seus carros.

“Uau! Você está falando sério!? Outro terremoto!? Qual é a magnitude desse!?”

Eu, também, deixei o carro e sentei no chão, aguardando o tremor parar.

Ou foi assim que deveria ter sido…

E então, quando cheguei aos meus sentidos, eu estava dentro desse quarto mal iluminado.

Verificando meus arredores…

Há cerca de 10 pessoas aqui, de jovens a idosos……
Havia jovens meninos e meninas também e eu queria saber se eles eram adolescentes do ensino médio.
Havia também alguns indivíduos de cabelos brancos e não seria errado assumir que eram pessoas idosas.

Mas o que era a coisa mais estranha sobre toda essa situação era o fato de estarmos todos nus.

Em circunstâncias normais, olhar para a pele nua das jovens é algo que alguém aceitaria com gratidão
Eu sou um homem comum depois de tudo!

No entanto, em uma situação tão estranha, você não pode meramente apreciar a visão.
É claramente uma situação anormal.

Apenas imagine.
Um dia, você se encontra em uma sala de 20 tatames, mal iluminada, ao lado de outros 10 ou mais indivíduos de diferentes idades, todos nus. Isso NÃO é normal!

“A… algo está acontecendo, certo? Isso…”

Tudo o que eu podia fazer era murmurar para mim mesmo.

“P… por enquanto, uma vez que também há jovens por aqui, todas as mulheres devem se reunir por aí. Todos os homens vêm aqui. Tanto quanto possível, não olhe para o outro grupo! Esta é a coisa sensata a se fazer.”

Aquele que fez a divisão era um homem velho com cabelos grisalhos.
Uma mulher velha, que poderia ter sido sua esposa, estava falando com as garotas enquanto afagava sumamente suas cabeças.

As jovens estavam chorando.
Não me admira…
É uma situação tão anormal.
Não importa como você pense sobre isso, é incomum.
O medo e o constrangimento de ter seus corpos nus sendo observados, é demais para elas lidarem.

Todos ouviram o velho cavalheiro e se separaram em dois grupos, mas, como se poderia facilmente adivinhar, era bastante estimulante para os jovens do sexo masculino e seus olhos continuavam cintilando em direção ao grupo feminino.
Ainda estaria tudo certo se fosse apenas para ficar olhando…

“Digamos que, como já estamos em tal situação, provavelmente seremos mortos por terroristas, certo?”

Um homem de 20 anos.
Então ele começou, sua aparência seria, em circunstâncias normais, verdadeiramente herbívora.

“Parece isso. Se todos nós vamos ser mortos por terroristas de qualquer maneira…”

Um adolescente começou a falar também.

Terroristas?
Antes que alguém pudesse realmente notar, o fato de que seremos mortos por terroristas já foi confirmado, parece.

‘Terroristas, hein…… Eles nos despojaram de nossas roupas e nos trancaram nessa sala. Além disso, aconteceu no meio de um terremoto…… Que tipo de vantagem poderiam ter os terroristas ao prender seus prisioneiros, seus reféns em uma sala, independente do sexo ou idade?’

Enquanto eu estava perdido em pensamentos, os dois homens, desconsiderando a restrição dos outros caras, estavam se aproximando do grupo de mulheres, usando sorrisos largos em seus rostos.

“Ei, você! O que…!?”

A velha, parecendo querer proteger as garotas, gritava na frente dos dois homens.

Ban! (sfx)

Foi simultaneamente com seus gritos.

A porta foi fechada bruscamente e duas pessoas usando armaduras e capacetes, que pareciam uma espécie de cavaleiros europeus, começaram a entrar na sala.

“Q… que diabos são vocês…”

Algo brilhava intensamente.
Antes que o primeiro homem pudesse terminar sua frase, as luzes brilhantes podiam ser vistas pela direção das mãos dos cavaleiros.

“Os indivíduos de baixa vida que nem sequer ajudam seus compatriotas e que tentam assaltar mulheres fracas são inúteis para nós.”

“E… eles os mataram…”

Um deles cortou sua cabeça pela metade.
O outro perdeu a cabeça completamente.
Se alguém pudesse sobreviver a isso, eles seriam zumbis ou deuses ou algo assim.

Kyaaa….uwaaa….hiiii….

Os cavaleiros começaram seu discurso, independentemente se todos os ruídos e interjeições em segundo plano.

“Não é nosso interesse matar ou prejudicar vocês sem um motivo. Mas não temos a intenção de poupar as vidas de demônios, como esses dois caras. Por enquanto, vocês vão sair desta sala e nos seguir.”

Eles anunciaram friamente e saíram do quarto.

“T… todos provavelmente estão confusos, mas, por enquanto, parece uma boa ideia não desobedecer esses caras. Vamos segui-los.”

Descansando sobre o velho cavaleiro, as mulheres estavam chorando…

Os homens, enquanto tremiam, tentavam se levantar.

“Você nem sequer se encolheu enquanto assistia a uma cena tão terrível. Polícia? Forças de autodefesa? Você tem um forte estômago!”

O velho cavalheiro se aproxima de mim.

“Não, estou no desinteressante ramo de vendas.”

Eu respondi com um sorriso.

“Oh! Um vendedor. Bem, com alguém confiável como você por aqui, todos se sentirão um pouco mais à vontade.”

“Hahaha! Por favor, não espere muito!”

Depois de dar minha modesta resposta, o velho senhor deixou a sala, seguido por todos os outros.

“Erm! Você não vai embora?”

Uma das mulheres se dirigiu a mim.

“Ah! Vou sair por último. Você deve seguir em frente. Também irei depois de terminar esta última coisa.”

A mulher saiu da sala enquanto acenava a com a cabeça em compreensão…

Bem agora…

Fiquei assustado e me molhei um pouco…
Comecei a esfregar minhas pernas molhadas e a região inferior no tapete do chão.
Eu vou acompanhar todos depois que eu terminar de me limpar.

Tenho certeza de que estou assustado até a morte!

  • Arthur Popuslou

    oloko, ele se cagou 0-0