SG – Capítulo 35

0
31

SG – CAPÍTULO 35: Quem Deveria ir?

Tradução: Pumpkin |   Revisão: Marina

Esquisito do Cu era tão infame que uma torrente de abusos desprezíveis foi jogada nele. Os jovens, que estavam contratando, chegaram a eles e um deles com traços ásperos e angulares olhou curiosamente para Han Sen e disse: “Você é o lendário Esquisito do Cu?”

“Sim.” Han Sen respondeu casualmente. Não achou que fosse uma coisa ruim, pois em todo o Abrigo Blindado de Aço, ele era o único que já esfaqueou Qin Xuan na bunda. Era uma experiência de realização em certo sentido.

O jovem ficou obviamente curioso sobre Han Sen. Ele disse repentinamente: “Você também está aqui pelo trabalho?”

Han Sen concordou: “Se não gosta da ideia, posso ir embora agora.”

“Não, se não tiver dúvidas, podemos assinar o contrato aqui.” O jovem disse rapidamente.

Um rugido surgiu da multidão ao ouvir a decisão do jovem. Até mesmo os amigos do jovem pareciam surpresos. Eles puxaram o jovem para o lado e disseram: “Yuan, esse é o Esquisito do Cu. O que você quer com ele?”

“Isso mesmo, Yuan. Se estivermos em perigo, ele provavelmente vai correr ainda mais rápido do que nós. É apenas um desperdício de dinheiro.”

“Eu já o contratei, e vocês podem escolher o resto.” O jovem chamado de Yuan insistiu e assinou o contrato com Han Sen.

Os outros não disseram muito depois disso e selecionaram vários outros candidatos que pareciam experientes. Han Hao mostrou-lhes sua arma de Alma de Besta Mutante e foi escolhido. Os dois que vieram com Han Hao mostraram habilidades e conseguiram o trabalho também.

“Esquisito do Cu, você teve sorte também, graças à curiosidade e gentileza do seu jovem mestre.” Liu Feng, um dos dois, disse ao passar por Han Sen.

“Minha sorte sempre foi boa.” Han Sen disse fracamente.

Os clientes escolheram dez homens experientes para protegê-los na caça de Criaturas Primitivas. Com esse time, podiam até mesmo caçar Criaturas Primitivas em rebanhos.

Aqueles que tinham sido contratados ficaram de bom humor e tentaram lisonjear os clientes o tempo todo. Eles compreendiam claramente os antecedentes desses jovens que os pagaram.

Os clientes realmente tinham habilidades de luta muito boas, e devem ter se formado em escolas de elite. Embora tivessem acabado de entrar no Santuário de Deus, a aptidão física e habilidades eram muito melhores do que as de Han Sen quando chegou. Só faltava a experiência de caça.

Quando os clientes estavam caçando criaturas primitivas, Han Sen ficou apenas praticando o tiro com arco ao lado. Inicialmente, ele escolheu praticar tiro com arco, pois era menos exigente do que outras armas. Era improvável que pudesse aprender técnicas avançados de luta de espadas ou adagas no sistema de educação pública, enquanto tudo o que precisava para o tiro com arco era precisão.

Han Sen ainda estava conhecendo o desempenho e as características do Dia do Julgamento, então selecionou algumas das árvores nas proximidades como seus trajetos para praticar.

“Esquisito do Cu, você está apenas ocupando espaço. Por que está atirando em vão e ignorando nossos clientes?” Liu Feng ficou confuso com o comportamento de Han Sen e olhou os tiros com desprezo: “Você não consegue nem atirar em algo dentro de sessenta pés.”

Han Sen não olhou para Liu Feng ou respondeu. Ficou apenas experimentando a flecha e não se concentrou em um alvo, e foi por isso que seus tiros pareciam confusos.

“Apenas o deixe. Foi apenas um ato de caridade. Nossos clientes não esperavam que ele ajudasse.” Os outros contratados riram.

“Isso é verdade. Apenas seja grato, Esquisito do Cu!” Liu Feng cuspiu e se juntou ao resto.

“Não diga que me conhece.” Han Hao encontrou a chance de sussurrar para Han Sen e voltou para rir com seus amigos.

Os clientes estavam fazendo progressos incríveis. No início, eles precisavam de um pouco de ajuda, logo se tornaram melhores e podiam caçar algumas Criaturas Primitivas viciosas no um a um. De fato, as escolas de elite tinham excelentes resultados de ensino.

Aqueles que participaram da educação obrigatória e integrada não se atreviam a caçar Criaturas Primitivas sozinhos sem experiência prévia.

Foi tão bom que todos até perderam a vigilância. Quando os clientes estavam caçando três Criaturas Primitivas manchadas, uma das bestas se fingiu de morta e atacou um jovem cliente que se aproximou.

Han Hao e os outros não esperaram por isso, e a besta manchada estava muito perto do cliente para que o resgatassem. Em um instante, as garras da besta manchada estavam no delicado pescoço do jovem.

O jovem ficou aterrorizado, lamentando que não estivesse usando seu capacete de liga. Mas era tarde demais para isso. Todos assistindo gritaram de horror.

Whoosh!

Uma flecha voou pelo rosto do cliente e atingiu a besta manchada no olho esquerdo. A besta gemeu e caiu no chão.

Han Hao e o resto atacaram a besta manchada e cortaram o cadáver em pedaços.

“Esquisito do Cu, por que disparou a flecha? Quase machucou Qin!” Liu Feng virou-se e repreendeu Han Sen.

Outras pessoas o seguiram, criticando Han Sen. Ficaram secretamente envergonhados, mas em vez de auto-reflexão, escolheram culpar Han Sen. Na opinião deles, Han Sen apenas acertou a besta por pura sorte, pois Esquisito do Cu jamais podia ser tão bom em alguma coisa.

“Dê o fora!” Yuan gritou subitamente com um rosto sombrio.

“Você ouviu isso Esquisito do Cu? Yuan pediu para você ir.” Liu Feng gritou.

“Estou pedindo para você ir.” Yuan olhou para Liu Feng friamente. “Paguei para nos proteger, e o que fez quando Qin ficou em perigo? Nada! E até mesmo tentou culpar a única pessoa que fez o trabalho. Todos se mandem e não quero vê-los novamente.”

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSG – Capítulo 34
Próximo artigoSG – Capítulo 36
Oh/ Tradutor de Super Gene e Jogador Marcial, conhecimento avançando da gramática portuguesa, fluente em inglês, nível avançando em espanhol, Nível HSK 2 em Mandarim, aprendendo coreano e japonês. Cursando matemática e aprendendo programação. Além disso, futuro legendador da Netflix.