Reborn: Evolving From Nothing – Capítulo 15

226

Ative o Modo Noturno

 

Tradução: Denn | Revisão: The Careca


O Velho Mago

Várias centenas de metros abaixo da terra, sob o vale entre os picos quebrados, existia uma pequena caverna. Esta caverna foi bloqueada da superfície e preenchida com uma pesada aura de morte.

Essa aura era tão poderosa que se infiltrou na própria terra, impregnando a aura nas montanhas e no vale acima.

A caverna era pequena, com apenas alguns metros de largura. O aspecto mais incrível dessa caverna era sua forma.

Era inteiramente circular, como uma grande esfera cortada do chão. As paredes eram lisas, sem poeira ou rachaduras.

A Aura que Dorian desencadeou era cheia de força, mas em seu núcleo ainda era uma versão degradada da Aura que o Mago de Classe Angelical caído tinha em vida. Ele só conseguiu condensar e armazenar, fazendo uso da Matriz de Feitiços da Alma única que ele tinha.

Ainda assim, mesmo quando Dorian desencadeou a versão degradada, seu alcance se espalhou por quilômetros na superfície e centenas de metros no céu acima, e no chão abaixo.

E, naquele exato momento, o menor indício daquela Aura alcançou esta caverna, no subsolo profundo.

Nesse momento, luz dourada começou a aparecer, uma pequena esfera apareceu no centro da caverna.

Uma voz antiga e envelhecida falou em voz alta,

“Meu sucessor?”

¤¤¤

Quando a pálida mulher de pele ligeiramente cinzenta começou a gritar de volta para Dorian, ele sabia que estava em apuros.

Ele atuou bem, obtendo sucesso em afastar os seres humanos.

A força da aura que ele emitia estava lentamente começando a desvanecer-se, ele notou alarmado. A névoa vermelha que rodeava seu corpo havia diminuído, quase imperceptivelmente. Se isso durasse muito mais tempo, ele precisaria recorrer novamente, usando mais um quarto do seu trunfo.

“Ausra, posso usar uma das minhas absorções nela?”

Ele ainda tinha duas chances para absorver quase qualquer coisa que tivesse uma linhagem. No entanto, de acordo com as salvaguardas que o Deus-Rei havia estabelecido, ele teria que se tornar imediatamente o que quer que ele absorvesse, e se esse ser ou forma fosse forte demais para sua Alma suportar, ele poderia entrar em colapso e morrer. Ausra deixou isso claro para ele.

“Estes dois parecem ser nobres vampiros, ambos na Classe Grande Mestre, a julgar pela aparência física e intensidade da aura sanguínea. Sua alma seria incapaz de suportar o fardo.”

Ausra respondeu.

Dorian piscou com uma sensação de afundamento em seu estômago.

“Magia de Sangue: Sombra Sufocante!”

A mulher recitou as palavras para um feitiço. Imediatamente, algum tipo estranho de névoa escura de sangue começou a se formar e começou a cobrir o céu.

“Que assim seja.”

Ele pensou, se fortalecendo. Se ele chegou até aqui, ele conseguia ir um pouco mais longe.

“VOCÊ OUSA OFENDER E DESAFIAR ESSE DRAGÃO DIVINO?!”

Dorian rugiu, estufando o minúsculo peito de dragão com toda a força. Sua voz quase quebrou quando ele disse a última palavra, seca de toda essa gritaria.

A Nobre Vampira estremeceu. Parecia que sua aura ainda estava tendo efeito! Toda a esperança não foi perdida!

“Rápido!”

Ele pensou, freneticamente. Ele precisava dizer algo intimidante, algo que os assustaria e o faria soar como um dragão majestoso dos céus.

Quando a escuridão engoliu o vale, a inspiração chegou.

“VOCÊ PENSA QUE A ESCURIDÃO AFETARÁ ESSE DRAGÃO DIVINO? MORTAL TOLO, EU NASCI NA ESCURIDÃO! EU FUI MOLDADO POR ELA! VOCÊ? VOCÊ MERAMENTE SE APROPRIOU!”

Sua voz trovejou enquanto ele agitava ameaçadoramente sua perna de cervo, citando um personagem de um filme na Terra enquanto tentava soar ameaçador.

Ele não conseguia distinguir onde os vampiros estavam devido à escuridão, mas ele olhou em sua direção geral. A névoa carmesim bloqueou completamente toda a luz, tornando impossível para Dorian ver, mesmo com seu corpo dracônico.

De repente, ele ouviu um baque alto no chão.

Uma fração de segundo depois, mais do que viu, ele sentiu  alguma coisa bater nele e depois envolvê-lo. Seu corpo inteiro foi imediatamente cercado e aprisionado, incapaz de se mover. Uma pesada aura de sangue começou a reprimir sua mente, fazendo com que sua consciência vacilasse.

Seu corpo parecia estar sendo esmagado. Não importava como ele lutava ou se movia, ele não conseguia parar esse sentimento, algum estranho feitiço se chocou contra ele.

“Socorro…”

Ele suspirou, mentalmente exausto: “Foi uma boa segunda chance. Adeus mundo cruel.”

A sensação de morte inevitável parecia afundar nele, ele se sentia cansado e sem esperança, uma estranha calma se aproximou dele.

“Várias linhagens foram detectadas. Você deseja absorvê-las?”

A voz de Ausra em sua cabeça era como um oásis frio em um deserto ardente de escuridão.

[Nota especial: Esta não é uma de suas 3 absorções. Ele apenas está absorvendo sangue através de sua Matriz de Feitiços da Alma como ele normalmente faz.]

“Sim! Sim! SIM!”

Ele gritou mentalmente, seu corpo já mal aguentava, desesperadamente agarrado à vida. A estranha calma de antes desapareceu instantaneamente, despedaçada.

[Absorção de linhagens sanguíneas detectadas]

[Origens das Linhagens]

[29% Lobo Golem]

[25% Lobo Negro Lamacento]

[24% Lobo Branco da Chuva]

[15% Lobo Virulento]

[5% Verdadeiro Vampiro]

[2% de várias linhagens indeterminadas, muito pequenas para serem medidas no momento.]

Imediatamente, uma tela apareceu em sua mente, listando as origens da linhagem da fera que o  atacara e prendia. Ele sentiu uma pressão quando uma grande quantidade de energia foi absorvida e armazenada em sua matriz de feitiços da alma, aguardando sua evolução.

Ao mesmo tempo, o feitiço que o atacava desapareceu inteiramente, a pressão que o prendia desapareceu e ele ouviu um grito alto.

¤¤¤

“ARRRRGH! SALUM! NÃÃÃOOO!”

Gaia sentiu uma sensação vil e horrível em sua alma quando sua conexão inata com sua fera de sangue, Salum, foi cortada. A dor agonizante rasgou sua consciência enquanto ela tremia em choque.

Uma fração de segundo depois, os olhos da vampira linda reviraram na parte de trás de sua cabeça e ela desmaiou, inconsciente.

“Puta que pariu!”

Brutus xingou e tomou uma decisão em uma fração de segundo ao perceber sua parceira desmaiando.

Seus anos de experiência o levaram a encontrar várias situações de vida ou morte, mas essa era diferente de qualquer outra.

“Magia de Sangue: Queima de César.”

Seu corpo foi consumido pela luz negra e carmesim enquanto ele lançava um dos feitiços mais fortes que ele conhecia. Queima de César, um feitiço criado por um poderoso Lorde Vampiro, que sacrificava dez anos de sua vida para aumentar temporariamente a força de uma pessoa a outro nível. Depois de conjurar o feitiço, no entanto, a pessoa ficaria incrivelmente fraca por várias semanas, e seria incapaz de lançar magia por vários meses.

Era um feitiço que só alguém com a proeza regenerativa anormal de um Vampiro poderia aguentar. Se um humano tentasse lançá-lo, seu corpo entraria em colapso por causa da tensão.

Seu coração batia forte, sabendo que esse era o maior desastre que já enfrentara em toda a sua vida.

Qualquer ser que pudesse destruir casualmente uma fera de sangue de Classe Grande Mestre era um ser que poderia acabar com sua vida com facilidade.

Imediatamente, Brutus saltou para frente, agarrando Gaia. Seu corpo se movia tão rápido que era um borrão, e cada passo que ele dava criava fissuras enormes no chão rochoso.

Ele pegou o corpo de Gaia e jogou-o por cima do ombro, e então avançou para o sul.

Ele não prestou atenção à condição de seu corpo, puxando brutalmente cada fibra de seu ser. Vários de seus ossos racharam enquanto ele os levava ao extremo, correndo para fora do vale, cobrindo mais de mil metros em apenas alguns segundos.

O único pensamento em sua mente era o horror que ele, um orgulhoso vampiro guerreiro, sentiu ao ver aquela fera aterrorizante.

¤¤¤

Dorian rosnou ferozmente enquanto mantinha sua posição, a luz gradualmente se voltava para o vale enquanto a névoa sangrenta se desvanecia.

Uma grande poça de sangue marcava o chão perto dele. Vários pequenos buracos e rachaduras dizimaram o vale, transformando o paraíso antes pacífico em um campo de batalha cheio de crateras.

Parecia que o ataque que tentara esmagá-lo fora feito inteiramente de sangue de vários tipos de lobos. Qualquer sangue que seu corpo tocasse era sangue que ele poderia absorver devido à sua exclusiva Matriz de Feitiços da Alma. Atacá-lo com um feitiço feito de sangue era como oferecer-lhe um lanche refrescante.

Ele olhou cuidadosamente para a esquerda e para a direita, com os olhos alertas.

Ele não viu ninguém.

Um ruído crepitante capturou seus ouvidos e ele se virou, seus dentes puxados em um grunhido.

Milagrosamente, o fogo em que ele estava assando um cervo ainda estava de alguma forma aceso. O cervo ainda estava no espeto, a gordura nele havia começado a chiar.

A briga parecia ter durado uma eternidade, mas na realidade foram alguns minutos.

Dorian caminhou lentamente até o fogo, apagando-o. O veado estava totalmente cozido e mais tempo no espeto provavelmente o queimaria. No entanto, não havia chance de que ele pudesse comer alguma coisa agora. Ele derrubou a metade de sua coxa de veado no chão.

A poderosa aura vermelha que ele desencadeara gradualmente começou a desaparecer, dissipando-se em torno dele.

Ele olhou para o cervo antes de ir até o rio.

Ele olhou para seu reflexo. Suas escamas verdes estavam manchadas de vermelho, cobertas de sangue escuro, dando-lhe uma aparência feroz. Nenhum peixe podia ser visto no rio, todos eles tendo fugido devido à aura que ele desencadeou e aos impactos da batalha.

Dorian pulou no rio, lavando todo o sangue. Ele então nadou até o pequeno buraco, escondido no lado do rio.

Ele rapidamente entrou na caverna pequena e escondida, prendendo a respiração enquanto nadava até o local onde havia encontrado a Bolsa Espacial e os ossos secos do Mago morto.

A caverna era a mesma de antes. Um quarto longo e úmido, com um teto baixo, meio cheio de água.

Assim que ele ficou em segurança na caverna, escondido, Dorian desabou no chão, seu corpo tremia com esmo.

“Hahaha… hahahaha… HAHAHAHA!”

Ele começou a rir incontrolavelmente, lágrimas escorriam pelo seu rosto. Os ruídos ecoaram na caverna subterrânea, saltando das paredes. Suas emoções explodiram em um enorme alcance, medo, horror, insegurança, alegria e excitação se misturando.

“Eu estou vivo!”

Ele falou as palavras em voz alta, tremendo quando a tensão e o estresse dos poucos minutos anteriores o atingiram.

“EU ESTOU VIVO!”

Ele riu de novo, suas minúsculas garras de dragão tilintando enquanto balançavam o ar.

“SIM! SIM! SIM!”

Ele gritou, suas emoções se revoltaram.

Ele começou a dançar em volta da caverna, comemorando, seus pequenos pés de dragão tilintando no duro chão de pedra.

“Foda-se, vampiros de merda! Foda-se humanos de merda!”

Ele se virou, vitorioso, convenientemente ignorando o fato de que ele já foi humano.

“Vocês acharam que poderiam matar este foderoso dragão divino com suas forças patéticas?”

Dorian estava tonto de excitação, o medo do momento se dissipou enquanto ele se alegrava em simplesmente estar vivo.

Enquanto ele estava no meio da celebração, a voz fria de Ausra cortou sua mente.

“Sua alma se adaptou suficientemente, graças em parte a um surto de crescimento nos últimos minutos. Evoluindo para o 2º estágio de crescimento do Dragão Myyr…”

¤¤¤

O vale retornou a uma aparência normal quando os humanos e os nobres vampiros fugiram da área, os animais e a vida selvagem retornaram gradualmente. Uma brisa calma pegou e soprou pelo vale, jogando fora o fedor de sangue e destruição.

Quando o corpo de Dorian começou a evoluir, escondido com segurança dentro de sua caverna, uma pequena e brilhante esfera de luz apareceu no vale, onde Dorian estivera apenas alguns minutos atrás.

“Sucessor?”

Uma voz envelhecida falou em voz alta, emanando da esfera de luz. Gradualmente, a figura de um homem idoso apareceu, transparente e efêmera.

Este homem idoso estava vestido com um longo manto branco adornado com rendas douradas. O emblema de um sol estava estampado no centro do manto, raios de luz saindo dele. Ele tinha um rosto gentil e cansado, careca e uma longa barba branca. Seus penetrantes olhos vermelhos examinaram o vale, notando tudo.

O homem parou e virou-se para olhar diretamente para o subterrâneo onde Dorian, cujo corpo estava se transformando, encontrava-se.

“Não… Você simplesmente tem uma Aura semelhante a minha dentro de você. Refinada de um remanescente da minha própria Aura, parece impressionante.”

A voz envelhecida suspirou em decepção. Ele não podia conceder sua herança a alguém que não era um bruxo, e mesmo que alguns dragões estudavam magia, o que estava diante dele claramente não era o caso.

O homem idoso observou o corpo do pequeno dragão se transformar com interesse. Parecia estar crescendo de um bebê dragão para um dragão adolescente, em um ritmo deveras acelerado.:speech_balloon:

“Parece que estou fadado a perecer hoje, assim como a minha magia.”

O velho esfregou o queixo, com uma profunda tristeza nos olhos. Seu corpo era uma mistura de sua alma remanescente e sua matriz de feitiços da alma, formada após sua morte há muitos anos.

Ele havia se escondido nesse vale por muitos anos, aguardando um sucessor de seu reino, esperando encontrá-lo através das mensagens ocultas que ele enviou. Ele tinha ido descansar depois de um período de tempo desconhecido, decidindo despertar apenas quando sentisse uma Aura semelhante à sua.

Infelizmente, parecia que seus planos falharam. Ele suspirou novamente, aceitando sua perda. Parecia que sua magia realmente pereceria hoje, as experiências e conhecimentos que ele tinha vivido cairiam no esquecimento.

Naquele momento, um pequeno gemido chamou a atenção do velho mago.

Ao lado de um par de árvores rachadas, um jovem mago estava mortalmente ferido, coberto por um aglomerado de Ramos de Cura do Grande Elmo.

Não, ele se corrigiu mentalmente, era uma recriação mágica dos Ramos de Cura do Grande Elmo, e uma muita habilidosa.

Apesar dessa magia de cura ativa, as feridas do jovem Mago eram muito graves. A morte parecia inevitável se ele continuasse por esse caminho.

O Mago olhou para o Ramos de Cura do Grande Elmo, com os olhos cheios de pena. Ele poderia entender o que havia acontecido com o jovem dos restos da situação ao seu redor.

Uma grande batalha havia ocorrido aqui, bem recentemente. Ele pôde detectar traços da Aura de Sangue dos Nobres Vampiros e uma energia poderosa e vibrante que só poderia vir da Magia dos Raios, bem como algumas ondulações delicadas da Magia do Destino. Todos eles na Classe Mestre ou Grande Mestre.

O jovem mago aqui estudou Magia de Madeira, um dos estilos mais versáteis de magia, mas estava apenas na Classe Céu. Ele podia sentir vagamente o comprimento de onda da alma do homem ferido, e poderia dizer que ele não era mal.

Claramente, seus companheiros o haviam traído ou deixado para morrer, jogando-o de lado.

“Assim como eu…”

Horhavil murmurou, seus olhos brilharam, lembranças de sua própria morte surgiram. Traído por seus companheiros de confiança, amargamente deixado para morrer depois de roubar sua chance de alcançar a Ascensão.

Seus olhos brilhavam abruptamente, seus punhos cerrados. Ele olhou para o jovem moribundo, tomando uma decisão.

Por que se preocupar em saber se esse homem era de seu clã? Seu clã ainda não o havia encontrado, depois de todos esses anos, e se ele morresse agora, sem passar sua herança, sua magia e conhecimento deixariam este mundo para sempre, desperdiçado.

E a situação em que o homem estava o tocou profundamente seu cerne.

Ele salvaria esse homem e faria dele seu sucessor.

Mas para que isso acontecesse, ele precisaria de um favor.

O velho Mago virou a cabeça para olhar para o subterrâneo, onde um certo dragão dançava em comemoração com seu novo crescimento de força.

[Não esqueçam de comentar e recomendar]

Ei, você gosta dessa novel? Acha que o tradutor merece um incentivo para continuar mantendo o bom trabalho? Pois agora ela tem Padrim e você pode contribuir com apenas 2$.

Ei, você gosta desta novel? Acha que tem pontos a se melhorar? Ou acha que o autor já conseguiu expor toda sua experiência com esta obra? Diz pra gente lá no novo site da Central Novels!