Hail The King: Capítulo 90 – Reflexões sobre a melhoria da força.

2
575

Tradução: Neto.H
Revisão: Pomba


Fei gostava de se exibir e de ser adorado por belas garotas, principalmente por uma beleza vibrante como Charsi. Assim, quando ele viu a expressão da ferreira Charsi, com sua boca totalmente aberta, ele de repente sentiu que a ostentação com as gemas valeu a pena pelo retorno que ele obteve.

Então, ele ficou descaradamente excitado.

“Hehehe… hahahe… sim, é apenas para você usar para a prática, não precisa se sentir o mínimo sequer pressionada. Mesmo se você desperdiçar todas as gemas, não será um problema, porque eu coletei uma grande quantidade deste tipo de gemas. Haha… você só precisa dar o seu melhor para dominar o poder do martelo de ferro mágico, o mais rápido possível, e assim melhorar o nível de sua habilidade de forjar… hehe, eu ainda estou esperando que a grande ferreira Charsi possa forjar poderosos equipamentos mágicos para mim.”

“Isso… bem, mestre Fei, eu… não sei o que dizer… muito obrigada… de agora em diante… para qualquer um de seus reparos ou serviços de forjamento, eu não vou cobrar uma única moeda.”

Naquele momento, a grande ferreira Charsi estava completamente emocionada com a generosidade de Fei. Ela estava um pouco desnorteada e continuou agradecendo:

“Querido mestre, você pode escolher qualquer equipamento aqui”.

Fei estava muito feliz.

Para ser honesto, desde que ele podia entrar no segundo grande mapa no mundo de Diablo, [Lut Gholein], os equipamentos fornecidos por Charsi estavam um pouco abaixo dos que ele podia obter em [Lut Gholein]. O motivo pelo qual Fei estava sendo tão simpático com Charsi era porque ele de fato se importava com Charsi como pessoa, ou, para ser um pouco mais específico, era a identidade de Charsi como uma ferreira.

Tudo o que ele fez até então era para conquistar a amizade de Charsi, tendo em vista que uma ferreira que podia forjar equipamentos mágicos, fosse no mundo de Diablo ou na cidade de Chambord em Azeroth, era um tesouro que não podia ser ignorado. Embora, nesse momento, Charsi era apenas uma ferreira normal, ela possuía um enigmático martelo de ferro e um grande talento, portanto seu potencial para melhorar no futuro era ilimitado. Agora que ela tinha ganhado o apoio de Fei, seria simples, no futuro, ela avançar seu status de uma ferreira comum a uma mestra na arte da forja. Dessa forma, ela desempenharia um papel vital no plano futuro de Fei.

Na verdade, tudo isto é um investimento para o futuro.

No mundo Diablo, as chamadas gemas elementais eram inestimáveis e consideradas como um tesouro lendário. Já no continente Azeroth elas não eram incomuns, caso contrário Zola e Luciano, que são membros da Santa Igreja com nível de poder em apenas 3 estrelas, não seriam capazes de terem obtido um baú cheio dessas gemas.

Enquanto os dois ainda estavam conversando e sorrindo, a bela mercenária Elena já havia terminado de fazer as malas e acenou à distância. Fei estava com presa, então ele disse adeus a Charsi, se virou e saiu.

Mas quando se aproximou de Elena, ele ficou chocado.

Ele acabou de ver que a bela mercenária Elena não só preparou os equipamentos e armas, mas também trouxe muitas outras coisas que carregava em sacos grandes e pequenos. Havia uma pequena panela preta para fazer arroz, um suporte de aço refinado, alguma lenha, todos os tipos de legumes e carne seca, além de algumas lonas grossas para construir uma tenda e suportes para tenda, entre outras coisas. Para facilitar o transporte, Elena até mesmo trouxe uma vaca leiteira branca com manchas amarelas, que pertence ao [Acampamento dos Trapaceiros], na qual ela atrelou um carro de madeira médio.

Mais de uma dúzia de belas jovens cercavam o carrinho de madeira e estavam ao lado de Elena com lágrimas, relutantemente dizendo adeus à irmã Elena.

“Eh… o que vocês estão fazendo?”

Fei de repente tinha rugas de preocupação em sua testa.

“Estas são coisas que serão úteis na viagem para [Lut Gholein]…”

Uma pequena e adorável garota disse para Fei enquanto o encarava como se estivesse olhando para um idiota. Ela continuou a explicar:

“Essa viagem atravessa numerosas montanhas e falésias, bem como o vasto deserto da morte. É uma viagem muito perigosa de duas mil milhas, então vocês provavelmente vão levar cerca de 2 a 3 meses. Você não pode ser negligente nesse aspecto. “

“Sim, Mestre Fei, você deve cuidar bem da irmã Elena …”

As outras garotas também estavam preocupadas e disseram:

“Claro que você também deve ter cuidado, mestre. Ouvi dizer que Diablo bloqueou as estradas das montanhas, portanto a viagem será muito mais perigosa e vocês devem se deparar com inúmeros demônios e monstros! “

Fei,

“…”

Ele não tinha tempo ou disposição para explicar demais, então ele agarrou e puxou a esbelta Elena para fora pelas suas mãos de jade, ignorando as outras expressões coradas e aplausos. Eles correram todo o caminho até estarem de frente a Warriv, o líder da caravana, e escolheu a opção [Vá para o Leste] na caixa de diálogo. Em seguida, uma luz piscou e Warriv, com seu uniforme azul, instantaneamente desapareceu da atenção da multidão.

As outras pessoas ficaram surpresas.

“Então, aquele homem inútil chamado Warriv realmente tem uma habilidade tão incrível… isso é incrível demais. Será que nós também podemos ir até [Lut Gholein] através dele? “

……….

……….

[Lut Gholein]

Elena curiosamente olhava para tudo nesta cidade que, até então, ela só conhecia pelas lendas do [Acampamento dos Trapaceiros].

No entanto, o que a deixou um pouco desapontada foi que a “Pérola do Deserto” não era uma cidade tão movimentada e próspera como descrito pelos jornalistas de turismo, além disso ela estava impregnada com uma atmosfera desoladora. O vento soprava a areia amarela e a grandiosa rua era deselegantemente bagunçada. Havia muito pouco pedestres, sendo que as poucas pessoas que eles ocasionalmente encontravam eram aborrecidas e sem vida, ainda piores do que as pessoas no [Acampamento dos Trapaceiros].

Como sempre, o tempo de Fei no mundo de Diablo era limitado, então ele não tinha tempo para deixar Elena explorar a “Pérola do Deserto” e levou-a imediatamente para fora da cidade, entrando no deserto. Eles foram em direção ao norte e percorreram o [Deserto Pedregoso] até finalmente entrarem no [Halls of the Dead] localizado em [Dry Hills]. Em seguida, começou a habitual matança sem fim.

A quest desta vez era encontrar o [Horadric’s Cube] dentro do labirinto subterrâneo conhecido como [Halls of the Dead].

Esta caixa cúbica incrível era uma coisa indispensável para completar outras quests. Além disso, para Fei esta caixa de pedra também tinha outros usos mais importantes, como sintetizar as gemas de alto nível que ele obteve no Continente Azeroth e outros equipamentos e suprimentos importantes.

Inúmeros monstros perambulavam pelo labirinto subterrâneo de [Halls of the Dead].

Os monstros aqui tinham um nível de poder muito mais alto do que o nível daqueles que Fei enfrentou no [Acampamento dos Trapaceiros], tanto em ataque como em defesa, e a maioria deles eram todos novos personagens. Alguns pareciam um esqueleto e eram conhecidos como [Revived Souls], alguns eram um tipo de [Zombie] que liberavam uma nevoa venenosa após morrerem, e alguns pareciam exatamente como múmias de deuses mitológicos do antigo Egito e tinham a capacidade de invocar esqueletos.

A matança interminável continuava.

O tempo voava em meio aos gritos agudos sem fim, jorros de sangue e ossos quebrados, ao mesmo tempo em que poções e equipamentos eram constantemente derrubados.

Apenas quando o limite de tempo de 4 horas de Fei estava prestes a chegar ao fim, os dois finalmente entraram no terceiro nível do labirinto subterrâneo, que ficava a poucas câmaras do maior chefe dessa quest, [Bloodwitch the Wild], que guardava o [Horadric’s cube].

Fei calculou o tempo e estimou que não seria capaz de matar o chefe antes de ser forçado a deixar o mundo de Diablo, então ele decidiu parar agora e usou um portal de teletransporte, voltando diretamente para [Lut Gholein]. Lá ele encontrou novamente com Warriv e, após uma curta conversa, ele escolheu a opção [Vá para o Oeste], sendo instantaneamente teletransportado de volta para o [Acampamento dos Trapaceiros].

Ele entregou o equipamento que recolheu a Elena para permitir que ela cuidasse disso. Então, Fei encontrou um lugar calmo, converteu algumas porções com a misteriosa voz fria e, no instante em que o tempo acabara de terminar, ele abriu um portal e deixou o mundo Diablo diretamente.

……….

Reino de Chambord, Salão do rei.

Fei sentou-se no seu trono e estava repensando sua estratégia de nivelamento.

Em apenas 4 horas, o personagem bárbaro finalmente alcançou o nível 21. Fei deu o ponto de habilidade para [Ataque Brutal] e sua força tinha melhorado novamente.

Durante este processo, Fei começou a perceber que depois de atingir o nível 20, a experiência necessária para o personagem subir de nível era cada vez mais alta, de modo que o processo de nivelamento se tornou muito mais demorado. No passado, o tempo de 4 horas era o suficiente para subir de nível 2 ou 3 vezes, mas agora 4 horas mal foi suficiente para nivelar uma vez, mesmo quando ele entrou em mapas de nível superior. Sua velocidade de nivelamento estava esmagadoramente reduzida, sendo que isso significava que o aumento de força de Fei no mundo real, inevitavelmente, se tornava mais e mais lento.

“Talvez eu devesse mudar minha perspectiva, segurar temporariamente o nivelamento do personagem bárbaro e começar a nivelar as outras 6 classes…”

Esta idéia surgiu na mente de Fei.

Afinal, em Diablo, cada classe tinha sua especialidade e tinha muitas habilidades únicas, mas todas tinham suas próprias vantagens e desvantagens. Se Fei pudesse usar seu cavaleiro, sacerdote, druida, necromante, amazona e assassina para terminar o mapa do [Acampamento dos Trapaceiros] e reunir todas as habilidades das 7 classes para se complementar, então sua força no mundo real, provavelmente, seria mais forte do que focalizar apenas no bárbaro. Na batalha anterior em Chambord houve um exemplo óbvio, durante a batalha da ponte de pedra, da necessidade das diferentes classes trabalharem juntas para eliminar os grandes inimigos… Fei confiou na combinação das habilidades do paladino e do bárbaro para matar o espadachim de 3 estrelas chamado Landes.

E Fei também estava supondo que se ele pudesse realmente terminar o mapa do [Acampamento dos Trapaceiros] com as 7 classes, então talvez ele pudesse obter uma recompensa enorme com aquela voz misteriosa, o que valia a pena tentar.

Claro, Fei também pensou em outros caminhos.

Para os personagens do mundo de Diablo, a própria força não era realmente dependente somente do nível… a qualidade do equipamento que usavam também era muito importante. Um poderoso conjunto de equipamentos poderia aumentar a força de um personagem de forma significativa e, em um jogo individual como este, se alguém quiser obter bons equipamentos, além da matança normal de monstros, um grande atalho seria comprar equipamentos poderosos de comerciantes NPC.

No entanto, a questão de onde ele poderia obter uma quantidade tão grande de moedas de ouro veio à sua mente.

Fei, eventualmente, tinha os olhos voltados para o [Horadric’s Cube] e as gemas com poder magico. Agora, Fei precisava obter informações sobre algo para determinar se sua ideia era viável. Se realmente era como ele pensava, então Fei poderia ter inúmeras moedas de ouro.

  • Sabin

    Obrigado pelo capítulo

  • Gabi

    obrigado pelo capitulo XD