Empire of Shadows – Capitulo 01 – Até onde a esperança alcança

288

Capitulo 01: Até onde a esperança alcança.

Em um local longe de tudo, nos confins do universo, onde as estrelas brilhavam intensamente, um brilho branco e poderoso se movia entre as estrelas, sendo acompanhado por um brilho negro tão intenso quanto.

Chegou o seu momento, Freya! O mundo da escuridão vai prevalecer!” Dizia um homem de pele pálida, com cabelos negros e longos, seu corpo era cheio de marcas negras, olhos negros e magricelo. Vestia uma luxuosa roupa preta, que ia até seus pés.

Ryu, está cometendo um engano e sabe disso, se nós lutarmos, apenas restará a desordem do universo!” gritou uma mulher pálida, com cabelos brancos e brilhosos, que vestia um belo vestido branco. Seus olhos eram verdes esmeralda e seu corpo era bem sensual.

O Universo então começou a entrar em colapso, como se estivesse chegando ao seu fim. Entidades em todos os lugares apareciam do nada, como chamas de múltiplas cores.

Alguns apenas suspiravam e olhavam na direção da batalha.

Longe do local do início daquela batalha, em uma pequena esfera azul.

Um grande meteoro caiu, causando certo alarde em muitas pessoas. Alguns Imperadores resolveram mobilizar exércitos para todos os lugares, porém não houve nenhum veredito para a situação que foi esquecida em alguns dias.

Amanhecia normalmente na cidade Toukan, uma cidade formada a base de 13 famílias Nobres e 12 famílias residuais. As famílias nobres mantinham uma grande autoridade, as famílias Residuais também eram chamadas de “Horda de insetos” por alguns praticantes.

Dentro da Mansão principal da família Xun.

Patriarca, nossa família acaba de decair da 9º posição das famílias residuais, direto para a 11º posição, não só isso, mas a família Bin continua na pior posição…” um homem velho, vestindo uma longa túnica branco com símbolos de nuvens nas bordas, com poucos pelos na cabeça e uma longa barba dizia aquilo, enquanto se ajoelhava em frente a um homem robusto.

Elder Bai, há muito tempo você é o primeiro Elder de nossa família, após a próxima ‘seleção’, marque uma reunião entre os Ancião, precisamos discutir sobre como podemos avançar, viver apenas da agricultura pode não ser mais uma vantagem futuramente.”

Disse um homem na casa dos 40, com uma barba bem curta, e um belo rabo de cavalo, ele era robusto e bonito para sua idade, ele vestia uma luxuosa roupa azul com bordas brancas, sua roupa tinha símbolos de nuvens espalhadas pelas bordas. Sua pele era amarela, e ele mantinha um olha desafiador para o horizonte.

O Ancião correu após acenar para o homem, corria como se o destino de sua família dependesse disso.

As Quatro Casas de nossa família são nosso maior poder, mas isso está se mostrando totalmente insuficiente, será que não podemos arrumar alguém que tenha o nível de um Ancião? Tudo depende do Elder Ken, ultimamente ele está aumentando e muito o seu poder.”

Pensava o Ancião Bai enquanto subia em uma carruagem e acenava para o motorista andar depressa.

Não tão longe dali, em uma vila ainda no território Xun, em uma cabana caindo aos pedaços, um jovem estava ajoelhado em frente a uma estátua de uma bela mulher.

Filho, vejo que ainda paga respeitos a sua mãe antes de ir treinar.” Disse um velho homem magricelo, após sair de seu quarto apertado.

A casa era pequena e com apenas três quartos, nenhum dos quartos tinha uma porta de verdade, apenas cortinas velhas e rasgadas.

O jovem levantou-se e virou em direção ao homem, mantendo um longo sorriso no rosto.

Foi a mulher que me deu a vida e me amou! Eu tenho que pagar respeitos enquanto ainda respirar!” disse o jovem animadamente cerrando os punhos.

O jovem vestia uma camisa muito simples, rasgada e surrada, seus cabelos eram médios e iam até seus ombros, a parte da frente era uma bela franja, enquanto a parte de trás era penteada para trás, deixando seu cabelo um pouco bagunçado.

Haha, sua mãe deve estar feliz no outro mundo enquanto o observa, Xun Kou. Ela educou muito bem nosso amado filho.” o homem vestia roupas semelhantes as de Xun Kou. Seus cabelos eram longos e negros, já podiam ser vistos alguns fios brancos. Sua pele era clara e seus olhos pareciam bastantes cansados. Este velho homem era Xun Piao, pai de Xun Kou.

Paaii! Mano! Bom dia! Uwa!” Uma garota sonolenta, mas animada, saia de um quarto ainda menor que o outro, ela vestia uma camisa e uma short bem simples e rasgados. Seus olhos eram negros e animados, e seu cabelo preto era curto e bem bagunçado.

Kidomi! Você não acordou muito cedo? Ainda são 6 da manhã, você só tem 12 anos, não é como se você precisasse trabalhar!” Disse Xun Kou enquanto caminhava até a porta de casa.

E dai? O Kou já treina bastante e tem apenas 15! então eu já posso começar a estudar artes marciais!” Disse a garota enquanto corria até seu pai.

Papai, eu posso, não é? É só estudar afinal!” Disse ela puxando a roupa de Xun Piao.

Claro filha, sem nenhum problema… eu tenho alguns livros antigos…” Disse o velho homem enquanto começava a procurar alguns livros em uma pequena estante.

Xun Kou sorriu vendo a cena, então caminhou para fora de casa, ele respirou o ar puro por alguns segundos e deixou o sol tocar sua pele.

Irmãozinho Kou! Como está?” Disse um jovem rapaz, com roupas semelhantes as de Xun Kou. Com cabelos longos e vermelhos, olhos azuis e pele branca, era um tanto alto e magro. Esse era o irmão de Juramento de Xun Kou, Xun Zu.

Irmãozão Zu! Estou ótimo, espero que também esteja bem!” Xun Kou correu até Xun Zu, e mostrou as mãos em formato de concha.

Xun Zu bateu seu punho contra o de Xun Kou levemente.

Indo treinar tão cedo, eu adoraria ajudar, mas como já tenho 19 anos, eu preciso ajudar meu pai nas hortas da família Xun, sabe como é, a partir dos 18 temos que trabalhar.” Disse Xun Zu coçando a cabeça.

Hehe, isso só por enquanto, todo ano as quatro casas da família Xun fazem uma seleção entre os plebeus lembra? Eu com certeza vou passar esse ano e me tornar um soldado, então eu poderei ajudar minha família, e claro, todos aqui!” Disse animadamente Xun Kou.

Claro! Eu ainda acredito que você se tornará um guerreiro que poderá mover o mundo apenas com seu nome um dia.” Disse Xun Zu.

Hahaha, acho que isso é demais! Bom, eu já vou indo, até mais!” Xun Kou acenou e correu para uma floresta ao lado da pequena vila.

Nesse momento, várias pessoas da vila saíram de suas casas e caminharam até Xun Zu.

Xun Kou realmente se esforça tanto, nós andamos juntando parte do nosso salário para comprarmos aquela espada que ele tanto sonhava em ter, o vendedor virá hoje, você deve ser aquele que vai entregar, Zu!” Disse um velho homem, com cabelos marrons e olhos claros, que tocava o ombro de Xun Zu, era o pai de Xun Zu, Xun Zao.

Mas Xun Zu, mesmo que queira animar o nosso pequeno Kou, acho que você está exagerando muito! Sabe, eu mesmo sou o mais talentoso daqui, com 19 anos, e me tornar um soldado já seria o bastante, deveria sonhar o mesmo para Xun Kou!” Disse um jovem rapaz, com cabelos pretos e curtos, ele tocou o ombro de Xun Zu e fez um sorriso feio.

Quian! Mesmo sendo mais forte da geração, tenho certeza que Kou será aquele que irá mover tudo! Ele tem fé, esperança e garra, eu não falei por falar, Xun Kou será o nome que fará o mundo tremer, até mesmo o imperador terá que pensar duas vezes antes de ser desrespeitoso com meu irmãozinho!” Rugiu Xun Zu.

Hahaha. Certo certo. Como alguém que sempre perdeu pra mim, você deve entender como o caminho marcial que você falhou em entrar é difícil Xun Zu.” disse Xun Quian.

Jovem Quian, meu menino Zu se esforçou muito em seus treinos, ele ainda tem chances de entrar, e eu espero que você o apoie!” Disse Xun Zao enquanto mantinha uma expressão de quem iria passar uma bronca.

T-Tio! Apenas veja, eu não quero provocar meu irmão Zu! Na verdade, eu adoraria que ele entrasse no meu grupo futuramente!” Disse Xun Quian, quando menor aquele senhor o guiou muito, já que sempre foi amigo de Xun Zu, sempre foi apoiado por Xun Zao, então ele nunca faltaria com respeito a ele.

Essa era a parte plebe da família Xun, todos se ajudavam desde sempre, mesmo alguém arrogante como Xun Quian, não seria exatamente uma pessoa ruim.

Na Floresta, Xun Kou acertava várias árvores com um galho de madeira, seus golpes eram rápidos para um garoto comum, nada que pudesse realmente se comparar com as pessoas que entraram no caminho Marcial.

Após treinar por um bom tempo, Xun Kou encontrou um lugar para descansar e sentou lá, enquanto seus cabelos ondulavam junto ao vento, seu olhar cansado olhava para o Horizonte, seus sonhos e desejos podiam ser vistos apenas com um olhar, o jovem sonhador que mantinha os olhos sobre o futuro.

Até que ele ouviu um forte rugido poderoso que o despertou.

Será uma fera Demoníaca? Impossível! tão perto da vila, se realmente houver uma, precisamos solicitar ajuda de uma das casas!”

Quando Xun Kou virou para correr, ele ouviu um grito feminino, que o fez parar na hora.

Seus pés mudaram de direção e ele correu na direção de um grito.

Droga, quem é a idiota que entrou na floresta? Pior ainda, eu sou burro? Se eu me encontrar com uma fera demoníaca, eu vou morrer! Mas se eu deixar alguém da vila morrer, não vai ser o mesmo que eu deixar meu sonho de ajudar todos ir embora? Droga! Eu vou te ajudar!” Começou a pensar o rapaz enquanto corria com todas as forças até a direção do grito.

Chegando lá, ele viu um javali branco de aproximadamente 1 metro de altura, suas presas eram negras e afiadas, seus olhos eram amarelos e seus pelos cinzas cobriam quase todo seu corpo.

Um pouco mais adiante, havia uma bela garota, de pele pálida, cabelos brancos e brilhantes e olhos tão verdes quanto esmeraldas, seu corpo era bem curvo e poderia fazer Xun Kou ou qualquer outro enlouquecer na hora, se não fosse o fator principal: O Perigo.

Xun Kou apenas pensou por um segundo, pegou um pedaço de madeira no chão e correu em direção ao Javali, ele saltou e acertou as costas da fera, que apenas deu um leve grunhido e olhou para trás.

Corra, eu dou um jeito aqui!” Xun Kou gritou para a garota adiante.

Mas você vai-” dizia a jovem antes de ser interrompida.

CORRE LOGO, DROGA!” Rugiu Xun Kou

O Javali correu na direção do rapaz e criava uma pequena nuvem de poeira.

Droga, esse é um ‘Javali Branco’ é uma criatura que conseguira matar alguém que trilhou o caminho marcial e atingiu a primeira etapa do caminho humano…” Ele Pensou enquanto recuava.

Xun Kou recuou para trás até bater em algo, era uma árvore, quando ele olhou para frente, sentiu uma dor terrível e aguda.

O Javali havia acertado suas presas no peito de Xun Kou, sangue jorrou para todos os lados. Em sua visão, ele começou a ver tudo embaçado, olhando ao redor, procurou por algumas direções, mas não viu a garota.

Tudo começou a ficar claro, e Xun Kou já não via nada, ele sabia que estava morrendo.

Pessoal… eu sou um lixo inútil, eu imploro seu perdão… pai…irmão…todos da vila, por favor, se cuidem, eu vou ter que ir agora. Mãe…eu sei que você não iria querer que eu te acompanhasse tão cedo… e pai, me perdoe por ser um filho que o abandonou.”

O jovem caiu no chão, e sangue espalhou pelo verde do solo, o deixando vermelho escarlate.

 

Autor: Kyoua Eduardo

 

Yo! Kyoua aqui! essa é minha primeira novel, esse primeiro cap anteriormente era enorme e eu tive que reescrever ele para não ficar massante, eu espero que minha novel agrade a todos, Bons irmãos, me sigam nessa jornada.