Deuses Imortais: Capítulo 16 – O último suspiro de Gan Wang

0
255

Autor: Dantalian

Revisor: Rebellion


*Scraark*

Ataques em espirais que atravessariam aço com facilidade foram disparados na direção de Liu Yan.

Tecnicamente, este ataque era o último “suspiro” de Gan Wang.

Ele usou duas vezes uma técnica que utiliza sua própria alma como fonte de poder! Para se ter uma ideia de quão poderosa pode ser uma técnica assim, vamos comparar um soco na barriga de um humano normal. Claro, mesmo que não matasse, seria muito poderoso, mas usando sua “alma” como essência, o portador estaria equipado com uma luva de aço cheia de espinhos. Então mesmo que tecnicamente seja o mesmo golpe, no mesmo local, e no mesmo ponto vital, era na verdade completamente diferente.

Muito mais poderoso, mas a fadiga seria enorme! Mesmo que você use esse tipo de técnica uma vez a cada 10 anos, seu cultivo com certeza iria estagnar. Quando ele decidiu usar novamente, era a última carta que ele tinha na manga.

Ele simplesmente desistiu de qualquer chance de subir em seu cultivo, e depois de tanta fadiga, ainda tinha a possibilidade dele não conseguir mais controlar Qi.

Liu Yan encarou os ataques de Gan Wang, formando um redemoinho de estacas de gelo. Elas emanavam uma aura de um tigre. Qualquer um se borraria de medo apenas de ver o ataque em sua direção.

Para qualquer humano ou cultivador que estivesse presente, veria tudo em uma velocidade sobre-humana. Era completamente impossível acompanhar a velocidade daquele ataque. Mesmo os mais poderosos do reino aurora, não resistiram nem mesmo a um arranhão desse ataque, quem dirá batendo de frente!

Mas para Liu Yan, os ataques eram como lesmas, se alguém lhe falasse que os ataques estavam parados no ar, ele sem dúvidas iria acreditar.

Liu Yan andou vagarosamente em direção ao ataque, chegando a alguns centímetros, ele saiu da zona de “perigo” e adentrou a lateral das lanças de gelo.

Ele estendeu a mão para pegar todas! Uma por uma, ele mudou a direção para o pé de Gan Wang. Mesmo sendo Gan Wang um grande cultivador, para ele, Liu Yan ainda estava parado! Quem dirá ter se movido para pegar algo!

Para qualquer um, as lanças eram impossíveis para o toque! Era com certeza uma das coisas mais frias que existiam no universo, se não a mais fria! Mas Liu Yan estava precavido e envolveu sua mão em mana. Formando uma “luva” protetora para o mesmo.

Olhando nos olhos de Gan Wang, que começara a mudar a expressão. Mesmo que em câmera lenta para Liu Yan. Ele disse com um sorriso doentio:

“Então… Eu disse que iria me banhar no seu sangue não foi? Você tem coragem para pisar no meu rosto, matar minha seita e matar até mesmo os jovens… Você não poupou nenhum! AGORA SINTA O DESESPERO QUE EU SENTI! Irei lhe devolver em dobro todo o desprazer que você me trouxe!” Liu Yan canalizou a mana na palma das suas mãos e envolveu as lanças de gelo, que mudaram de direção com o toque de Liu Yan, ficando assim na vertical.

Se as lanças antes eram comparáveis á um tigre rugindo em cima de uma montanha, agora elas se empalideceram completamente com o poder de Liu Yan! Se antes era um tigre, agora tinha a aura e poder de dez mil dragões juntos.

Suor caia de Gan Wang e um sorriso de loucura apareceu em seu rosto.

A boca dele se mexeu, mas Liu Yan nada ouvira, e provavelmente ele nunca saberá o que ele tinha a dizer.

Liu Yan ainda usando as “Luvas de Mana”, foram em direção a Gan Wang, em uma velocidade tão alta, que o tempo não parecia correr. Liu Yan abriu suas mãos, mantendo seus dedos fechados e num piscar de olhos, começou a dar ataques com a palma aberta, no corpo de Gan Wang. Cada ataque era como se pedras muito pesadas acertassem seu corpo, Gan Wang começou a sangrar pela boca, ele sentia ossos se quebrando em seu Tórax.

De repente, Liu Yan canalizou Mana em volta de seu corpo, antes que Gan Wang pudesse pensar em algo, o garoto segurou com força o corpo do de seu inimigo e utilizou sua habilidade “Asas de Dragão”, com ele, os dois atravessaram os céus. O corpo de Liu Yan estava com uma aura tremenda, era como se ele estivesse possuído por um Dragão, dava até mesmo para ver asas de mana se formando em suas costas. Antes que saíssem da atmosfera, Liu Yan soltou o corpo de Gan Wang, o deixando cair sozinho. Rapidamente o corpo do idoso se tornou um tipo de “Cometa Humano” e antes de se chocar com o solo da sala do trono novamente, as pernas de Gan Wang foram perfuradas pelas lanças, Liu Yan havia deixado as lanças na vertical de propósito.

*Vuush* *Vussh* *Vussh* *Vusssssh*

As seis lanças penetram a carne e atravessam os ossos de Gan Wang com tamanha força, que os alicerces que sobraram, quebraram com a força do vento que o impacto provocou.

As pernas de Gan Wang ficaram dilaceradas, sangue fluía dos seus restos, mas incrivelmente ele continuava vivo. Liu Yan foi frio o suficiente para fazer questão de não focar em pontos vitais! Assim um cultivador de tal calibre não morreria instantaneamente.

Gritos estridentes saiam da boca de Gan Wang. Ele gritou com tanta força, que todos que estavam em um raio de 15 Li ouviram.

(O li ( chinês :  ,  ou 市里 , shìlǐ ), também conhecido como milha chinesa , é uma unidade chinesa tradicional de distância.)

De sua boca saia sangue, de suas pernas saiam sangue, de seu corpo saia sangue! Não tinha um lugar que não saia sangue. Ele sentia uma dor infernal, mas ele se recusava a pedir para o inimigo o finalizar. O seu orgulho falava mais alto!

Ele olhou para Liu Yan com um sorriso indescritível e em meio ao sangue, ele falou: “Haha! Você está feliz? Espero que esteja! Não sei qual técnica de movimento monstruosa que você usou para nem mesmo eu notar que você se moveu, mas quando você me matar, todos os meus discípulos que estão fora, quando voltarem, vão ver o seu mestre morto! Você não vai ter um lugar para descansar na sua vida! Vai fugir com medo e desconfiança de levar uma facada nas costas! Liu Yan, eu lhe amaldiçoou! Que sua vida seja infeliz, que sua família morra banhada em seu próprio sangue e que o seu maior amor lhe tra-“

Antes mesmo dele terminar de proferir palavras profanas para Liu Yan, ele mesmo se encarregou de dar um chute com toda a sua força na boca de Gan Wang. Todos os seus dentes voaram no mínimo a 100 metros.

O sorriso que antes tinha no rosto foi mudado para algo monstruoso. Nem sua própria mãe iria reconhece-lo se ele aparecesse em casa com tal aparência!

“Terminou de falar? Sua seita? Ah, não se preocupe! Eu irei me encarregar de esfolar vivo cada um! CADA UM DOS DEZ MIL OITOCENTOS E VINTE QUATRO MEMBROS QUE SUA SEITA POSSUI! CADA UM, NO FINAL DO ENTARDECER, VAI ESTAR AMONTOADO EM CIMA DE CARNE E MAIS CARNE HUMANA!” Liu Yan disse com um sorriso doentio, depois de sentar-se no trono, que por acaso, era a única coisa que sobrara de tanta destruição. A voz de Liu Yan soava com uma pressão gigantesca, era como se um Deus estivesse falando com Gan Wang… ou um Demônio.

Um olhar de incredulidade apareceu em seu rosto e a única coisa que ele proferia baixo era “Demônio… É um demônio… DEMÔNIO!

“Sim! Eu sou um demônio! Eu sou mais precisamente o senhor dos demônios, líder das criaturas da noite, trazedor da ruina e do caos! E futuro matador de deuses!”

Essa foi as últimas palavras que Gan Wang ouviu antes de cair em um sono profundo dado a exaustão.

——————————————————————————————————–

“Arrrrgh! Matem ele! É apenas um! Somos mais de dez mil! Viguem nosso mestre.”

Um jovem que parecia ter uma posição alta naquela investida ao “demônio” que matou o seu patriarca.

Ele gritava dando ordens de como os discípulos iriam atacar o monstro que estavam em sua frente.

“Demônio! Ele não morre! Como pode?! OLHEM AQUELES CHIFRES! ELE NÃO É HUMANO!”

“Morram!” –

*SCRASH*

Notinha do autor:

Obrigado por ler até aqui! Peço que comentem o que achou no final… Vocês não fazem ideia do trabalho que eu tenho para postar essa novel, ;-;!